quinta-feira, novembro 21, 2019

Quando grandes craques foram para o gol... Harry Kane assume o gol do Tottenham.

Imagem: Nigel French/EMPICS Sport/2014

SC Corinthians Paulista... Não ao racismo!

Mark Walton, running back do Miami Dolphins é preso acusado de agressão a uma mulher grávida...

Imagem: Cordon Press


Mark Walton, running back do Miami Dolphins está novamente encrencado...

Walton foi preso com base em um relatório da polícia de Boward, que o acusa de ter empurrado e atingido com socos no rosto e na cabeça uma mulher grávida de cinco semanas.

A mulher cuja identidade está sendo preservada afirmou que as agressões aconteceram após ele receber a notícia que seria pai...

Não é primeira que o atleta se envolve com a lei: Walton acumula registro criminal por porte de arma de fogo, porte de maconha e direção imprudente.

O Miami Dolphins após tomar conhecimento das acusações tomou a decisão de encerrar o vínculo do jogador...

Chris Grier, general manager dos Dolphins, afirmou que a conduta de Walton é inaceitável:

“Esperamos que nossos jogadores tenham uma conduta exemplar e não podemos tolerar situações como essa. É tudo que temos a dizer sobre o caso.”

Proteger o rosto foi prioridade total...

Imagem: Getty Images

A bonita exibição da torcida da Malaysia antes da partida contra a Indonésia pelas Eliminatórias da Copa de 2022..


A torcida da Malásia protagonizou um uma bonita exibição antes da partida pelas eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 contra a Indonésia...

Cerca de 80.000 torcedores lotaram o estádio nacional Bukit Jalil, na Malásia.

Os malaios derrotaram os indonésios por 2 a 0...

Gol de Safawi Rasid.

Uns lamentam, enquanto outros comemoram...

Imagem: Getty Images/Brighton vs West Ham

O trabalho da LaLiga no maior campo de refugiados do Mundo...


O trabalho da Liga Espanhola em Za’atari, o maior campo de refugiados do mundo...

 O campo está localizado na fronteira norte da Jordânia com a Síria e sua população é de 80 mil pessoas. 

A matéria completa em espanhol pode ser lida aqui:

quarta-feira, novembro 20, 2019

Olhem só quem apareceu para jogar uma bolinha...

Imagem: Paul Currie/Livepic/Action Images - Reuters

As ondas gigantes de Nazaré pelas lentes de um drone...

Exaustão...

Imagem: Matt Watson/Southampton FC via Getty Images

A goleada não foi motivo de comemoração, mas de demissão...

Imagem: Autor Desconhecido

Os tempos mudam...

Para do ASD Invictasauro, da cidade de Grosseto, localizada na região da Toscânia, na Itália, a vitória de sua equipe de juniores sobre o Marina Calcio, por 27 a 0 não foi motivo de felicidade.

No lugar da comemoração, veio a demissão...

Mandaram embora o treinador vitorioso.

"Ficámos boquiabertos e profundamente envergonhados quando soubemos que a nossa equipa de juniores venceu por 27-0", explicou o líder do clube. "Os valores do futebol juvenil não se coadunam com isto. O adversário tem de ser sempre respeitado e isso não aconteceu”, disse o Presidente Paolo Brogelli em comunicado explicando a dispensa do treinador da equipe...

"Como presidente, sinceramente peço desculpas ao Marina Calcio. E anunciou que decidimos, por unanimidade, despedir o treinador Massimiliano Riccini. Os nossos treinadores têm a missão de treinar jovens, mas acima de tudo de os educar. E isso não aconteceu", concluiu o dirigente.

Corre, vai dar certo...

Imagem: Joe Toth/BPI/REX/Shutterstock

Sergio Ramos e o seu primeiro salário no futebol...

Imagem: Autor Desconhecido

"O primeiro salário que ganhei gastei comprando uma cozinha e uma banheira para minha avó. Eu disse a ela: No dia que eu for jogador de futebol, vou comprá-las para você"

Sergio Ramos, zagueiro do Real Madrid e da seleção da Espanha.

segunda-feira, novembro 18, 2019

Jornalista esportiva entrevista jogadores com o filho nos braços...

