sábado, janeiro 19, 2019

Rally Dakar... Sol, suor e areia.

Imagem: Ricardo Mazalan/AP

Jasmin Paris é a primeira mulher a vencer ultramaratona Spine Race - 439 quilômetros...

Imagem: Ian Corless

A britânica Jasmin Paris, veterinária de profissão, tornou-se a primeira mulher a vencer a ultramaratona Spine Race, no Reino Unido, cujo percurso é de 439 quilômetros...

A atleta concluiu a prova na última quinta-feira com o tempo de 83 horas, 12 minutos e 23 segundos, chegando à frente do espanhol Eugeni Roselló, vencedor em 2013...

Jasmin Paris quebrou o recorde da competição anterior reduzindo o tempo da prova em 12 horas.

Iniciada em 2012, a Spine Race liga Edale a Kirk Yetholm, perto da fronteira da Inglaterra com a Escócia, e é considerada uma das mais duras corridas do mundo, com temperaturas negativas em várias fases e ausência de períodos oficiais de descanso...

Com 35 anos, a ultramaratonista, que foi mãe há 14 meses, parou ao longo da prova cerca de sete horas para descansar.

Esse tempo serviu para ela alimentar-se, dormir e estar com o marido, que a encontrou em todos os pontos de paragem para poder amamentar à filha.

Em entrevista explicou à BBC, as principais dificuldades da corrida...

Correr grandes períodos sem luz, além da "escolha tática de quando parar para dormir", o que a levou também a ter "alucinações" ao longo do percurso, além do frio e do desgaste físico.

Jasmin Paris não é nenhuma novata...

Ostenta vários recordes conquistados, incluindo três corridas de montanha de 24 horas no Reino Unido, tendo vencido a Extreme Skyrunning World Series em 2016 e a British Fell Running em 2018.


Atingido...

Imagem: Michael Mayhew/Sportsphoto

sexta-feira, janeiro 18, 2019

Antonio Conte: seu capricho, seu SMS e o imenso prejuízo causado ao Chelsea...

Imagem: Autor Desconhecido

Como uma mensagem via SMS causou e ainda causa, enormes prejuízos ao Chelsea...

No mês de junho de 2017, Antonio Conte, então treinador da equipe inglesa, enviou uma mensagem a Diego Costa, à época centro-avante da equipe com as seguintes palavras: “Você não está nos meus planos.”

Curta, deselegante e definitiva, a mensagem acabou dando inicio a uma longa e dispendiosas busca por um sucessor à altura de Diego Costa...

Procura que não parece ter fim.

Primeiro veio Álvaro Morata, indicado por Antonio Conte, e contratado junto ao Real Madrid por 66 milhões de euros...

Os resultados, porém, deixaram a desejar – Morata marcou apenas 15 gols em sua primeira temporada no clube.

Em seguida chegou Olivier Giroud, contratado ao Arsenal, por 17 milhões de euros, e que também não surtiu o efeito esperado...

Agora, o alvo é Gonzalo Higuaín.

A contratação do atacante emprestado ao Milan pela Juventus também não vai custar pouco...

Comenta-se que Roman Abramovich, só pelo empréstimo deverá pagar algo em torno dos dez milhões de euros.

Portanto, segundo as contas do jornal AS, da Espanha, encontrar um novo 9 para suprir a ausência de Diego Costa em Stamford Bridge chega bem próxima dos 100 milhões de euros...

Tudo isso por causa do SMS de Antonio Conte.

Leicester City FC 1x0 Fulham FC... 1983.

Imagem: Keith Waldegrave/ANL/Rex/Shutterstock

Caixa exige retirada de sua marca das camisas e de todo o material de comunicação dos clubes...


Caixa exige fim de exposição nos clubes e dá indício de saída

Ainda não há, no entanto, posicionamento oficial do governo sobre o assunto

Por Redação do Máquina do Esporte

Embora o governo não tenha feito qualquer pronunciamento a respeito, a Caixa exigiu dos times que foram patrocinados até o ano passado por ela que retirassem a marca da empresa de todo o material de comunicação.

O ato é um indício de que a empresa dificilmente continuará apoiando o esporte.

A medida tem como objetivo impedir uma prática comum no mercado, que é a de manter a logomarca do patrocinador enquanto negocia a renovação do contrato e, depois de acertar o prolongamento do vínculo, receber retroativamente pelo tempo em que a marca ficou exposta na camisa do clube.

Nos seis anos em que a estatal apoiou o futebol, os clubes mantiveram essa prática nesta época do ano.

Essa medida também é feita com algumas empresas privadas.

Segundo apurou a Máquina do Esporte, os clubes foram informados poucos dias após a posse do novo presidente da Caixa para retirarem a logomarca da empresa das camisas de jogos, backdrops e sites.

