terça-feira, novembro 21, 2017

Patterns & jerseys... FC Bayern München.

Arte: Emílio Sansolini

Afinal, ninguém quer presidir o ABC?

Imagem: Fernando Amaral/Montagem: Fernando Amaral


Quem ficou até às 18 horas de ontem esperando que aparecesse alguém – nem que fosse por e-mail – interessado em registrar alguma chapa para assumir o restante do mandato de Judas Tadeu – pressionado a renunciar –  e seu vice, Rodrigo Salustino, “convencido” a também pegar o boné, esperou inutilmente...

Ninguém apareceu para dizer, Yes, I can, yes I want.

Brigaram tanto para tirar Judas Tadeu que esqueceram de formar uma chapa para substituí-lo...

Vá entender.

Lev Yashin... Dinamo de Moscou.

Imagem: Autor Desconhecido

A empresária Amanda Staveley ofereceu 300 milhões de libras esterlinas pelo Newcastle United...

Imagem: Autor Desconhecido


A empresa de consultoria financeira de Amanda Staveley, com sede em Dubai, a PCP Capital Partners, ofereceu formalmente a Mike Ashley, a quantia de £ 300 milhões pelo controle acionário do Newcastle United, após realizar uma auditoria preliminar nas finanças do clube.

segunda-feira, novembro 20, 2017

Patterns & jerseys.... Juventus.

Arte: Emílio Sansolini

América e ABC seguem com chance de classificação na Copa do Nordeste Sub-20...




A distância e com base apenas nos resultados tenho a impressão que o América tem uma tarefa bem mais complicada que o ABC na primeira fase da Copa do Nordeste Sub 20...

É claro que é apenas uma opinião, nada além disso.

Mas, vejamos:

Pela primeira rodada do grupo C, os rubros venceram o Vitória da Bahia por 1 a 0...

O CSA perdeu para o River do Piauí por 4 a 1.

Na segunda rodada, o América venceu o CSA por 2 a 1 e o River goleou o Vitória da Bahia por 4 a 1...

Agora, o América terá pela frente a equipe piauiense, que até aqui, não tomou conhecimento de ninguém.

Já o ABC que começou a competição vencendo o Juazeirense por 2 a 0 e em seguida perdeu para o Fortaleza também por 1 a 0, vai encerrar sua participação na fase de grupos, enfrentando o Santa Cruz, que estreou perdendo para o Fortaleza por 2 a 1 e, ontem, empatou com o Juazeirense em 2 a 2...

Como e pode perceber, a missão do ABC, em tese, parece um pouco mais fácil, que a de seu arquirrival.

Vamos querida...

Imagem: James Marsh/BPI/Rex/Shutterstock 

A desclassificação dos EUA deve gerar prejuízo para a FOX Sports...



A não classificação dos Estados Unidos para a Copa do Mundo da Rússia vai trazer um impacto significativo ao torneio...

Com o menor interesse dos patrocinadores e a consequente queda no faturamento, a FOX, que pagou US$ 200 milhões pelos direitos de TV nos EUA, muito provavelmente não irá recuperar o investimento.

Chile 2x0 Itália... Copa do Mundo de 1962 - A Batalha de Santiago.

Imagem: Autor Desconhecido

A Mercedes-Benz investe pesado na NFL...

Imagem: Autor Desconhecido


33 milhões de dólares é o valor estimado que paga ao ano a Mercedes-Benz pelo naming right do estádio do Atlanta Falcons, da NFL...

Fonte: Máquina do Esporte

domingo, novembro 19, 2017

Patterns & jerseys... FC Barcelona.

Arte: Emílio Sansolini

Rebaixado, o ABC vence o Oeste e deixa a lanterna da Série B...



O ABC precisava vencer, não por sonhar com mais nada, mas por querer encerrar sua pífia participação na Série B de 2017 numa posição menos vexatória... 

Já o Oeste, que ainda sonhava, nada fez para merecer outra coisa que não fosse a derrota. 

Os 2 a 0 tiraram o ABC da última colocação e deixaram Santa Cruz e Náutico com a batata quente... 

Enquanto a equipe do Oeste, derrotada, nada tem a lamentar, pois foi muito mais longe do que qualquer um poderia esperar.

O acidente que matou o piloto britânico Daniel Hegarty...



Daniel Hegarty, piloto britânico perdeu a vida neste sábado, depois de sofrer um grave acidente no GP de Macao, China... 

O acidente aconteceu na sexta volta. 

Hegarty foi levado para o hospital Conde S. Januário, mas não suportou as múltiplas e sérias lesões... 

Segundo os médicos, o piloto de 31 anos, já chegou sem vida pronto socorro.

CSA em 1982... Jacozinho, sentado sobre a bola.

Imagem: Autor Desconhecido

FIFA vende 98% dos ingressos na 2ª fase de comercialização...