Imagem: Autor Desconhecido

Cecilia Tapia, jornalista esportiva argentina, deixou uma imagem comovente ao realizar entrevistas em campo com o filho nos braços, por não ter com quem deixá-lo...

A imagem da jornalista com seu filho nos braços foi captada durante o jogo da Liga Regional Jujeña de Fútbol (Libertador General San Martín) entre o Club Sportivo Alberdi e a equipe do Deportivo Institucional Herminio Arrieta, que terminou com a vitória dos donos da casa por 5 a 1.

A jornalista ao término do jogo foi com filho para o campo entrevistar os jogadores....

Nenhum deles demonstrou qualquer desconforto, foram solidários.


Imagem: Autor Desconhecido

Com um gol de Lázaro aos 47 minutos do segundo tempo e uma grande atuação de Gabriel Veron, o Brasil vence o México por 2 a 1 e conquista o tetracampeonato mundial na categoria sub-17...

Imagem: Autor Desconhecido

O Flamengo é o campeão brasileiro de 2019... Se a matemática diz que não, azar o dela.

Imagem: Autor Desconhecido

Respeito sua fé, palmeirense...

Admiro sua persistência em acreditar num milagre, mas... já era amigão, sinto dizer.

Ontem ao derrotar o Grêmio, na Arena dos gaúchos, o Flamengo conquistou a título de Campeão Brasileiro de 2019, com todos os méritos, com todas as honras...

Matematicamente ainda não, dirão os fanáticos palmeirenses e os secadores de plantão.

Não estarão mentindo, é verdade...

Porém, quer saber, dane-se a matemática.

A taça é rubro-negra...

Gostemos, ou não.

Não vejo quem possa estragar a festa de Jorge Jesus e seus apóstolos.

Eliminatórias da Eurocopa... Kosovo 0x4 Inglaterra.

Imagem: AP Photo/Boris Grdanoski

Jorge Jesus não lê nada sobre futebol...

Imagem: Reuters

"Leio muitos livros sobre basquetebol e handebol, sou apaixonado por essas modalidades. Sobre futebol nada leio. Sou eu que o escrevo. Sou eu que vou criar as minhas ideias, não preciso de ler nem de saber o que os outros pensam. Não sei nem me interessa."

Jorge Jesus, técnico do Flamengo, campeão brasileiro de 2020.

Rir na hora de um pênalti contra não é normal, né?

Imagem: Simon Dael/BPI/Shutterstock

Futebol feminino inglês atrai no 61.762 espectadores nos clássicos de Londres e Liverpool...

Imagem: Tottenham Hotspur via Getty Images

As garotas Arsenal venceram as meninas do Tottenham por 2 a 0, no clássico do norte de Londres, pela WSL (Women’s Super League)...

Os gols foram marcados por Kim Little e Vivianne Miedema.

A partida contou com a presença de 38.262, novo recorde da Liga...

Karen Hills, gerente do Tottenham declarou:

"As jogadoras merecem jogar na frente dessas grandes multidões. Espero que não seja apenas uma ocasião, espero que seja algo normal, natural."

Joe Montemurro, gerente do Arsenal, afirmou:

“Foi uma ocasião incrível. Estamos muito orgulhosos de ter feito parte disso. Foi fantástico."


No clássico de Merseyside, o Everton derrotou o Liverpool por 1 a 0, no Anfield, diante de 23.500 pessoas...

O gol do Everton foi marcado por Lucy Graham.

Ah...

O time masculino do Everton não vence o Liverpool em Anfield Road desde 1999.

Imagem: Action Images via Reuters

O alvo é a perna do adversário...

Imagem: Scott Heppell/Reuters

GP do Brasil: Verstappen vence, Ferraris batem e Lewis Hamilton, punido, cai para a sétima colocação...

Eurocopa: Azerbaijão, em casa, é derrotado pelo País de Gales por 2 a 0...

Imagem: Aziz Karimov/AP

Eliminatórias de Eurocopa... Torcida do Kosovo agradece a Inglaterra o apoio militar durante a guerra contra a Sérvia...