Internamente, a empresa decidiu rever todos os contratos e, por conta disso, exigiu que não tivesse exposição com quem não tem mais vínculo com ela.

Botafogo e Sport são os únicos que possuem contrato até o final de fevereiro.

Já no ano passado, quando renovou os patrocínios para 2018, a Caixa havia padronizado os contratos para irem até dezembro.

Com a saída da estatal, o futebol "perde" R$ 160 milhões em patrocínio.

O banco era o maior patrocinador do futebol brasileiro desde 2013, quando começou a patrocinar vários clubes após uma temporada de acordos fixos com Athletico Paranaense, Avaí e Figueirense, e de uma ação pontual com o Corinthians no Mundial de 2012.

Até agora, nenhum clube anunciou um patrocinador para substituir a estatal.

quinta-feira, janeiro 17, 2019

As irmãs Marjorie Dolman e Dorothy Dolman do Gaiety Football Team de Londres, em 1919...

Imagem: National Portrait Gallery/London 

Copa do Nordeste: ABC vence o Sergipe de virada no Arena das Dunas...

 Imagem: Andrei Torres

Imagem: Andrei Torres

Com gol no final, ABC vira contra o Sergipe e estreia com vitória na Copa do Nordeste

Por: PH Dias, para o Universidade do Esporte

Sem ninguém na Arena das Dunas, por conta da punição sofrida pelo ABC no segundo jogo da semifinal da Copa do Nordeste do ano passado.

O alvinegro estreou, enfrentando o Sergipe.

A equipe potiguar até que tentava pelo lado esquerdo, usando muito o lateral Jonathan.

Mas faltava criatividade no meio de campo, ligação e transição rápida.

Ao Sergipe só restava os contra-ataques.

Em um lançamento para a área do ABC, Maurício, zagueiro que estava no lance, não viu o atacante Ariel aparecer rápido na sua frente, dividir com Edson e botar a bola para o fundo do barbante.

O alvinegro encontrava dificuldades para criar - a falta do Guedes foi muito sentida -, porém em uma das poucas boas trocas de passes, que começou com o atacante Éder limpando o jogador adversário.

Na sequência, Neto tocou rápido para Rodrigo Rodrigues que não dominou, o zagueiro do Sergipe tentou tirar a pelota dali, contudo esbarrou-se no centroavante alvinegro que sem querer deu o passe para Jonathan dominar e marcar.

Empate com gol do melhor da partida.

No segundo tempo, a equipe abcedista veio com mais vontade, imposição, marcação alta e posse de bola.

O alvirrubro de Sergipe pouco fez, Edson não teve trabalho.

Faltava eficiência para a vitória do ABC.

E ela veio. Kaká, cria da base, entrou no começo da última etapa no lugar do meio campo Valdemir, que pouco fez.

Aos 44 minutos, uma falta no lado direito do ataque alvinegro.

O garoto chamou a responsabilidade e bateu no meio da barreira, a sorte é que os jogadores abriram no momento crucial.

Caixa.

Final de partida, 2x1.

O resultado dar confiança ao alvinegro para o clássico de domingo.

Apesar de uma atuação não convincente na estreia da Copa do Nordeste.

Rally Dakar... Stefan Svitko cruza o deserto entre San Juan de Marcona e Pisco

Imagem: Franck Fife/AFP/Getty Images

Copa São Paulo de Juniores... Corinthians vence o Visão Celeste por 8 a 0.

Imagem: Estadão

Acabou...

Hora de arrumar as coisas e voltar para casa.

Voltar de cabeça erguida, apesar da estrondosa goleada...

Não será fácil para meninos ainda tão meninos digerirem o implacável placar.

Porém, alguém tem que sentar frente a frente com eles e dizer em alto e bom som...

Vocês não tem do que se envergonhar!

Os garotos do Visão Celeste viveram uma grande e inesquecível experiência...

Todos os dias vividos em São Paulo ficarão marcados na vida de cada um deles.

O Visão Celeste escreveu uma bonita história...

Portanto, não há motivo para vergonha.

Os rapazes de Parnamirim enfrentaram uma equipe cujos membros praticamente já vivem como profissionais...

Já recebem salários, por vezes, superiores aos pagos aos profissionais que jogam por aqui.

A diferença de estrutura e de preparação é abissal...

Tanto é, que o jogo inteiro aconteceu apenas em uma metade do campo.

Diante da domínio e da pressão exercida pelo Corinthians, os gols eram questão de tempo...

Ainda assim, a equipe potiguar resistiu por heroicos 11 minutos.

Depois, sem ter como reagir, o Visão Celeste assistiu a equipe corintiana marcar seus gols sem alvoroço ou pressa...

A enxurrada de gols aconteceu com naturalidade.

Rally Dakar...

