sexta-feira, setembro 22, 2017

Dr. José Rocha, presidente do Conselho Deliberativo do América diz que o clube não será laboratório...

Imagem: Globo.com


O presidente do Conselho Deliberativo do América, José Rocha, declarou que o América não será usado como laboratório...

Confirmou também, a informação do jornalista Vicente Estevão, publicada no blog sobre o desconhecer, Klaus Araújo, o vereador que se lançou candidato à presidência do clube, sob a condição de que seu nome fosse aprovado por consenso.

Em conversa com o repórter Ícaro Carvalho, do programa Universidade do Esporte, da rádio 88,9 - FM Universitária e do Novo, fui informado que o vereador estava em São Paulo para tratar de assuntos particulares e ao mesmo tempo tentar viabilizar patrocínios para o América...

Ícaro Carvalho me disse ainda que o vereador não precisou quem seriam esses “patrocinadores” e nem tão pouco se tinha sido autorizado por alguém a falar em nome clube.

Depois de levar o gol, arrumar as meias foi o que restou...

Imagem: Wolfgang Rattay/Reuters

O River Plate explodiu o Jorge Wilstermann da Bolívia... 8 a 0.



Os bolivianos estavam extasiados como o que eles nominaram de o "massacre de Cochabamba"... 

De certa forma, não deixavam de ter razão, afinal o placar de 3 a 0 aplicado pelo Jorge Wilstermann no River Plate, no estádio Félix Capriles, parecia ter definido quem estaria na semifinal da Libertadores da América para enfrentar San Lorenzo ou Lánus.

Ontem, em Buenos Aires, os torcedores, a comissão técnica e os jogadores da equipe boliviana provavelmente sofreram o maior choque de realidade de suas vidas... 

Foram esmagados pelo River Plate com uma sonora goleada. 

O “massacre de Cochabamba” foi reduzido a pó... 

No Monumental Nuñez os 8 a 0 aplicados pelo River decretaram o fim do sonho do time boliviano.

Guardiola pedindo pressão no adversário...

Imagem: Martin Rickett/PA

Neymar se desculpou diante do grupo...

Imagem: Franck Fife/AFP


Ontem o jornal francês L’Equipe publicou que Neymar, antes do treinamento da equipe do PSG, pediu perdão aos seus companheiros pelo ocorrido entre ele e Cavani, na partida do fim de semana contra o Olympique Lyon...

As desculpas de Neymar foram traduzidas para todo o grupo pelo brasileiro Thiago Silva.

O jornal também informa que o encontro promovido por Daniel Alves para selar a paz entre o brasileiro e o uruguaio foi um sucesso...

O que se espera agora é que a paz volte a reinar nas fileiras da equipe parisiense.

O dia em que Antonio Sanabria calou o Santiago Bernabéu...

Imagem: Javier Lopez/EPA

A promessa da CBF não resistiu a realidade... Não teremos árbitro de vídeo com afirmaram.

Imagem: Autor Desconhecido


Como já era de se esperar, a CBF desceu do salto alto, engoliu a arrogância e admitiu não ter condições de implantar para já, a utilização do árbitro de vídeo...

A ordem açodada de Marco Polo Del Nero esbarrou na realidade.

Como faltava tudo...

Nada pode ser feito.

quinta-feira, setembro 21, 2017

Bloqueando o caminho...

Imagem:Paul Greenwood/BPI/REX/Shutterstock  

Eleições no América...

Imagem: Elpídio Junior


Ontem à noite, o jornalista Vicente Estevão me ligou em busca do contato do vereador Klaus Araújo, que pelas redes sociais têm afirmada que caso aja consenso em torno de seu nome, poderá concorrer à presidência do América...

Aproveitamos para conversar por alguns minutos, enquanto procurava obter o contato do vereador.

Foi quando Vicente me contou o seguinte: “José Rocha e nem Jussier Santos conhecem ele. Não sabem sequer se é conselheiro ou sócio-propietário do clube”...