Copa: Fifa vende 98% dos ingressos em 2ª fase de comercialização

Vendas dessa fase funcionaram por ordem de chegada dos compradores

Fonte: Estadão/Veja

Um dia após o início da nova fase de venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2018, a Fifa anunciou nesta sexta-feira que já comercializou 98% das entradas à disposição neste estágio de comercialização.

Agora, estão disponíveis apenas entradas para torcedores com direito a acesso especial.

De acordo com a organização, um total de 159.402 ingressos foram vendidos para fãs de diversos países em 24 horas.

Na nota oficial que divulgou nesta sexta, a Fifa também informou que 51% dos ingressos vendidos até agora foram comprados por torcedores russos, assim como revelou que bilhetes adquiridos por pessoas da Argentina, México, Estados Unidos, Brasil, Colômbia, China, Austrália, Alemanha e Índia estão junto com a Rússia no Top 10 no ranking de países que adquiriram mais entradas.

A etapa atual de vendas vai até o dia 28 de novembro e é realizada por meio do site oficial da entidade e funcionou por ordem de chegada.

A fase anterior, que aconteceu entre 1 e 12 de outubro, alocou 622.117 ingressos, que foram sorteados por 3.496.204 torcedores solicitantes, e ficaram sujeitos a terem os seus pagamentos confirmados.

Parte considerável das compras foi desconsiderada por não cumprir as regras estabelecidas pela Fifa, como por exemplo a quantidade máxima de quatro ingressos por comprador.

Após estes descartes, a entidade fez sorteio, com presença de público, para definir quem seriam os contemplados.

A reabertura das vendas de ingressos para a Copa ocorrerá no dia 5 de dezembro, após o sorteio dos grupos, marcado para o próximo dia 1° de dezembro, em Moscou.

Esta terceira etapa de vendas acontecerá até o dia 31 de janeiro e as entradas também serão solicitadas e ficarão sujeitas a um sorteio.

A quarta fase acontece entre 13 de março e 3 de abril, que estarão disponíveis por ordem de compra.

As entregas terão início entre abril e maio de 2018.

Chelsea 3x3 Dynamo Moscou - 13 de novembro de 1945...

Imagem: Autor Desconhecido

A Copa do Mundo da Rússia terá predomínio das gigantes Adidas e Nike...



Copa terá predomínio inédito de Adidas e Nike

Pela primeira vez em 20 anos, Mundial assiste a domínio completo das duas maiores fabricantes

Por Máquina do Esporte

Há 20 anos que Adidas e Nike brigam a cada Copa do Mundo pelo domínio na mente dos consumidores.

E, após cinco Mundiais em que a gigante americana está presente, pela primeira vez as duas marcas terão predomínio sobre todos os concorrentes na Rússia.

As duas empresas vão vestir 22 das 32 seleções que vão disputar o Mundial, algo que nunca havia acontecido antes.

A marca alemã terá 12 times.

Já os americanos respondem por dez seleções patrocinadas na competição.

O predomínio se justifica por alguns fatores.

O primeiro deles é a queda de rendimento de seleções apoiadas pela Puma.

Itália, Costa do Marfim e Gana, que estiveram nos últimos Mundiais, foram surpreendentemente eliminadas ainda na fase de classificação à Rússia.

Outro fator é o próprio crescimento do apetite das duas principais fabricantes de material esportivo por seleções menos tradicionais, que na década passada eram deixadas de lado na estratégia.

A Adidas, por exemplo, conta com Bélgica, Egito, Irã e Marrocos.

Já a Nike veste equipes como a Arábia Saudita, que regressou ao Mundial após 12 anos sem participar da competição.

A Copa da Rússia marca ainda a saída de cena da Puma, que em 2006 chegou a ser a empresa com mais seleções patrocinadas no Mundial (eram 12 equipes, entre elas a campeã Itália).

A marca de origem alemã retirou nos últimos anos o fôlego do investimento em futebol, apostando mais em lifestyle ligado a esporte.

Assim, só vestirá Suíça e Uruguai.

A grande aposta, que era a seleção italiana, acabou se tornando a maior decepção.

Curiosamente, porém, o Mundial russo é o que terá, desde 2002, a maior quantidade de empresas na camisa dos times.

Duas situações levaram a isso.

Uma, ligada ao esporte, é a chegada de times novatos, como a Islândia, e a queda de times tradicionais, como Itália e Holanda.

E, o outro fator, mais ligado ao mercado, é a própria entrada de novas marcas no cenário mundial, como a New Balance, que vestirá Panamá e Costa Rica.

Ao todo, serão nove marcas distintas vestindo os uniformes das 32 seleções. No Brasil, em 2014, eram 8 marcas.

Em 2010, na África do Sul, e em 2006, na Alemanha, foram sete diferentes patrocinadores.

Em 2002, foram 12 diferentes empresas.