Imagem: Ricardo Mazalan/AP 

"Escolho meus jogadores pelo tamanho do pênis"...

Imagem: Autor Desconhecido

Imke Wübbenhorst, treinadora da equipe masculina do BV Cloppenburg, da quinta divisão alemã, ganhou espaço na imprensa internacional ao responder de forma irônica a uma pergunta de um jornalista do ‘Die Welt’...

- “Você costuma avisar seus jogadores que está entrando no vestiário para que eles se vistam?”

- "Claro que não. Sou uma profissional. Eu escolho a minha equipe de acordo com o tamanho do pênis", respondeu a treinadora.

Imke Wübbenhorst, de 30 anos, jogou profissionalmente até 2016, quando passou a exercer a função de treinadora...

Wübbenhorst é a primeira mulher a treinar uma equipe masculina na Alemanha.

quarta-feira, janeiro 16, 2019

Futebol em 1931... Cyril Spiers, goleiro do Tottenham Hotspurs.

Imagem: Autor Desconhecido

Katelyn Ohashi, a menina do 10 perfeito...

Futebol em 1928... Clapton Orient versus Stoke City.

Imagem: Autor Desconhecido

Os meninos do Visão Celeste já fizeram história e, agora, estão a poucos passos de virar lenda...

Imagem: Visão Celeste/Divulgação

Daqui a pouco, o Visão Celeste vai encarar o Corinthians...

Certamente o adversário mais importante de sua curta história.

Os jovens que compõem o elenco dessa jovem e surpreendente equipe, já escreveram seus nomes na história...

Se perderam, nada lhes será cobrado, já fizeram sua parte, mas se vencerem, serão lendas.

Um quase nocaute...

Serena Taylor - The Guardian/Newcastle United 

José Mourinho, "o comentarista", vai receber 285 mil reais por cada partida que comentar...

Imagem: Autor Desconhecido

José Mourinho está de volta...

Não como treinador, mas como comentarista.

O treinador português vai comentar a Taça da Ásia para a beIN Sports...

Porém Mourinho não poderá falar sobre tudo.

O Jornal The Times garante que o treinador tem uma cláusula que o impede de falar sobre a saída do Manchester United...

Caso descumpra, perderá parte da indenização a que teve direito, no valor de quase 17 milhões de euros.

O cachê do treinador, segundo o jornal é de 67.000 mil euros por partida (cerca de R$ 285 mil)...

Mais baixo do que o recebido do canal Rússia Today, durante a Copa do Mundo, quando colaborou por cinco dias com a emissora.

Marcou o que???

Imagem: Facundo Arrizabalaga/EPA

O grupo chinês Wanda Sports lança ações na bolsa de Nova York...


300 milhões de dólares espera levantar o grupo chinês Wanda Sports com a abertura de ações na bolsa de Nova York...

O grupo Wanda o detentor dos direitos de nome do estádio do Atlético de Madrid.

Fonte: Máquina do Esporte

segunda-feira, janeiro 14, 2019

Gordon Banks, também agarrava cachorro... 1965.

Imagem: Autor Desconhecido

Campeonato Potiguar... América e Potiguar ficam mesmo no 1 a 1.

Imagem: Canindé Pereira

América e Potiguar empatam e deixam escapar a chance de se distanciar dos adversários

Por Gabriel Leme Penteado, para o Universidade do Esporte

Em jogo marcado por uma arbitragem polêmica, América e Potiguar ficam no 1 a 1

As duas equipes chegavam com 100% de aproveitamento para essa partida.

A tendência era de que a partida fosse, no mínimo, movimentada.

Mas apenas uma equipe conseguiu desempenhar um bom futebol no primeiro tempo: o Potiguar.

Mesmo com o América saindo na frente logo no início do jogo, com Max, o alvirrubro não conseguiu anular o setor esquerdo do rival.

Wilson, camisa 10 do Potiguar, foi o destaque da primeira parte.

O meia canhoto participou muito das jogadas ofensivas de sua equipe.

Em uma dessas jogadas, o jogador deixou Jefinho na cara de Gledson.

O camisa 9 não desperdiçou e empatou.

O Potiguar continuou dominando as ações da partida, mas no fim da primeira etapa veio a grande polêmica.

O América atacava pelo setor esquerdo, quando teve um jogador derrubado na área.

O árbitro mandou o lance seguir e, na sequência, Jefinho recebeu um presente, saindo na cara do gol de Gledson.

O goleiro do América saiu da área e acabou pegando na bola com a mão.

O juiz aplicou o cartão vermelho na hora.

No segundo tempo, Luizinho Lopes precisou mexer na equipe e, além do goleiro Ewerton, o treinador colocou Judson em campo.

As alterações deram resultado e o América voltou mais compacto, dando poucas oportunidades para o adversário.