Imagem: PA

Durante a execução do hino da Inglaterra, no estádio Fadil Vokrri, em Pristina, capital do Kosovo, a torcida presente aplaudiu e exibiu bandeiras da Inglaterra em agradecimento ao apoio militar durante a última guerra contra a Sérvia...

Milhares de bandeiras inglesas junto com cartazes de agradecimento encheram as arquibancadas.

Neles se podia ler mensagens como...

“Quando vivenciamos o genocídio e o estupro de nossas mulheres, vocês nos devolveram a esperança na liberdade.”

Imagem: PA

domingo, novembro 17, 2019

Tá com raiva? Tira o calção pela cabeça...

Imagem: Oli Scarff/AFP via Getty Images

Mayles Garrett do Cleveland Browns recebe a maior punição da história da NFL...


A National Football League (NFL) anunciou sexta-feira a suspensão indefinida do defensor Myles Garrett do Cleveland Browns por agredir o quarterback do Pittsburgh Steelers Mason Rudolph...

É a maior punição na história da NFL por um incidente em campo.

A luta entre Garret e Rudolph ocorreu na parte final do primeiro jogo que o Browns venceu por 21 a 7...

Garrett não poderá jogar os seis jogos que ainda serão disputados pelos Browns nesta temporada regular ou os playoffs se a equipe se classificar, de acordo com o comunicado divulgado pela NFL.

Além disso, ele também recebeu uma multa por sua conduta e não receberá seu salário enquanto estiver suspenso.

Perto do final do jogo, Garrett derrubou Rudolph agressivamente, que reagiu tentando remover o capacete do jogador dos Browns, mas não conseguiu...

A resposta de Garrett foi tirar o capacete de Rudolph e atingi-lo com um golpe na cabeça.

Países Baixos empatam com a Irlanda do Norte e se classificam para a Eurocopa 2020...

Imagem: Charles McQuillan/Uefa via Getty Images

Goleiro bate pênalti, erra o gol, mas acerta luminária...


Com o placar ainda em 0 a 0 aos 15 minutos do segundo tempo, o Nuneaton Borough teve um pênalti marcado a seu favor, na partida contra o Stratford Town, pela Southern League Premier...

O escolhido para bater foi o goleiro Tony Breeden.

Não valeu a pena...

Breeden não só chutou a bola por cima do travessão, como acabou acertando uma luminária do estádio.

O Nuneaton venceu por 2 a 0 graças a um gol do zagueiro Joel Kettle e a Callum Powell, que bateu e converteu uma segunda penalidade... 

Só que desta vez, com Breeden a uma distância segura do outro lado do campo.

Tentando se livrar do marcador...

Imagem: Bryn Lennon/Getty Images

Os micos internacionais do VAR... Em Israel mostrou imagens do estacionamento.



Durante o encontro entre Maccabi Haifa e Beitar Jerusalem, pela Ligat Ha'Al, de Israel, o árbitro da partida ficou em dúvida se marcava ou não uma penalidade máxima e buscou ajuda do VAR...

Não podia ter feito pior escolha.

Quando se aproximou de tela acabou surpreendido com as imagens que foram mostradas...

Ao invés do lance causador da dúvida, mostraram o sinal captado por uma câmera que monitorava o estacionamento.

Diante do inusitado, o árbitro riu e pediu que o problema fosse solucionado...

Resolvida a questão, a dúvida foi sanada, o pênalti confirmado e o Maccabi Haifa, marcou seu terceiro gol, fechando o placar em 3 a 1.

Abrindo caminho na defesa adversária...

Imagem: AFP/Getty Images

Uma postagem que custou 7 milhões de dólares ao clube...



7 milhões de dólares o Houston Rockets perdeu em patrocínio de empresas da China após o tuíte de seu CEO em apoio a Hong Kong, de acordo com a ESPN...

Fonte: Máquina do Esporte

sábado, novembro 16, 2019

Um visitante inesperado na sala de imprensa, no Mundial de Atletismo, em Doha, no Catar...

Imagem: Serhat Cagdas/Anadolu Agency/Getty Images 

Os intocáveis de Tite...

Imagem: Autor Desconhecido

Os intocáveis de Tite

Marcus Arboés

Galvão Bueno falou algo muito importante durante a derrota de 1 a 0 do Brasil para a Argentina:

“reinvenção e conservadorismo são duas palavras, dois conceitos que se confrontam.