Estranho, pois o próprio Klaus divulgou um vídeo informando que tem mantido conversas com pessoas importantes no clube para tentar viabilizar sua candidatura.

Tarde chuva e de gols: Manchester City 6x0 Watford...

Imagem: Nigel French/PA

Globo vence o ABC por 1 a 0 e é finalista do Torneio Estadual de Futebol sub-19...

Imagem: Andrei Torres/ABC FC


Pelas semifinais do torneio estadual de futebol sub-19 do Rio Grande do Norte, o Globo venceu o ABC por 1 a 0, em partida disputada no estádio Barretão, gol marcado por Jussier...

A primeira partida terminou 0 a 0.

Com esse resultado, a equipe de Ceará-Mirim é finalista da competição...

O adversário do Globo será definido amanhã (21), quando América e Santa Cruz se enfrentam no Arena Das Dunas.

O América leva vantagem por ter vencido o primeiro confronto por 1 a 0...

O Santa Cruz precisa vencer por dois gols para ir à final.

Os dias andam difíceis para o alvinegro...

Alijado da final o clube deixa escapar a vaga para a Copa São Paulo de Juniores e perde prestígio.

Vardy, respondendo provocações...

Imagem: Nigel Roddis/Getty Images

Morre Jake La Motta, 'O Touro Indomável'.

Imagem: AP


Morre Jake LaMotta, o boxeador que inspirou ‘Touro Indomável’

O famoso pugilista tinha 95 anos. Robert DeNiro interpretou o boxeador no filme de Martin Scorsese

Joan Faus de Washington para o El País

Jake LaMotta (na foto à direita), o famoso boxeador interpretado por Robert De Niro no filme de Martin Scorsese Touro Indomável, morreu nesta quarta-feira, aos 95 anos.

LaMotta faleceu em decorrência de complicações por pneumonia em um hospital de Miami, segundo comunicado da família.

LaMotta será lembrado por sua personalidade irreverente e por sua fúria dentro e fora do ringue.

Viveu uma vida agitada: com uma infância em Nova York na qual seu pai abusava de sua mãe, aprendeu a golpear em um reformatório; alcançou o estrelato como boxeador nos anos quarenta e, posteriormente, enfrentou problemas econômicos e pessoais depois de pendurar as luvas e se dedicar a diversos negócios e à atuação.

Tinha um espírito incansável: “Golpear, golpear, golpear, nunca se render, receber todo o castigo que conseguisse suportar, bater, bater e bater”, descreveu em sua autobiografia, em 1970.

Scorsese fez de LaMotta um ícone cultural com seu filme baseado nas memórias do boxeador.

Touro Indomável estreou em 1980 e recebeu oito indicações ao Oscar, incluindo melhor filme e direção.

De Niro recebeu a estatueta de melhor ator, e o filme também levou o prêmio de melhor montagem.

O personagem real e o ator, que engordou 22 quilos durante a preparação, boxearam durante mais de mil rounds antes da filmagem.

LaMotta nasceu em 10 de julho de 1921 no Lower East Side, Manhattan, e se criou no bairro do Bronx.

Filho de imigrantes italianos, ele se chamava, na realidade, Giacobbe.

Depois de passar por um reformatório, aos 19 anos se tornou boxeador profissional.

Em sua carreira, entre 1941 e 1954, teve 83 vitórias, 19 derrotas (uma delas combinada, como ele mesmo reconheceu depois) e quatro empates.

Em suas 106 lutas, só foi nocauteado duas vezes.

Ganhou os apelidos de Toro do Bronx e Toro Selvagem por causa de sua resistência e seu estilo agressivo.

Alguns de seus combates foram antológicos, com golpes impossíveis no último instante, em um momento em que o boxe provocava grandes paixões.

Em 1949 conquistou o título de campeão mundial de pesos médios ao derrotar o francês Marcel Cerdan em um combate em Detroit, depois que ele teve de parar após o décimo round.