O torneio disputado na Coreia e no Japão tinham várias seleções menos tradicionais, e o apetite das marcas por seleções médias ainda era menor, o que abria espaço para fornecedores locais.

Além disso, naquela época, a rivalidade entre Adidas e Nike ficava mais restrita às chuteiras e astros como Beckham e Ronaldo.

Lev Yashin...

Imagem: Autor Desconhecido

Zlatan Ibrahimovic sendo Zlatan Ibrahimovic...

Imagem: Autor Desconhecido


Após a partida que marcou seu retorno aos gramados, contra o Newcastle United, vencida por 4 a 1 pelo Manchester United, Zlatan Ibrahimovic foi perguntado se chegou a duvidar de seu retorno ao futebol em algum momento...

Com um a de riso, respondeu:

“Não, porque os leões, eles se recuperam de maneira diferente dos humanos” ...

Obviamente, arrancou gargalhadas de todos.

sábado, novembro 18, 2017

Patterns & jerseys... Valencia CF.

Arte: Emílio Sansolini

Conhecendo o Oeste... o penúltimo adversário do ABC na Série B.

Conhecendo o Oeste...

Por Gabriel Leme

O próximo adversário do ABC na segundona é o Oeste.

O Rubrão, como é conhecido, ainda busca uma vaga no G4 e está a apenas dois pontos do Paraná, atual quarto colocado.

Sendo o segundo time com menos derrotas na série B (atrás apenas do líder América Mineiro – 6 contra 5), a equipe de Itápolis tem 42 gols marcados contra 28 sofridos – a quarta melhor defesa.

A campanha é muito boa, sendo que a última derrota aconteceu há pouco mais de um mês, 1 a 0 para o Ceará, jogando na Arena Barueri.

São sete jogos de invencibilidade, com cinco empates (três consecutivos) e duas vitórias.

O número de empates, aliás, é o mais alto do Brasileirão.

São 16 em 36 jogos disputados.

Nos últimos cinco jogos, Roberto Cavalo usou o 4-3-3 em quatro oportunidades e só jogou mais fechado, no 4-5-1, contra o Internacional.

Apesar de, aparentemente, os resultados não serem satisfatórios para um time que ainda sonha com G4, os paulistas contam com o artilheiro da segundona.

Mazinho tem 16 gols e lidera a equipe no meio-campo.

Outros que podem decidir o confronto: o lateral Willian Cordeiro é rápido e gosta de chutar para o gol.

O atacante Robert, apesar de estar figurando entre os reservas, também pode levar perigo à equipe potiguar.

Lado negativo...

O goleiro Rodolfo foi suspenso por cinco jogos por injúria racial, contra Messias, goleiro do América Mineiro, em partida válida pela vigésima sétima rodada.

Pode ser até uma oportunidade para o Mais Querido buscar finalizar mais no jogo, até para testar o novo arqueiro.

A expectativa é de um jogo muito movimentado, com muitas oportunidades para os dois lados.

O empate seria até compreensível, mas muito injusto pelos jogos que as equipes vêm apresentando e também pela sequência “ruim” do adversário.

O Santa Cruz está de volta a terceira divisão...

Imagem: Autor Desconhecido

Surpresas e decepções das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018...



Surpresas e decepções das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018

Por Dyego Lima

Com o fim das eliminatórias/repescagens, a Copa do Mundo de 2018, sediada na Rússia, já conhece seus 32 participantes.

Aos classificados, restam apenas realizar os últimos ajustes e testes em amistosos e definir a lista de 23 jogadores convocados para a disputa do Mundial.

No entanto, o sistema de disputa por vagas proporcionou grandes histórias.

Países com menos tradição carimbaram suas vagas e potências acabaram sucumbindo.

Assim, listaremos aqui cinco grandes surpresas e decepções que acabaram ocorrendo na disputa por uma vaga no Mundial da Rússia.

     Decepções

Holanda

Apesar de nunca ter sido campeã, a Holanda é um país de muita tradição, sendo finalista nos Mundiais de 1974, 1978 e 2010, além do 3° lugar na Copa de 2014 no Brasil.

A seleção holandesa acabou eliminada ainda na primeira fase das eliminatórias europeias.

Passando por um processo de reconstrução, os holandeses ficaram em terceiro no grupo A, atrás de França e Suécia.

E, chegaram à última rodada precisando de um 7x0 contra os suecos para garantir vaga na repescagem, mas, como era de se esperar, não conseguiram (ficaram 2x0).

É a primeira vez desde 2002 que os holandeses não irão disputar o Mundial.

Itália

Outra grande potência, a seleção italiana possuiu quatro títulos de Copa do Mundo: 1934, 1938, 1982 e 2006.

Além disso, dois vice-campeonatos, em 1970 e 1994.

Também passando por um processo de reformulação, a equipe então comandada por Gian Piero Ventura acabou em segundo lugar no grupo G das eliminatórias europeias, atrás apenas da Espanha.