O Potiguar não fez valer a vantagem numérica e parecia que o desgaste físico havia tomado conta de seus jogadores.

No fim, nenhuma das equipes conseguiu o gol da vitória.

Os dois times seguem invictos no estadual e com 4 pontos cada.

O que eles queriam fazer?

Imagem: Ryan Browne/BPI/REX/Shutterstock

Copa da Ásia: Turcomenistão 0x4 Uzbequistão...

Campeonato Potiguar 2019... Globo e ASSU decepcionam.


Jogando em casa o Globo não foi capaz de superar o ASSU e acabou amargando um péssimo resultado...

É bem verdade que o 0 a 0 não foi bom para ninguém, mas levando-se em conta o fator casa, fica claro que a equipe de Ceará-Mirim levou a pior.

Em situações assim, reconhecer que as coisas não foram bem, está no script de todo treinador, nas suas considerações finais, mas jogar para cima do árbitro boa parte da responsabilidade ainda é a melhor saída...

Higor César, treinador do Globo, fez exatamente isso, quando finalizou seu discurso afirmando que a arbitragem foi “horrível.”

FA Cup: Ipswich Town 0x1 Accrington Stanley...

Imagem: Paul Thompson/ProSports/Rex/Shutterstock 

A saída de Zidane do Real Madrid: Zidane queria Ronaldo e não Bale... Florentino Perez preferiu Bale.

Imagem: Autor Desconhecido

Ex-dirigente do Real Madrid revela verdadeiro motivo da saída de Zidane...

Revelações surpreendentes de Ramón Calderón envolvem os nomes de Ronaldo, Bale e... Florentino Pérez.

Ramón Calderón, ex-presidente do Real Madrid (2006 a 2009), revelou ao Bleacher Report as principais razões porque o treinador francês Zinedine Zidane decidiu deixar os merengues após a partida contra o Liverpool, em Kiev, na final da Liga dos Campeões...

No planejamento para temporada 2018/19, Zidane e o atual presidente do Real Madrid, Florentino Perez, não se entenderam.

"Zidane insistiu em manter Cristiano Ronaldo e em vender Bale", mas "Florentino fez o contrário", contou Calderón...

"Zidane, então, decidiu sair. Parece que ele é que estava certo", disse o ex-dirigente.

É bom lembrar que com a saída de Zidane, o clima entre Cristiano e Florentino azedou e o atacante acabou se transferindo para a Juventus de Turim...

Gareth Bale ficou como principal protagonista do ataque merengue, mas até aqui, só marcou quatro gols em 15 jogos de La Liga e três, em cinco partidas da Liga dos Campeões.

Desculpe... acertei ele, sim.

Imagem: Gareth Copley/Getty Images

Cai o público da NFL, mas ainda assim, os números impressionam...

Imagem: USA Today

NFL tem queda de público durante 2018

Média nos estádios foi superior a 67 mil pessoas

Por Redação do Máquina do Esporte

Apesar da recuperação na audiência do torneio, a liga de futebol americano (NFL) encerrou 2018 com a menor média de público desde 2010.

Em relação à última temporada, a queda foi de 0,5% no número de pessoas presentes nos estádios americanos.

Mesmo com o fato negativo, os dados ainda impressionam.

Em 2018, foram 67.100 pessoas por partida da NFL.

O recordista de público é o Dallas Cowboy, com mais de 90 mil pessoas por jogo, graças ao imponente AT&T Stadium, inaugurado em 2009.

Do outro lado, está o Los Angeles Charger, com 25 mil pessoas.

A equipe joga no modesto StubHub Center.

Com poucos jogos durante o ano, estádios grandes e altíssima popularidade nos Estados Unidos, a NFL permanece como a liga que mais recebe público em média nos estádios.

Em comparação, a liga de futebol com o melhor índice na Europa é a Bundesliga, com pouco mais de 40 mil pessoas por partida.

domingo, janeiro 13, 2019

E o bandeirinha caiu...

Imagem: Catherine Ivill/Getty Images 

Campeonato Potiguar... Palmeira de Goianinha vence o ABC e coloca uma interrogação na cabeça dos torcedores alvinegros.

Imagem: Andrei Torres

Não foi o ABC que perdeu para o Palmeira...

Na verdade, foi o Palmeira que derrotou o alvinegro.

A inversão pode ser facilmente compreendida...

Basta ouvir as declarações do treinador Ranielle Ribeiro após a partida.

Ranielle estava bastante decepcionado com sua equipe...

Ao afirmar que o resultado não estava na conta, Ranielle deixou claro que a atuação foi bem aquém do esperado.

Já Palmeira, derrotado na primeira rodada pelo Potiguar, sacudiu a poeira e foi à luta...