O choque das duas palavras, que, no futebol, claramente não caminham lado a lado, é o reflexo da incoerência que Tite tem adotado desde a Copa do Mundo e, principalmente, com o término dela.

Em 2016, quando assumiu a Seleção Brasileira, o treinador encheu o seu discurso rebuscado de falas sobre como iria utilizar as características que os jogadores tinham nos seus clubes.

A prerrogativa era simples: seleção quase não tem tempo de treino.

O treinador não tem sequência para adequar cada atleta à sua identidade de jogo, então precisa usar quem pode entregar o melhor para a formação ideal.

Tite entendeu isso de primeira.

E funcionou.

O único jogador que atuava fora da sua característica, durante a campanha de destaque nas Eliminatórias, era Coutinho.

Desde a Copa na Rússia, dois anos depois, o discurso mudou e a ação também: “tal jogador pode me emprestar tal característica”.

Nessa brincadeira, Gabriel Jesus, centroavante, virou ponta e muitos outros foram colocados para jogar de maneira distante dos seus hábitos.

Isso continuou. Depois do Mundial, 27 jogadores estrearam pela seleção e muitos deles foram “queimados” por atuar fora de suas posições de origem, com entradas sempre depois da metade do segundo tempo, sem perspectiva e possibilidade de mudar o jogo ou mostrar alguma diferença.

Bruno Henrique, David Neres e outros.

Todos colocados do lado em que não jogam, para suprir necessidades diferentes das suas características.

Isso perdura e é uma das maiores “infecções” da Seleção Brasileira.

Hoje, Tite armou o time em um 4–2–4, em que Paquetá, habituado a jogar pela esquerda, ficou na direita e Willian, que joga HÁ ANOS E ANOS E ANOS pela direita, na ponta-esquerda.

Falando em 4–2–4, o jogo de hoje, assim como os demais dessa sequência de cinco sem vencer, mostrou a insistência inexplicável do técnico brasileiro em se limitar a duas formações — essa e a com os três atacantes, tendo Casemiro, Arthur e Coutinho no meio.

A comissão técnica tenta passar uma imagem deturpada de que busca a mudança.

Porém, as formações são as mesmas, a ideia de jogo é a mesma, os tipos de substituição são os mesmos — até na minutagem — e, o pior de tudo, os jogadores sempre… sempre, sempre, sempre são os mesmos e os erros, por consequência, também.

Além do seu conservadorismo e possível coleguismo nas escalações, existe vários elementos “intocáveis”, protegidos por Adenor.

Phillipe Coutinho, que até entrou bem hoje, foi o primeiro a ser colocado debaixo do braço por Tite, como o filhinho de um pai coruja.

Mesmo oscilante no Barcelona, não perdeu sua titularidade e cargo de jogador mais importante do selecionado brasileiro, depois de Neymar.

Hoje, emprestado ao Bayern de Munique e sem interesse de uso por parte dos catalães, o camisa 11 da seleção amarga péssimas atuações, tendo apenas lapsos de ser decisivo em um jogo do clube alemão, a ponto de ser banco em algumas partidas.

Tímido, de poucos sorrisos e expressões fechadas, Coutinho, só agora, foi colocado no banco da Seleção Brasileira, mas deu lugar para outro intocável.

Lucas Paquetá, meio-campista do Milan, que despontou no Flamengo como um jogador aguerrido e multifuncional, quando atuava de volante a centroavante.

Foi jogar no duro futebol italiano e não teve um início tão bom, o que é comum, todo mundo tem o seu tempo específico de adaptação à Europa.

Porém seleção também é momento.

Ainda que Paquetá tenha apenas 22 anos e seja uma grande aposta para o futuro da Amarelinha, ele tem amarelado: em 10 jogos na temporada, deu uma assistência e não fez gols.

Mesmo sem um único bom momento no velho continente, ele aparece muito na “renovação” da Seleção Brasileira, e até foi agraciado com a pesada camisa 10, nessa data FIFA.