Com a vaga na repescagem, o sorteio indicou o embate ante a Suécia por uma vaga no Mundial da Rússia.

Com a derrota por 1x0 em solo sueco e um 0x0 em casa, os italianos acabaram eliminados.

Estarão fora do Mundial pela primeira vez desde 1958.


Chile

O sucesso da seleção chilena é mais recente.

Campeã da Copa América em 2015 e da Copa América Centenário em 2016, possuiu também o vice-campeonato da Copa das Confederações de 2017.

Com a saída do técnico Jorge Sampaoli e uma grande geração (Aléxis Sanchez, Arturo Vidal, Eduardo Vargas, Valdívia, entre outros) já em idade avançada, os chilenos não conseguiram engrenar nas eliminatórias sul-americanas.

Acabaram em sexto lugar, não conseguindo sequer a vaga na repescagem.

Iriam para seu terceiro Mundial consecutivo, algo inédito na história do país.

Estados Unidos

O futebol como nós entendemos é algo relativamente novo no país, e a MLS, liga de futebol local, surge como uma maneira de alavancar o esporte nos Estados Unidos.

Apesar disso, a Seleção Americana já colhe bons frutos, alcançando as quartas-de-final em 2002 e as oitavas em 2014, e sendo a principal seleção da América do Norte ao lado do México.

Nas eliminatórias da CONCACAF (que além da América do Norte, abrange também a América Central e Caribe), chegou à última rodada dependendo apenas de si contra a já eliminada e último colocado Trinidad & Tobago para garantir a classificação.

Acabou derrotada por 2x1, e com as vitórias de Panamá e Honduras, não foi sequer à repescagem.

Fica de fora do Mundial pela primeira vez desde 1986.

Costa do Marfim

Apesar de não contar mais com Didier Drogba e Yaya Touré, suas duas grandes estrelas, a seleção marfinense tinha tudo para vencer a disputa contra Marrocos, Mali e Gabão no grupo C das eliminatórias africanas e garantir a vaga na Copa.

Na última rodada, jogava em casa e precisando da vitória contra Marrocos para carimbar o passaporte.

Foi derrotada e viu os marroquinos conquistarem o lugar na Rússia.

Volta a ficar fora do Mundial após participar das últimas três edições.

Surpresas


Islândia

Grande sensação da Eurocopa de 2016, não só por ter chegado às quartas-de-final, mas também pelo haka, seu famoso grito viking junto à torcida, a Islândia tornou-se o menor país a conseguir classificação para uma Copa do Mundo.

Possui cerca de 320 mil habitantes, além de ter apenas 100 atletas registrados profissionalmente.

Garantiu a liderança do grupo I das eliminatórias europeias ao bater Kosovo na última rodada, deixando para trás Croácia e Ucrânia e garantindo classificação direta para a Rússia.

Cabe a Gunnarsson liderar a equipe em sua primeira participação em Copas do Mundo.

Suécia

Já sem a grande estrela Zlatan Ibrahimovic (que já cogita o retorno à seleção após a classificação sueca ao mundial), a Suécia apresentou um bom futebol em termos coletivos, eliminou duas potências e por isso figura aqui.

Terminou na segunda colocação do grupo A das eliminatórias europeias, eliminando a Holanda e garantindo vaga na repescagem para enfrentar a Itália.

Após uma vitória em casa e um empate fora, deixou a Azzurra pelo caminho e carimbou o passaporte rumo à Rússia, retornando ao Mundial após 12 anos.

Panamá

Mais uma estreante em Copas do Mundo, a seleção panamenha garantiu a vaga na Rússia de maneira heroica e emocionante.

Chegou à última rodada das eliminatórias da CONCACAF na zona de repescagem, e poderia classificar-se de forma direta em caso de vitória contra a já classificada Costa Rica, combinado à um tropeço dos Estados Unidos contra Trinidad & Tobago.

O gol de Román Torres aos 42 do segundo tempo garantiu a vitória por 2x1, e com a derrota americana pelo mesmo placar, deu ao Panamá a vaga direta ao Mundial de 2018.

Egito

Apesar de ser a maior campeã da Copa Africana de Nações, a seleção egípcia participou apenas de dois Mundiais: 1934 e 1990.

Com um gol de pênalti de Mohamed Salah aos 50 do segundo tempo, o Egito bateu o Congo por 2x1 e garantiu a liderança do grupo E das eliminatórias africanas com uma rodada de antecedência, eliminando a então favorita Gana e retornando à Copa do Mundo após 28 anos.

Marrocos

A seleção marroquina retorna ao Mundial após 20 anos e vai para a sua quinta participação, tendo como melhor resultado as oitavas-de-final em 1986.

Na última rodada das eliminatórias africanas, venceu fora de casa a favorita Costa do Marfim por 2x0 e garantiu a vaga no grupo C.