Nas duas vezes que levou perigo real ao gol de Edson, foi eficaz, abriu dois gols de vantagem e no banho maria deixou o tempo correr.

O ABC ficou cercando, ciscando, pressionando, mas sem causar grandes sustos a defesa palmeirense...

Quando conseguiu, o cronometro marcava 48 minutos do segundo tempo, não dava mais tempo para nada.

Omar Sivori... Juventus de Turim - 1957/1965 - 135 gols em 215 jogos.

Arte: Florian Nicolle

Copa São Paulo de Juniores... Visão Celeste elimina o Fortaleza e segue em frente.


De rodada em rodada o Visão Celeste de Parnamirim vai avançando na Copa São Paulo de Futebol Junior...

Ontem foi o  Fortaleza que se surpreendeu.

É quase certo que os cearenses não contavam com outro resultado que não fosse a vitória...

Deu tudo errado nas contas do tricolor.

A começar pelo primeiro gol marcado por Denilson aos 14 minutos de jogo...

O gol assustou o tricolor, mas não a ponto de arrefecer a certeza da vitória.

O gol de empate assinalado por Coutinho aos 38 minutos, fez aumentar a pressão sobre os potiguares...

Curiosamente, foi num momento de sufoco que o Visão Celeste conseguiu o contra-ataque fulminante, que terminou com a bola nas redes do Fortaleza.

Quem marcou?

Zé Eduardo (ele outra vez).

Em dois lances no primeiro tempo os potiguares conseguiram a vantagem que os levaria a classificação...

No segundo tempo, pressionados, os jogadores do Visão Celeste não tremeram.

A segunda etapa foi dramática...

De olho no relógio, a equipe de Parnamirim, aproveitou do desespero de seus adversários para manter a bola longe de seu gol, até o apito final.

A vitória do Visão Celeste foi justa...

Agora, é seguir sonhando.

Torcedores do Newport County AFC...

Imagem: Nick Potts/PA

Rally Dakar... Piloto russo atropela um espectador e é eliminado da competição.


Andrey Karginov (Kamaz) foi este sábado excluído do rali Dakar, depois de ter atropelado um espectador e não ter parado para prestar auxílio, informou a organização...

O acidente, que foi filmado por vários espectadores que estavam junto ao local, provocou uma fratura de fêmur e obrigou à transferência da vítima para o aeroporto de Ilo, de onde seguiu para o hospital de Arequipa, também no Peru.

sábado, janeiro 12, 2019

Johan Cuijff, na partida Holanda 0x0 Suécia... Copa do Mundo de 1974.

Imagem: Autor Desconhecido

O futebol potiguar e a década de informações perdidas...

Imagens: Autores Desconhecidos/Montagem: Fernando Amaral

Uma década de informações perdidas

Por Andre Samora, do Universidade do Esporte

Os torcedores dos clubes potiguares sempre discutem quantos títulos estaduais cada equipe tem.

A torcida abcedista comemora os 55 títulos, mas a torcida americana discorda de cinco conquistas do adversário.

O América afirma possuir 35 potiguares, mas os torcedores alvinegros falam que são 33.

O campeonato de 1919 foi organizado e todos consideram que a conquista é do América.

A partir da década de 20, as discussões começam.

No ano de 1920, o ABC venceu o torneio segundo as informações de alguns livros, jornais e revistas.

Só que os pesquisadores como Everaldo Lopes, Rogério Torquato e Carlos Nascimento não concordam com isso.

Para eles, o América é o verdadeiro campeão.

Hoje, a conquista é atribuída para as duas equipes.

Porém, os resultados da competição mostram que o título foi para os alvirrubros.

O estadual contou com a participação de três equipes: ABC, América e Centro Esportivo.

Sendo disputado em pontos corridos, no sistema de turno único.

Assim, o América venceu duas partidas.

Na primeira partida, ganhou de 3 a 0 do Centro Esportivo.

Na segunda, conquistou a vitória sobre o ABC por 2 a 1.

Ou seja, com a maior pontuação, o América alcançou o bicampeonato.

Entre 1921 e 1926, não existem informações sobre os jogos do potiguar.

Em 1921, segundo o jornal "A República" de 7 de julho de 1922, confirma o título para o Centro Esportivo.

Entretanto, o alvinegro também é considerado campeão estadual daquele ano.

O potiguar de 1922 é atribuído ao alvirrubro, mas o ABC diz que só foi um torneio amistoso em comemoração ao centenário da Independência do Brasil.

Entre 1923 e 1926, segundo o jornal “A República”, os jogos foram amistosos e não um estadual.

O ABC considera-se campeão em 1923, 1925 e 1926.

O América comemora o título de 1924 e 1926.


Enquanto que a torcida do Alecrim diz com orgulho que venceu os dois primeiros estaduais que disputou, com a conquista do bicampeonato de 1924 e 1925.