Olhando um pouco mais para a parte de trás do desenho tático, desde que Filipe Luis e Daniel Alves “envelheceram” e que Marcelo começou a mostrar menos futebol, tivemos uma carência absurda de laterais na seleção.

No entanto, nem eu, nem você que está lendo, temos como mensurar quem poderia ser o substituto desses craques, porque Tite não deixa.

É sério, ele não deixa mesmo!

Danilo e Alex Sandro estão sempre preenchendo esses espaços deixados pela não convocação dos melhores laterais brasileiros.

Falando primeiro do lado direito, nosso titular AINDA é Daniel Alves.

Eu o respeito muito, é um grande jogador, mas precisamos renovar para o futuro.

Marcinho, Emerson, Guga e outros nomes são cogitados, mas até agora não tiveram a grande oportunidade de mostrar serviço.

Isso porque Tite, além de ter o seu colega Fagner sempre convocado, decide insistir em Danilo.

O lateral direito da Juventus, que jogou em grandes clubes do futebol europeu, passou por várias lesões e, recentemente, deu entrevista em que considerou seu atual momento como o melhor para assumir a titularidade do Brasil.

Mil perdões, mas não dá para ser um dos 11 errando passes do jeito que errou e perdendo a quantidade de divididas que perdeu.

Por que não testar Militão na lateral, como ele até jogou durante a Copa América, por mais que seja zagueiro no Real Madrid?

Agora falando do lado esquerdo, eu temia o dia em que Filipe Luis e Marcelo “passassem do prazo de validade” e Alex Sandro assumisse a camisa 6.

Minha implicância — sim, se tornou implicância — começou quando assisti Brasil e El Salvador e vi o lateral da Juventus conseguir tomar três bolas nas costas de uma seleção que, com todo o respeito, não aspira nada no futebol.

Ele até foi bem na Copa América, mas depois, foi só decadência.

Nos últimos jogos, falhou em todos. Contra a Colômbia, fez o pênalti do primeiro gol e deixou espaço de presente para o segundo.

Hoje, fez o pênalti que resultou no gol da vitória dos nossos rivais.

Como se não bastasse, Renan Lodi, lateral do Atlético de Madrid, tem entrado bem e hoje, duas boas chegadas do Brasil foram dele, uma delas saiu dos pés do também injustiçado Fabinho.

Fabinho é craque!

O passe por cima que deu para Renan é só mais uma mostra de seu talento.

Foi o melhor jogador do Mônaco durante um tempo e, vendido ao Liverpool, venceu uma UEFA Champions League.

O volante é titular dos Reds, mas, na seleção, vive na sombra de um jogador que já se consagrou no time de Tite há muito tempo.

Casemiro é muito bom jogador.

Só que qualquer um pode ver que esse não é um bom ano para ele, apesar dos gols feitos na temporada até aqui.

Hoje, como sempre, levou um amarelo no começo do jogo, não conseguiu encontrar passes por dentro e errou três viradas de jogo.

Gosto muito dele, por mim, seria titular absoluto, mas Fabinho vive um momento bem melhor.

Casemiro é tão “homem de confiança”, que, hoje, Arthur foi substituído para entrar outro marcador e ele não, mesmo amarelado e com o time perdendo.

No ataque, o problema está em como Tite utiliza Gabriel Jesus.

Em primeiro lugar, o atacante é reserva no seu clube, tem entrado menos e, por vezes, até mal.

A questão é que a posição dele é CENTROAVANTE.

Gabriel é um jogador cujo forte é o posicionamento dentro da área, mas isso tem sido mal utilizado.

Por que Tite tem colocado ele como ponta?!

Richarlison e Rodrygo poderiam ter começado o jogo no lugar dele hoje, como titulares, até por viverem momentos melhores, mas Jesus é o artilheiro de Tite e é difícil se desfazer disso.

Até como centroavante questiono sua convocação.

Jesus e Firmino em nenhum momento, exceto em dois jogos da Copa América, realmente deram certo jogando juntos.

Além disso, Gabigol, que atualmente vive uma fase incrível e até Martinelli, do Arsenal, poderiam ter ganhado uma oportunidade.

O maior protegido de Tite, e, também da CBF, é a nossa maior estrela.