A principal rivalidade de sua carreira foi com Sugar Ray Robinson: enfrentaram-se seis vezes no quadrilátero e LaMotta só venceu uma delas, na primeira derrota da carreira de Robinson.

Em 1951, LaMotta perdeu o trono de campeão mundial em um duríssimo combate com Robinson, batizado de Massacre de San Valentin.

A luta acabou suspensa depois que LaMotta resistia suportando uma infinidade de golpes e se agarrava às cordas para não cair no chão.

O boxeador, que se casou várias vezes, deixa quatro filhas.

Seus dois filhos faleceram em 1998.

Depois de abandonar o ringue, teve uma discoteca em Miami, gravou anúncios, trabalhou em uma casa noturna nudista em Nova York e apareceu em vários filmes.

Os problemas o perseguiram.

Depois de afirmar ter ganho um milhão de dólares como boxeador, arruinou-se com rapidez.

Em 1957, esteve seis meses preso por incentivar uma menor a se prostituir.

Mas o filme de Scorsese o ajudou a blindar sua fama.

quarta-feira, setembro 20, 2017

Escalada... Andy Carrol e Gareth Barry.

Imagem: Simon Stacpoole/Offside 

Neymar: o pobre menino riquíssimo...

Imagem: Autor Desconhecido


Neymar entrará para a história como um fora de série com a bola nos pés...

Entretanto, o homem, ficará marcado como um pobre e mimado menino riquíssimo.

Um bobo que imagina que tudo pode...

Alguém que nunca conseguiu compreender o quão grande a vida lhe deu oportunidade de ser.

Renato Gaúcho: 'Com todo o respeito, o que aquele árbitro faz atrás do gol?'

Imagem: Autor Desconhecido

Brasil perde para a Austrália pela terceira vez foi 3 a 2...

Imagem: Tony Feder/Getty Images


Depois de dois meses perdendo para as australianas, talvez a CBF oriente a treinadora Emily Lima a buscar outro adversário...

O placar agregado marca 11 a 4 para a Austrália.

Primeiro foi um 6 a 1, no dia 3 de agosto, no Torneio das Nações, disputado nos Estado Unidos...

Agora, numa mesma semana, perdemos por 2 a 1 e 3 a 2.

É muito, não?

Calma... vou pegar.

Imagem: Nigel Roddis/Getty Images

Como vai funcionar o árbitro de vídeo no Brasil...

Imagem: Autor Desconhecido


Saiba como funcionará o árbitro de vídeo no Brasileiro

Por Rodrigo Mattos, com Pedro Almeida

Após gol de mão de Jô contra o Vasco, a diretoria da CBF decidiu acelerar a implantação do árbitro de vídeo no Brasileiro: a ideia é ter na próxima rodada.

O sistema terá de respeitar o protocolo determinado pela Fifa, único permitido pela International Football Board Association.

É o mesmo que será utilizado pela Conmebol nas semifinais da Libertadores

A CBF vinha protelando a instalação do árbitro de vídeo por economia já que o custo estimado é de R$ 15 milhões por ano.

Por isso, foram feitos testes apenas em dois jogos da final do Campeonato Pernambucano, além de experiências offline.

Mais: a confederação tinha discordâncias com a Fifa sobre a abrangência da atuação do juiz no monitor, mas só poderá usar o sistema da federação internacional.

E a Fifa já estabeleceu uma série de regras básicas para atuação do árbitro de vídeo.

A intenção geral é que sejam poucas revisões em lances capitais, sem parar o jogo inteiro.

Veja nesta série de perguntas como irá funcionar o sistema:

Como funciona?

Um árbitro ou ex-árbitro ficará em frente a um monitor com imagens dos jogos.

O árbitro de campo pode consulta-lo no caso de dúvida ou o juiz à frente da televisão pode interferir se identificar um erro não visto pelo colega no campo.

Eles se falam por intercomunicação.

A decisão final é de quem está em campo.