A partir de 1927, o potiguar se torna organizado.

Com todas essas informações, mostram que faltaram atitudes dos organizadores do futebol da época.

Hoje, não existiriam essas discussões se a Liga de Desportos Terrestres do Rio Grande do Norte (a atual FNF) tivesse anotado as informações dos campeonatos da época.

Outro erro cometido, foi não deixar claro se aqueles jogos foram amistosos ou não.

Assim, é fácil entender as dúvidas dos torcedores sobre o número de títulos potiguares para cada equipe.

Porém, por desorganização de uma competição que não era consolidada, não é possível ter certeza desses títulos.

Logo, temos uma década de informações perdidas. 

Por um triz...

Imagem: Lee Smith/Action Images via Reuters

Kazu Miura aos 51 anos renova por uma temporada e diz que vai jogar até os 60...

Imagem: Autor Desconhecido

Kazuyoshi Miura vai completar 52 anos, porém, isso não o impediu de renovar seu contrato com o Yokohama FC, clube da segunda divisão do Japão, por mais um ano...

Com a renovação, Kazu, como é conhecido por todos, irá jogar sua 34ª temporada como profissional, segundo o clube.

Em entrevista, o jogador japonês revelou que deseja continuar jogando até os 60 anos...

"Agradeço aos fãs pelo apoio contínuo", afirmou o jogador que completa 52 anos no final do mês.

"Eu quero treinar duro todos os dias e jogar tantos jogos quanto possível, fazendo valer cada minuto", acrescentou...

Em 2017, Miura quebrou o recorde de longevidade no futebol profissional e tornou-se no jogador mais velho a marcar um gol, dois recordes até então pertencentes ao lendário inglês Stanley Matthews.

O japonês trocou o seu país pelo Brasil em 1982 e fez sua estreia profissional em 1986 pelo Santos...

Antes de regressar ao Japão, viveu duas experiências marcantes na Europa (na Itália, no Genova, e, na Croácia, no Dínamo de Zagreb).

Kazu Miura jogou o primeiro campeonato profissional do Japão em 1993 e marcou presença na estreia da seleção nipônica no Mundial de 1998...

O atacante marcou 55 gols em 89 partidas disputadas pela seleção nipônica.

"Corrida" dos mascotes do West Ham e do Birmingham City, entre bolinha de sabão...

Imagem: Michael Zemanek/BPI/Rex/Shutterstock

Por que os clubes de futebol se endividam tanto no Brasil...

Imagem: Gilvan de Souza/Divulgação/Flamengo/El País

Por que os clubes de futebol se endividam tanto no Brasil

Ações trabalhistas, juros bancários e dívidas fiscais fizeram o déficit das principais equipes brasileiras chegar em quase sete bilhões de reais em 2018

Por Diogo Magri, para o El País

Acompanhar a saúde financeira dos principais clubes de futebol do país é rotina para os torcedores mais aficionados, mesmo que estes não sejam experts em economia.

Afinal, dívidas significativas resultam na necessidade de venda de bons jogadores, o que, por sua vez, impacta diretamente na qualidade do time em campo.

Segundo levantamento da Sports Value, agência especializada em marketing esportivo, com base na divulgação do balanço econômico dos clubes brasileiros em 2017, Botafogo (719 milhões de reais), Internacional (700 milhões de reais), Fluminense (560 milhões de reais), Atlético Mineiro (538 milhões de reais) e Vasco (506 milhões de reais) formam o top cinco dos clubes nacionais mais endividados — ao menos três deles acumularam mais rebaixamentos do que títulos nacionais nos últimos anos.

O mesmo torcedor que cobra boas administrações e sofre com as consequências dos déficits se pergunta: por que meu clube se endivida tanto?

“São três os fatores mais pesados: dívidas fiscais, ações trabalhistas e juros bancários. Os clubes devem para governo, ex-jogadores e bancos”, diz Amir Somoggi, consultor de gestão esportiva e diretor da Sports Value.

Segundo dados da agência, os 20 maiores times do Brasil acumularam 6,75 bilhões em dívidas no ano passado; um crescimento de 77% no último quadriênio, período no qual a inflação acumulou alta de 43%.

De acordo com Somoggi, a prioridade dos clubes é a sobrevivência.

Logo, com orçamentos que não conseguem cobrir todos os déficits, os salários de jogadores — "porque são eles que ganham os títulos" — são prioridade, enquanto impostos e dívidas trabalhistas ficam em segundo plano.

"A única dívida que [os clubes] pagam em dia é com os bancos. Ex-jogador e governo ficam na fila para receber", completa o consultor.

A análise é endossada por Mario Celso Petraglia, presidente do conselho deliberativo do Athletico Paranaense, que também chama a atenção para gestões inconsequentes e a falta de preparo dos diretores de futebol no Brasil.