Neymar é um astro e não tem como não o convocar, mas chega a ser absurdo levar um cara que nem voltou de lesão direito para amistosos e colocá-lo como titular — lesões essas que o atormentam e têm sido frequentes.

Outro ponto é que o Brasil, não agora, mas durante a Copa América e mesmo antes, havia jogado bem sem a presença do craque.

A falta de Neymar, como desafogo principal, fez com que outros atletas ganhassem seus destaques.

Cebolinha e Richarlison chamaram a responsabilidade através da individualidade nesse período.

No entanto, ele é o nosso maior nome. Envolve muito patrocínio, muitas marcas e, portanto, muito dinheiro.

A não titularidade de Neymar envolveria muitos problemas internos, acredito, imaginem a não convocação.

Por causa do calendário, não vou entrar na questão de atuantes no Brasil — como Gerson, Rodrigo Caio, Bruno Guimarães, os Brunos Henriques, entre outros — mas, muitos jogadores poderiam ter sido testados nesses amistosos e Tite não os convocou para chamar o “mais do mesmo” aqui dito.

Muita gente não foi chamada.

Senti falta de Alex Telles (Porto), por exemplo, e de muitos atletas sub-23, que estão indo bem: Wendell, Matheus Cunha, Martinelli, Lyanco, Caio Henrique…

Galvão Bueno, no pós-jogo, disse outra verdade que dói nos ouvidos da CBF: “Tite convoca esses jogadores para dividirem a responsabilidade com ele. Por isso Willian joga, porque o Neymar não está! Ele convoca os outros jogadores, porque não tem como não convocar”.

Talvez essa seja a mais dura, cruel e possível afirmação, isso para não conspirar sobre convocações “compradas”, patrocinadores influentes e acordos.

Toda essa bagunça provocada por conservadorismo e falta de novidade em repertório, coloca a posição de Tite na reta, sob pressão.

Afinal, Adenor, contra a Coréia do Sul, no último amistoso antes das Eliminatórias, você vai sair da zona de conforto e ousar, ou vamos ter que ver o Gabriel Jesus de ponta, o Alex Sandro tocando para trás e os jovens jogadores entrando com apenas 15 minutos para o jogo acabar?

Finlândia vence Liechtenstein por 3 a 0 e vai a Eurocopa pela primeira vez em sua história... Paulus Arajuuri chora em meio aos torcedores.

Imagem: LEHTIKUVA/Reuters

Um dos líderes dos ultras do Dínamo Kiev, disse que que imitaram corujas, e macacos...

Imagem: Autor Desconhecido



Alexei Dexter, um dos líderes dos ultras do Dínamo Kiev, deu uma entrevista ao www.sport.ua com uma desculpa para lá de esfarrapada para justificar os cânticos racistas contra Taison (e Dentinho) na recente partida contra o Shakhtar Donetsk...

Os ultras, que imitaram sons de macaco, agora, dizem que o som produzido foi de coruja para sensibilizar para o declínio da espécie.

Na verdade, o objetivo da entrevista é atenuar as consequências, já que a polícia ucraniana procura os responsáveis...

Além disso, a Vischa Lihae (Liga Suprema) já abriu investigação – de imediato, o Dínamo Kiev foi multado em 20 mil euros e (para já, o Dínamo de Kiev levou uma multa de 20 mil euros e um jogo à porta fechada).

"Temos amigos na Organização Mundial de Proteção aos Animais que nos falaram da situação de uma espécie de pássaro como as corujas do Norte. Decidimos levar a cabo uma ação de apoio às corujas. Não sei como é possível não distinguirem o som de uma coruja do som de um macaco porque são completamente diferentes", disse Alexei Dexter...

Mais cínico, impossível.

Jogadores comemoram, torcedores felizes...


O argentino David Abraham pegou um gancho de 7 semanas por ter derrubado o técnico do Freiburg, Christian Streich...

Imagem: Autor Desconhecido

O argentino David Abraham, jogador do Eintracht Frankfurt, foi suspenso por sete semanas, por ter derrubado o treinador do Freiburg durante o encontro entre as duas equipes, anunciou esta quarta-feira a Federação Alemã de Futebol (DFB)...