A CBF ainda vai decidir exatamente em que locais ficarão os juízes à frente do monitor, dependendo da infraestrutura do estádio.

Quando o árbitro poderá atuar?

1) Lances de gol para ver se houve irregularidade em impedimento ou se a bola entrou. Não será possível voltar atrás se for marcado impedimento inexistente porque o lance para.

2) Pênaltis para saber se houve, de fato, a falta na área.

3) Cartões vermelhos para verificar se ocorreram agressões fora do lance não vistas pelo árbitro.

4) Identificação de jogadores em confrontos em massa em campo.

Quais imagens serão usadas?

No caso brasileiro, serão usadas as imagens da Globo, detentora dos direitos do Brasileiro.

A CBF entende que tem de ser utilizadas as mesmas imagens vistas pelo torcedor para não gerar dúvida.

Em Pernambuco, houve testes com produção própria e com imagem da emissora oficial.

Ainda não está descartado o uso de transmissão própria que seria mais cara também.

Fato é que a imagem não terá som.

O sistema brasileiro de árbitro de vídeo já está maduro para ser usado?

Fifa e Conmebol contrataram empresas para implantar o árbitro de vídeo, sendo no caso da federação internacional o Hawk-eye que já era usado em outras competições esportivas.

Ambas fizeram treinamentos com os árbitros que utilizarão o sistema.

No Brasil, foram treinados pela Conmebol três árbitros: Anderson Daronco, Wilton Pereira Sampaio, e Sandro Meira Ricci, além de Péricles Bassols, internamente.

Não foi contratada nenhuma empresa pela CBF para controlar o sistema, pois não havia previsão de implantação.

A entidade vai se basear no que pegou com a Conmebol, e vai treinar de forma intensiva outros 11 árbitros, em um total de 14.

Há um problema de usar no meio do campeonato?

A CBF já tinha previsto em seu regulamento de competições de 2017 que poderia implantar o sistema de árbitro de vídeo durante qualquer das suas competições, independente da fase.

Está no artigo 77.

Ou seja, tem respaldo jurídico.

O regulamento, inclusive, prevê que não é necessário fazer em todas as partidas, podendo a confederação utilizar só em algumas.

A própria comissão de arbitragem admite que pode ter o árbitro de vídeo em alguns jogos e outros, não, dependendo da infraestrutura.

A Conmebol também decidiu pelo uso do árbitro de vídeo no meio da Libertadores, a partir das semifinais.

O sistema de árbitro de vídeo já tem regras definitivas?

A International Board ainda não decidiu as regras definitivas do árbitro de vídeo que está em aprimoramento.

Há um protocolo provisório feito pela Fifa que tem de ser usado em todos os países.

A expectativa é de que o padrão ganhe contornos definitivos no final do ano, ou início de 2018, para chegar à Copa da Rússia consolidado.

Oremos...

Imagem: Glyn Kirk/AFP/Getty Images

Idiotas germânicos "atacam" torcedores adversários...

Imagem: Martin Rose/Getty Images


Ultras, ou hooligans, como queiram, ligados a equipe do Holstein Kiel, durante o aquecimento, 20 minutos antes do início da partida, contra o St.Pauli, pela Bundesliga 2, nesta terça-feira, protagonizaram um deprimente espetáculo...

Cerca de 25 ou 30 deles, invadiram o campo e partiram em direção à torcida do St. Pauli, localizada na outra extremidade do campo, onde um deles arremessou um objeto pirotécnico em direção à arquibancada.

Durante a ação dos vândalos, jogadores do St.Pauli intervieram e acabaram ajudando a segurança a deter alguns dos invasores...

Acalmada a situação, a partida teve início e ao final, o St.Pauli derrotou o Holstein Kiel por 1 a 0.


terça-feira, setembro 19, 2017

Bem lá no alto...

Imagem: Henry Browne/Action Images

Série C: O CSA vence o Tombense em Minas Gerais por 2 a 0 e fica bem perto da Série B de 2018...