Nenhuma prece salvou o Náutico...

Imagem: Autor Desconhecido

Guarani empata com o Luverdense em 0 a 0...



Na noite de ontem, o Guarani garantiu sua permanência na Série B de 2018 ao empatar com o Luverdense, no estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas... 

6.648 pessoas pagaram para ver o jogo. 

Com o resultado, o Luverdense se juntou ao Santa Cruz, ao Náutico e ao ABC e juntos passam a fazer parte da Série C de 2018. 

A briga agora é na parte de cima... 

América Mineiro e Internacional, já estão na Série A... 

Ceará, Paraná e Londrina, brigam pela última vaga. 

O Oeste com chances mínimas tem que vencer o ABC e torcer que o Ceará perca para o Criciúma, o Paraná seja derrotado pelo CRB e o Londrina caia diante do América Mineiro... 

Ainda assim, de nada vai adiantar acontecer tudo isso, se na última rodada o milagre se esgotar.

URSS... anos 60.

Imagem: Autor Desconhecido

Emmanuel Adebayor... Minha família não pergunta por mim, me pede dinheiro.

Imagem: Eddie Keogh/Reuter


O jogador Emmanuel Adebayor, nascido no Togo e que jogou no Arsenal, Manchester City, Tottenham, entre outros, concedeu uma surpreendente entrevista à revista francesa So Foot...

Atualmente jogando no futebol turco, na equipe do Basaksehir, Adebayor, na entrevista, falou de muitos aspectos de sua vida profissional e da difícil relação com sua família.

“Minha família não pergunta por mim, me pede dinheiro”.

“Certas coisas são difíceis de suportar, principalmente quando você trabalha duro para tirar sua família da pobreza, mas ainda assim, não se sintam satisfeitos e te exijam sempre mais.”

“Muitas vezes pensei em me matar... quando lesionei o tendão, na época em que estava no Tottenham, fui surpreendido durante um exame médico com um chamado telefônico para me dizer que precisavam de mais dinheiro. Não tiveram a consideração de perguntar se eu estava bem ou o que os médicos diziam sobre minha lesão.”

“Tenho guardado isso durante todos esses anos, mas cansei. Estou desgostoso, pois nunca esperei que as coisas chegassem a esse ponto. Porém, agora, estou me sentindo aliviado. Precisava falar sobre isso.”

sexta-feira, novembro 17, 2017

Patterns & jerseys... Galatasaray Sporkulübü

Arte: Emílio Sansolini

Eduard Streltsov... o atacante perseguido pelo regime soviético.

Imagem: Autor Desconhecido


Streltsov, o ‘Pelé’ russo que sofreu no gulag

Estrela do Torpedo de Moscou foi perseguida pelo regime soviético e viveu um inferno na Sibéria

Por Alfredo Relaño para o El País

Agora que jogaremos contra a Rússia vem à memória aquele gol de Marcelino, em 21 de junho de 1964, nos russos.

Não eram russos, era a URSS, mas para as crianças da época eram os russos.

Aquilo foi enorme, era um país em que ainda ecoava o “a Rússia é culpada!” gritado por Serrano Suñer, o Cunhadíssimo.

Diziam que a Rússia viria com o melhor goleiro do mundo, Lev Yashin.

E diziam com razão, porque havia vencido a Bola de Ouro de 1963.

Seu prestígio foi contestado em meu colégio pela lenda de que na verdade era basco.

Um garoto basco que foi levado pelos russos na guerra.

Coincidia pela idade, e coincidia com o fato de que na época o País Basco produzia goleiros a granel.

Meio Campeonato Espanhol tinha goleiros bascos.

E o melhor de todos era do Athletic de Bilbao, Iribar.

E pelo visto, Yashin também era basco:

“Trocaram seu nome, fizeram com que esquecesse que é espanhol e o obrigam a jogar contra sua Pátria”, nos explicou lugubremente o padre na aula.

Eu tinha 13 anos.

Na hora da verdade, não deu tanto de si.

O gol de Pereda foi à queima-roupa, mas nem viu o de Marcelino.

Ganhamos de 2x1 e fui para casa pensando que preferia Iribar.

Com o tempo soube que esse dia poderia nos ter sido pior se lá estivesse Eduard Streltsov, um prodígio da época, que nesse dia, com 26 anos, estava se recuperando de uma longa passagem pelo arquipélago gulag.

Teve uma vida extraordinária que vale a pena lembrar.

Moscovita, teve uma aparição fulgurante no futebol.

Aos 16 anos foi o jogador mais jovem da história de seu país a marcar na Primeira Divisão.

Com 17, foi o artilheiro da competição, jogando como ponta.

Em suas duas primeiras partidas com a seleção marcou dois hat-tricks.

Foi decisivo na medalha de ouro da URSS nos Jogos Olímpicos de Melbourne, mas não o colocaram na final.