"Os clubes não são conduzidos como empresas. Seus dirigentes entram com alguns interesses acima da instituição, buscando promoção pessoal e o sucesso imediato em campo, sem consequências. Esses objetivos a qualquer preço levaram os clubes ao endividamento".

O Athletico, onde Petraglia também foi presidente do clube, tem a 12ª maior dívida do Brasil (298 milhões de reais).

Dentro dos quase sete bilhões de reais em dívidas dos principais clubes brasileiros, 37% (2,5 bilhões de reais) são dívidas fiscais; multas aplicadas pelo fisco como punição a impostos sonegados pelas diretorias.

Parte delas cabe a uma discussão legislativa entre equipes e Receita Federal, na qual os clubes alegam ser associações sem fins lucrativos, o que os isentaria de alguns impostos sobre o lucro, como a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL), enquanto a Receita os classifica como sociedades empresariais, que são obrigadas a pagar esses tributos.

“Todos os clubes brasileiros que conheço cumprem as condições de ser uma associação sem fins lucrativos (diretores não remunerados e lucros investidos no próprio clube) com o objetivo de ter esse benefício tributário”, afirma Rafael Marchetti Marcondes, advogado especialista em direito tributário e professor da Escola Paulista de Direito.


Em 2011, o Athletico-PR foi autuado em 85 milhões de reais pela Receita Federal por não ser considerado uma associação sem fins lucrativos, e só foi isentado da multa integral no início de julho de 2018, após julgamento no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf), conforme conta Petraglia.

Outros clubes brasileiros, como Santos, Goiás e Coritiba, também sofreram processos na Justiça por conta da mesma discussão.

Marcondes e Somoggi convergem na opinião de que a isenção é justa segundo a lei.

"Me parece que existe apenas uma insatisfação do fisco com a legislação, não uma burla da lei por parte dos clubes", avalia o advogado.

O consultor, entretanto, faz uma ressalva:

"Valeria muito mais a pena para os clubes se declararem sociedades empresariais, pagando o que precisam e sendo livres do amadorismo. Mas também não foi essa discussão que fez as dívidas dos clubes chegarem aos sete bilhões de reais".

A parte mais considerável do déficit fiscal é fruto de autuações da Receita Federal por impostos obrigatórios aos clubes de futebol, e não diz respeito às isenções da legislação.

"Os clubes praticam sonegação fiscal", afirma Amir Somoggi.

"Eles não são isentos de pagar imposto de renda de pessoa física e INSS, e não pagam. A Receita vai atrás do que eles devem e isso gera multas gigantescas".

Do salário integral do atleta de um clube de primeira divisão no Brasil, são descontados 10% de INSS e 27,5% de imposto de renda — esses valores, no entanto, não são recolhidos pelo Governo.

"Os clubes ficam com um valor que não é deles. Chamamos de apropriação indébita. A dívida tributária que os clubes têm é baseada nesse não recolhimento", conta Petraglia.

Entre as dívidas fiscais, a do clube paranaense é a segunda menor: 11,5 milhões de reais.

Botafogo (325,7 milhões de reais), Flamengo (300,5 milhões de reais) e Atlético-MG (237,1 milhões de reais) foram os brasileiros com os maiores déficits tributários em 2017.

O time de Minas Gerais foi, entre os grandes, quem mais diminuiu percentualmente (17%) seu déficit em relação a 2016, enquanto o Botafogo foi quem mais aumentou: 20%.

Lei Profut

A Lei Profut, sancionada em 2015 pela então presidenta Dilma Roussef, foi criada com o objetivo de renegociar débitos fiscais com clubes de futebol e facilitou o pagamento das dívidas nos últimos anos.

Ela permite que os times escolham os débitos renegociados, que podem ser parcelados em até 180 vezes com redução dos juros.

“É benéfico também para o Governo, porque garante a arrecadação e impede um processo burocrático muito lento e custoso. Não é uma situação exclusiva do futebol”, explica Rafael Marcondes.

O único clube grande a não recorrer à lei foi o Palmeiras.

“Foi um caso único porque se estruturou e tinha o Paulo Nobre, um mecenas, na presidência”, justifica o advogado. Amir Somoggi completa afirmando que o Palmeiras não quis entrar no acordo com o Governo "para demonstrar liberalismo".

"Mas tem dívida com o Governo federal", ele ressalta.

"Ela é menor, mas tem. E o clube não quebraria se a Receita executasse um processo, ao contrário do Botafogo, por exemplo".

Somoggi classifica a Lei Profut como "esquizofrênica", argumentando que os maiores devedores receberam descontos e poderão seguir com suas administrações inconsequentes.

