segunda-feira, outubro 24, 2016

Guarani esmaga o ABC em Campinas, quebra a cara deste blogueiro e faz a final da Série C com o Boa Esporte...



Vamos por partes... 

O Guarani, ontem, impecável. 

O ABC, não foi nada... 

Foi incapaz de fazer o mínimo. 

O blogueiro que vos escreve, quebrou a cara... 

Aliás, somos muitos hoje, a carregar os hematomas e as fraturas que o trem verde nos provocou ao atropelar sem dó ou piedade, a lógica. 

Muitos dirão em coro: Futebol não tem lógica... 

Discordo! 

Tem lógica sim... 

Porém, é dos poucos esportes onde o imponderável, causa tantos estragos. 

Foi o imponderável que desfilou no Brinco de Ouro da Princesa... 

Ninguém em sã consciência, em Campinas ou Natal, acreditaria num 6 a 0. 

Os torcedores do Guarani, apaixonados que são, torciam para que seu time conseguisse ao menos igualar o placar construído pelo ABC em Natal... 

Os fãs do ABC, com certeza absoluta, nunca jamais em tempo algum, imaginariam tal coisa. 

Os alvinegros, no máximo, aceitariam o terrível sofrimento de conseguir a classificação para a final, saindo de Campinas com um 3 a 0 no lombo... 

Mas, 6 a 0, nunca, nunquinha. 

Portanto, não vou justificar o que escrevi antes... 

Se a partida fosse amanhã ou depois, escreveria a mesma coisa que escrevi na madrugada de sábado para domingo. 

Não mudaria uma linha... 

Não vou agora desdizer o que disse, apesar de admitir que a traulitada foi gigantesca. 

Sobre o jogo Quem foi que disse que Leandro Amaro estava impedido? 

Se houve essa pessoa, indico ver e rever o lance no vídeo... 

Gol legalíssimo. 

O árbitro foi exagerado na expulsão de Jones Carioca? 
Não! 

Jones Carioca é que foi “juvenil”... 

Depois de levar cartão amarelo, vira as costas e diz um monte para Rodrigo Carvalhaes de Miranda. 

Achou o que procurou... 

Um vermelho cartão. 

No mais, nada a reclamar... 

Só lamentar. 

Lamentar a forma desrespeitosa como o time do ABC encarou a partida e, por consequência, ajudou ao Guarani a conseguir a façanha que conseguiu... 

Se o Guarani foi grande o ABC fez questão de se apequenar. 

O ABC acreditou que seria impossível a virada... 

Até seria, mas não jogando daquela forma. 

Enfim, colocaram as duas camisas no varal e acabaram vendo consternados que a do Guarani pesou. 

Pena que o ótimo ano do ABC, tenha sido salpicado por um vexame tão enfático... 

A conquista do campeonato potiguar, as vagas na Copa do Nordeste e do Brasil e o acesso a Série B de 2017, minimizam a derrota, mas não apagam uma goleada tão estrondosa. 

Quanto ao treinador Geninho, se permitem um pitaco... 

Renovem seu contrato.

Um comentário:

Fabiano Costa disse...

Jones Carioca - Qualquer um que acompanhou o jogo "ouviu" ele mandar o juiz tomar no cú e o pior sem leitura labial nem som captado por microfones a beira do gramado.

Anderson Pedra e Guedes - Os pulmões do time, ontem pareciam cancerígenos terminais. (Analogia que serve de alerta para o nobre blogueiro).

E sem os pulmões para alimentar o cérebro o time apenas arquejou.

E sim. O ABC não é o ASA. (Ontem para pior).

Fabiano Costa - ABC FC 2016. Série B Evidentemente