Sua vaga foi ocupada por um jogador do CSKA, para que pelo menos uma dessas equipes estivesse em jogo.

E começaram seus problemas.

A questão é que Streltsov jogava no Torpedo, a equipe da fábrica de automóveis ZIL.

Os chefes comunistas queriam que fosse ao CSKA, a equipe do Exército, ou ao Dínamo, da Polícia.

Mas ele se negava.

Era incontrolável nesse e em outros aspectos.

Tinha um topete ao estilo James Dean, era caprichoso e anárquico em seu jogo, amante da vodca e de se fazer ver.

Era, em tudo, refratário a qualquer autoridade.

E vivia em um lugar e em uma época onde isso não era nada recomendável.

Entre outros personagens, se chocou com a poderosíssima Ekaterina Furtseva, membro do Politburo e ministra da Cultura, que pretendeu nada menos do que casá-lo com sua filha.

Ele não só se negou, como fez comentários desagradáveis sobre a jovem.

Nas vésperas da Copa do Mundo de 1958, a seleção da URSS estava concentrada bem perto da dacha (uma casa de veraneio) de um generalíssimo, de nome Eduard Karahanov, que pouco antes da viagem à Suécia convidou Streltsov e outros dois jogadores, Ogonkov e Tatushin, a uma festa.

Uma festa russa.

Na dacha havia vodca e garotas.

Streltsov saiu dessa folia acusado de estupro.

Ele negava, mas foi impelido a confessar em troca de deixá-lo ir à Copa e lançar terra sobre o assunto.

Assinou...

A URSS foi à Suécia sem ele e ele foi à Sibéria com uma condenação de 12 anos.

Em 1964, já nos tempos de Breznev, e por milhares de pedidos, seu caso foi revisto.

Sempre circulou o rumor de que a versão oficial era uma fabricação malvada.


Investigações jornalísticas posteriores corroboraram esse fato.

Streltsov só saiu do gulag após cinco anos e meio, poucos meses antes da célebre partida no estádio Santiago Bernabéu.

Estava em condições lamentáveis.

Seu primeiro destino, no campo de Lesnoi, foi um inferno, entre agressões reeducadoras, frio e péssima alimentação.

Depois o levaram a outro, onde o tratamento foi melhor e jogou futebol com outros colegas de infortúnio.

Quando voltou à luz não era o mesmo.

Adeus ao topete de teddy boy.

Adeus à sua velocidade endiabrada.

Perdeu cabelo e agilidade, mas mantinha sua técnica e inteligência para o futebol.

Em 1965 venceu o Campeonato Soviético para seu Torpedo de Moscou.

Já não era um ponta elétrico, mas sim um jogador de meio-campo clarividente que foi apelidado de Pelé russo.

Pelé apareceu justamente na Copa de 1958, a mesma em que ele desapareceu.

Voltou à Seleção, foi nomeado jogador do ano em 1967 e 1968.

Duas grandes carreiras, uma em sua arrancada fulminante, outra em sua sábia maturidade, e no meio, entre os 21 e os 27 anos, o vazio.

Uma experiência terrível no gulag.

Nesse intervalo ocorreu aquela partida decisiva, em que Yashin não foi tão formidável como nos diziam.

Depois foi técnico.

Morreu de câncer de laringe com 57 anos.

É lembrado em uma estátua na porta do estádio do Torpedo.

Os russos ainda chamam de “passe Streltsov” o passe de calcanhar.



O que o goleiro da Austrália quis fazer?

Imagem: Jonny Weeks for the Guardian

Thiery Henry e a comemoração que virou estátua...



Ontem, dia 16 de novembro, o golaço de Thiery Henry e a comemoração que virou uma estátua de bronze nos arredores do Emirates Stadium, completou 15 anos... 

Vale a pena rever.

Rio Branco e Treze de Campina Grande... para um estádio vazio.

Imagem: Duaine Rodrigues

A “patolada” de Michel em Valderrama que se transformou em campanha contra o câncer testicular...

A dor de uma dura derrota...

Imagem: Crombie/INPHO/Rex/Shutterstock

Eric Cantona fez duras críticas a decisão de Neymar jogar na França...

Imagem: Ian Walton/Diário AS


O ex-futebolista francês Eric Cantona tem feito criticas contundentes em relação a decisão de Neymar de deixar a Liga Espanhola para jogar no Paris Saint Germain...

Em entrevista a Yahoo Sports, Cantona disse:

“Com 25 anos e jogando pelo Brasil e o Barcelona, cabe perguntar o que veio fazer no campeonato francês? Jogar contra Guingamp e Amiens?”

Sobre a possibilidade de Neymar ter elegido o PSG para poder brigar pela Champions League, Cantona mostrou não compreender a lógica dessa escolha:

“Insisto... o que veio fazer na França? Alguém entende? Essa não é minha visão de paixão pelo futebol”, concluiu Eric Cantona.

quinta-feira, novembro 16, 2017

Patterns & jerseys... Atlético de Madrid.