"O Profut só serviu para beneficiar a má gestão. Quem pagava tudo em dia não recebeu um benefício, enquanto quem devia milhões foi ajudado. Na hora de escolher entre salários e dívidas, eles vão continuar pagando quem consegue ganhar o campeonato agora".

Khadija Bunny Shaw - Seleção Feminina da Jamaica...

Imagem: Soobum Im/USA Today Sports

Tottenham coloca preço em Harry Kane...

Imagem: AFP

Cientes do assédio do Real Madrid sobre Harry Kane, na próxima janela de verão, a direção do Totteham Hotspurs não se fez de rogada...

“Colocou uma etiqueta” com o preço do atacante para o conhecimento de todos, principalmente de Florentino Perez, presidente do Real Madrid...

350 milhões de euros.

sexta-feira, janeiro 11, 2019

Futebol raiz: Os defensores, John Kaye e John Talbut, no vestiário do West Bromwich Albion, na final da FA Cup de 1968.

Imagem: Gerry Armes/Popperfoto/Getty Images 

Campeonato Potiguar 2019... América estreia com vitória sobre o Santa Cruz, no Arena das Dunas.


América faz lição de casa e vence o Santa Cruz

Por: PH Dias, do Universidade do Esporte

Nem parecia o primeiro jogo oficial do ano.

As duas equipes criando chances reais de gol.

O América era mais participativo, principalmente pelo lado esquerdo com as triangulações de Pardal, Hiltinho e Diego, sempre buscando o atacante Max.

O que restava para o Santa Cruz era explorar os contra-ataques puxados pelo ótimo camisa 10, Júlio Brasílio, ou as investidas pela esquerda com o ponta Dyorgenes...

Além, é claro, da bola parada.

No segundo tempo, o América foi ainda mais incisivo e isto surtiu efeito.

Depois de um cruzamento para área, a zaga do Santa bateu cabeça...

Na sobra apareceu Adriano Pardal para fazer o primeiro gol do Mecão no estadual.

A maior consistência acabou premiada.

O placar adverso forçou Fernando Tonet a mandar o time para frente...

Com o avanço o Santa criou algumas chances, mas esbarrou na ineficiência das finalizações de seus jogadores.

Apesar do ótimo resultado, que acabou com o tabu de 4 jogos sem vencer o rival tricolor, o América sofreu baixas.

Luizinho Lopes mexeu duas vezes devido a lesões dos seus titulares.

A vitória dá tranquilidade ao América, anima o campeonato e cria um excelente clima para a partida do próximo domingo, contra o Potiguar de Mossoró, onde a liderança da competição estará em jogo.

Giacinto Facchetti e Helenio Herrera... Internazionale, anos 60.

Imagem: Autor Desconhecido

Campeonato Potiguar... O ASSU sai na frente, mas vacila e acaba permitindo o empate do Força e Luz.


Em Açu, o ASSU não fez uma boa estreia, ontem à noite no Estádio Edgarzão...

Chegou a sair na frente, mas acabou cedendo o empate para o Força e Luz.

Os gols foram marcados por Jânio, que abriu o placar para o ASSU aos 24 minutos do primeiro tempo...

Na segunda etapa, Carlos Alberto empatou para o Força e Luz aos dois minutos.

No domingo, o camaleão do vale vai a Ceará-Mirim enfrentar o Globo...

Já o Força e Luz, em casa, recebe o Santa Cruz.

quinta-feira, janeiro 10, 2019

Pogba evita bolada com a calma e a classe de quem tem categoria...

Campeonato Potiguar 2019... ABC supera dias turbulentos e derrota o Globo por 1 a 0 na estreia da competição.

Imagem: Andrei Torres

No Estádio Maria Lamas Farache o ABC venceu o Globo por 1 a 0...

O resultado salvou a má estreia do alvinegro.

Os últimos dias foram bastante turbulentos...

A falta de entrosamento e de uma melhor condição física, comum em todo início de competição, somada a morte precoce da esposa do treinador do treinador Ranielle Ribeiro, certamente refletiu na equipe.

Portanto, a magra vitória tem sim que ser comemorada...

Já o Globo, também em fase de arrumação, não assustou.

Mas, nada de anormal...

Afinal, os primeiros chutes dados em uma competição quase nunca são perfeitos.

No fim tudo deu certo...

Imagem: Henry Browne/Getty Images

Campeonato Potiguar 2019... O Potiguar de Mossoró estreia vencendo o Palmeira de Goianinha.


Em Mossoró, no Estádio Nogueirão, o Potiguar recebeu o Palmeira de Goianinha...

Vinicius e Marielson marcaram os gols que deram ao Potiguar a vitória e a liderança provisória da competição.

O pênalti defendido no apagar das luzes e a merecida comemoração...

Imagem: Clive Rose/Getty Images