Abraham ainda foi multado em 25.000 euros, tendo o Eintracht Frankfurt anunciado a intenção de recorrer da punição imposta ao seu capitão.

Recordando o caso...

No domingo, Abraham foi expulso aos 51 minutos da segunda etapa entre Freiburg e Eintracht Frankfurt, pela 11.ª jornada da Bundesliga, após ter derrubado o técnico, Christian Streich, do Freiburg quando foi buscar a bola que tinha saído pela linha lateral.

O lance acabou provocando um atrito entre Abraham e membros da comissão técnica e os reservas do Freiburg...

Na confusão, Vincenzo Grifo, meio-campista do Freiburg foi expulso pelo árbitro e recebeu uma suspenção por três jogos pela DFB.

O Friburgo venceu o encontro por 1-0, resultado que lhe permitiu subir ao quarto lugar do campeonato.

quinta-feira, novembro 14, 2019

A Iguana foi passar a manhã no Nedbank Golf Challenge, em Sun City, África do Sul...

Imagem: Warren Little/Getty Images 

O América de Natal disse não para Bruno Henrique...

Imagem: Autor Desconhecido

Depois da partida sensacional entre Flamengo e Vasco pela 34ª rodada do campeonato brasileiro, recebi um link com uma informação bem interessante...

Bruno Henrique foi oferecido ao América de Natal, que respondeu com um não.

Por sorte, alguns pesos pesados do sudeste e do nordeste também fizeram o mesmo...

Na época, Bruno Henrique jogava pelo Uberlândia de Minas Gerais.

Eis o que disse ao Yahoo, Denis, agente do jogado desde 2011...

“Bruno Henrique acabou escutando “não” de Santos, Botafogo, Atlético-MG, Ponte Preta, Guarani, São Caetano, América-MG, Santa Cruz, CRB, CSA, Vitória, Bahia, Sport, Náutico, América-RN... “Tentei colocá-lo até no Sporting Cristal, do Peru, onde eu já havia jogado. Mas também não consegui”.

A matéria completa pode ser lida no link abaixo...

Guaita, do Crystal Palace, erra a bola, não para Pulisic e leva o gol...

Imagem: Neil Hall/EPA 

A Finlândia depois de esperar 80 anos está a um passo classificação para a Eurocopa de 2020...

Imagem: The Scottish Sun

Nesta sexta-feira (15) a Finlândia pode fazer história...

Foram 80 anos de espera.

Caso vença a frágil seleção de Liechtenstein a seleção finlandesa ganhará vaga na Eurocopa de 2020...

Enquanto a Itália já está garantida, a Finlândia precisa de uma vitória nas duas últimas rodadas: ou derrota Liechtenstein, em casa, ou fora de casa, derrota a Grécia.

Seus concorrentes são Armênia e Bósnia & Herzegovina, que têm que vencer os dois jogos restantes e torcer por duas derrotas finlandesas para conquistar a classificação...

Pouco provável que aconteça.

Algumas curiosidades sobre a equipe nórdica:

O capitão Tim Sparv concilia a carreira de jogador com estudos e a participação como colunista do jornal finlandês Pohjalainen.

Sparv fala finlandês, inglês, alemão, sueco e holandês e gosta de ler sobre liderança e gestão de grupo.

O treinador é Markku Kanerva, um ex-zagueiro e ex-professor de ensino básico...

Kanerva deixou a sala de aula após assumir o comando da seleção principal – anteriormente treinou seleções de base.

Por fim, o atacante Teemu Pukki (foto acima), do Norwich City, da Inglaterra, tem sofrido com seu sobrenome:

Em finlandês, Pukki, significa bode...

Na Malásia é uma referência vulgar à vagina...

E, na Hungria, é “peido pequeno”.

Imagem: Hanninen/Sipa/Rex/Shutterstock

Rashford e Solskjaer...

Imagem: Getty Images

Ibrahimovic anuncia que deixa o Los Angeles Galxy e ironiza os americanos...

Imagem: Autor Desconhecido 

Ibrahimovic anunciou que está deixando o Los Angeles Galaxy...

Na despedida mais uma de suas frases sempre polêmicas e irônicas:


“Já podem voltar a ver beisebol”