Arte: Emílio Sansolini

Corinthians é heptacampeão brasileiro de futebol...

Imagem: Autor Desconhecido


Corinthians, de virada, derrotou o Fluminense por 3 a 1 e conquistou pela sétima vez o título de campeão brasileiro de futebol...

Desde que o torneio foi criado, em 1971, o Corinthians venceu em 1990, 1998, 1999, 2005, 2011, 2015 e 2017.

Peru derrota a Nova Zelândia por 2 a 0 e está na Copa da Rússia...

Imagem: Mariana Bazo/Reuters

Austrália vence Honduras por 3 a 0...




Definidos os 32 participantes da Copa da Rússia...

Brasil, Uruguai, Argentina, Colômbia e Peru (América do Sul)

Rússia, Espanha, Alemanha, Inglaterra, França, Portugal, Polônia, Bélgica, Sérvia, Islândia, Suíça, Croácia, Suécia e Dinamarca (Europa)

Irã, Japão, Coreia do Sul e Arábia Saudita e Austrália (Ásia) 

México, Costa Rica e Panamá (América Central e do Norte) 

Nigéria, Egito, Senegal, Tunísia e Marrocos (África)

Torpedo Moscou... anos 50.

Imagem: Autor Desconhecido

Torcedoras de Honduras...

Imagem: Jonny Weeks for the Guardian 

Globo nega acusações de Alejandro Burzaco...

Alejandro Burzaco, ex-diretor da empresa de eventos esportivos Torneos y Competencias, afirmou na terça feira em depoimento à Justiça dos Estados Unido, afirmou que corrupção e propina no futebol uniram Globo, Marin e Del Nero...


A Globo nega e diz que realizou amplas investigações internas, e que essas investigações apuraram que jamais houve pagamentos que não os previstos nos contratos.

quarta-feira, novembro 15, 2017

Patterns & jerseys... PSV Eindhoven.

Arte: Emílio Sansolini

ABC perde mais uma vez... Brasil de Pelotas 3 a 0.

A Itália não mereceu a classificação...

Imagem: Autor Desconhecido


A Copa do Mundo perde com a desclassificação da Itália?

Pela ótica da tradição, sim...

Mas, pelo momento do futebol italiano, não.

O que essa equipe poderia fazer de diferente?

Não creio que muito.

Talvez tenha sido melhor assim...

Há muito os italianos adiam refletir profundamente sobre seu futebol.

Arrogantes, não perceberam o definhar de sua influência na Europa...

Num piscar de olhos, Alemanha, Espanha e Inglaterra superaram a outrora forte e respeitada Série A.

Seus clubes, antes referência mundial, perderam espaço e poder e, mesmo assim, nada foi feito...

Talvez agora, depois de sua segunda eliminação de uma Copa do Mundo – a primeira aconteceu em 1958, quando perdeu a vaga para a Irlanda do Norte – os italianos percebam que é hora de repaginar o cálcio e devolver aos seus clubes e a sua seleção o respeito que sempre tiveram.

Sempre sonhei ver um torcedor organizado tirando satisfação com o Adebayo Akinfenwa...

Imagem: Franklin/ProSports/Rex/Shutterstock 

Brasil e Inglaterra um jogo sem nenhuma emoção...

Imagem: Matthew Impey/Rex/Shutterstock


Inglaterra e Brasil fizeram um jogo para lá de chato...

Sem sete titulares Gareth Southgate se fechou e jogou por uma bola.

A Inglaterra não achou a esperada bola que definiria o jogo a seu favor e o Brasil não conseguiu furar o bloqueio armado por Southgate...

Ou melhor, na única vez que conseguiu, o chute de Paulinho encontrou o peito de Hart.

Dinamarca goleia a Irlanda por 5 a 1 e garante vaga na Copa da Rússia...

Imagem: Stephen McCarthy/Sportsfile via Getty Images

Empresário acusa rede Globo de pagar propina por direitos de transmissão de torneios da CONMEBOL...

 
Imagem: Autor Desconhecido


No julgamento de José Maria Marin, nos Estados Unidos, o empresário argentino Alejandro Burzaco (foto), ex-presidente da empresa Torneos e testemunha de acusação, colocou diversas empresas de comunicação do continente sul-americano numa saia justíssima...

A Globo, Fox Sports, Televisa, Media Pro, Full Play e TRAFFIC, foram acusadas de pagar propina pelos direitos de transmissão dos principais torneios do continente.

Segundo Burzaco, as emissoras pagaram, US$ 150 milhões à Jose Maria Marin (Brasil), Manuel Burga (Perú) e Juan Angel Napout (Paraguai)...

Ricardo Teixeira, também foi delatado.

Segundo seu ex-presidente, Teixeira recebia, desde 2006, US$ 600 mil anuais da “Torneos”...

Esses valores eram pagos em Andorra, Oriente Médio e em países asiáticos. 

A surpresa foi José Maria Marin, finalmente admitir que era figura decorativa na CBF, pois, segundo afirmou, quem mandava era Marco Polo Del Nero...


Diante das acusações, a exceção de Fox que ainda não se pronunciou, todos os outro envolvidos negaram com veemência, a participação em qualquer ato ilícito.

Dani Pedrosa, equipe Repsol/Honda...

Imagem: Pierre-Philippe Marcou/AFP/Getty Images

Operação da Polícia Federal faz ministro do Esporte cancelar ida ao Rio de Janeiro...

Imagem: Autor Desconhecido


Quem esperava ver o ministro do Esporte, Leonardo Picciani, na assinatura do controle do Parque Maria Lenk do governo federal para o COB, acabou decepcionado...

Picciani cancelou sua presença.

O motivo foi a operação da PF que teve como alvos, seu pai e seu irmão...

Fonte: Lauro Jardim.

segunda-feira, novembro 13, 2017

Patterns & jerseys... Athletic Club Bilbao.

Arte: Emílio Sansolini

Acabou a era Judas Tadeu... Rodrigo Salustino, seu vice, vai renunciar...

Imagem: Autor Desconhecido


Rodrigo Salustino, ainda vice-presidente do ABC vai renunciar amanhã...

Confirmada a denúncia, a última peça do grupo de Judas Tadeu é retirada do tabuleiro.

Assim que for oficialmente informado, o Conselho Deliberativo tem trinta dias para convocar nova eleição...

Os vencedores irão cumprir um mandato tampão.

Ficam até 2018, completado o ciclo que deveria ter sido cumprido por Judas Tadeu e sua diretoria...

Porque Salustino abandonou o barco e se licenciou?

Salustino deu algumas explicações, mas todas genéricas, nenhuma com nome e endereço.

O que aconteceu no meio do caminho para tudo degringolasse e o ABC se visse no olho do furacão?

Ao assumir, Salustino e Judas, assim como os demais membros da direção, então eleita, sabiam o exato tamanho da carga de abacaxis e pepinos que teria que descascar?

Planejaram alguma coisa?

Tinham a quem recorrer?

Enfim, essas são as questões importantes...

Além, é claro, de uma pergunta pessoal – valeu a pena?

A Croácia em pate com a Grécia em 0 a 0 e se classifica para a Copa da Rússia... No primeiro jogo, os croatas venceram por 4 a 1.

Imagem: Louisa Gouliamaki/AFP/Getty Images

Os gigantes da Internet chegam ao futebol...

Imagem: Autor Desconhecido


Juventus, City, aspirante.

Gigantes da internet vão ao futebol por beiradas.

Por Rodrigo Mattos para o UOL Esporte

A previsível entrada dos gigantes da internet (Facebook, Netflix, Amazon, etc) na briga de direitos de transmissão de futebol já começa a ocorrer pelas beiradas.

Times de futebol já fecham acordos por direitos paralelos como a produção de séries de bastidores, e campeonatos de jovens já são explorados.

Dirigentes já os esperam nas próximas disputas pelas competições.

Nesta semana, o Manchester City anunciou um acordo de 10 milhões de libras para a produção de uma série na Amazon.

A ideia é explorar os bastidores da campanha.

Houve complicada negociação para não interferir nos direitos sobre Premier Legue a Champions League.

Antes, a Juventus fizera acordo similar com o Netflix, também para a exploração dos bastidores de suas campanhas.

A ideia é repetir o que foi feito com time de futebol universitário, que já está no cardápio da empresa.

Há dois meses, o executivo do Manchester United Ed Woodward previu que a Amazon e o Facebook já devem fazer parte da próxima disputa de direitos pela Premier League.

Claro, é uma previsão, sem certeza, mas a cada vez ganha mais chances de se concretizar.

Inicialmente, o Facebook tinha se posicionado de que não investiria em direitos, mas isso tem caído por terra.

Tentou, sem sucesso, levar a Liga de Cricket da India.

No Brasil, ainda tímido, investiu dinheiro em uma parceria com o Esporte Interativo para passar o Campeonato Brasileiro de aspirantes.

O caminho está traçado independentemente do discurso cauteloso.

Os gigantes de internet têm dinheiro, necessidade de conteúdo para inflar seus tráfego e assinaturas (em alguns casos).

É juntar a fome com o prato.

Resta saber com que velocidade o processo vai ocorrer, e como serão as relações com as redes de televisão já constituídas que costumam ser parceiras em alguns projetos.

Mas é certo que o conteúdo do futebol pode se tornar estratégico para esses gigantes da internet.

Plataforma de 10 Metros... Gold Coast Aquatic Center - Austrália.

Imagem: Chris Hyde/Getty Images