Na Série C, mais um nordestino se deu bem...

O CSA venceu em Tombos, Minas Gerais, a equipe do Tombense por 2 a 0.

Com esse resultado, os alagoanos decidem em Maceió o acesso a Série B de 2018 com uma vantagem enorme...

Só perdem a vaga se forem derrotados por um placar acima de 3 gols ou se o jogo terminar 2 a 0 para os mineiros e nos pênaltis a rapaziada do CSA estiver com a pontaria descalibrada.

Engavetamento na área do Everton...

Imagem: Philip Oldham/BPI/REX/Shutterstock

A Inauguração do Estádio do Atlético de Madrid: o Wanda Metropolitano...

Antoine Griezmann comemora o primeiro gol marcado na inauguração do Estádio Wanda Metropolitano do Atlético de Madrid...

Imagem: Anadolu Agency/Getty Images

Ministro do STF suspende dispositivos do Estatuto do Torcedor...

Imagem: Sergio Lima


O Ministro Alexandre Moraes do STF ao conceder liminar suspendendo dispositivos do Estatuto do Torcedor que puniam os clubes inadimplentes que aderiram ao Profut até com rebaixamento de divisão, desmoralizou a lei que rege o esporte e se rendeu aos irresponsáveis que gerem o futebol brasileiro...

Moraes alegou que os dispositivos por ele suspensos ferem a autonomia das entidades esportivas.

No entanto, o jornalista Juca Kfouri, em seu blog, lembrou o seguinte:

“Em 2012, por decisão unânime do próprio STF, com os votos então da ministra Carmem Lúcia, atual presidente do tribunal, do decano Celso de Mello, de Dias Toffoli, Gilmar Mendes, Luiz Fux, Marco Aurélio Mello, ficou estabelecido que autonomia não significa soberania e que as entidades esportivas deveriam se submeter ao Estatuto do Torcedor”.

A caso a liminar concedida pelo ministro nesta segunda-feira for julgada procedente pelo plenário do SFT, Alexandre Moraes e os demais ministros irão institucionalizar o calote...

A frase “devo, não nego, mas, pagarei se quiser”, será o mantra de todos os presidentes dos clubes de futebol do Brasil.

CBF vai usar árbitro de vídeo sem treinar ninguém...

Imagem: Autor Desconhecido


A CBF como sempre, mesmo quando tentar acertar, erra...

Pressionada pelo gol marcado por Jô, atacante do Corinthians, que usou o braço para empurrar a bola para dentro do gol do Vasco na partida realizada neste fim de semana, resolveu antecipar para a próxima rodada a utilização do árbitro de vídeo, que disse, só implantaria o ano que vem.

A decisão açodada tem tudo para dar errado...

Sem que os envolvidos recebam nenhum treinamento prévio, o risco de desmoralização da tecnologia que será usada é imenso.

Mas, a CBF liga?

Claro que não.

Alongamento...

Imagem: Michael Regan/Getty Images

Wayne Rooney é condenado a 100 horas de trabalho comunitário e 2 anos sem carteira de motorista...

Imagem: The Independent


Rooney condenado a 100 horas de trabalho comunitário e 2 anos sem carteira de motorista...

O Everton, seu clube, o multou em duas semanas de salário, o que vai lhe causar um prejuízo de £ 300,000.

A condenação é por embriaguez ao volante...

Wayne Rooney se declarou culpado.

Diante do juiz disse ter cometido um “erro terrível”...

 O bafômetro, que registrou que o ex-capitão da seleção inglesa havia ingerido álcool quase três vezes acima do limite permitido.


segunda-feira, setembro 18, 2017

A trave acabou levando a culpa...

Imagem: Laurence Griffiths/Getty Images

Bulls Potiguares: Uma chance para o futebol americano.

Bulls Potiguares: Uma chance ao futebol americano

Por Ana Clara Dantas

Um homem corre disparado numa grama verdinha.

O trajeto é mais difícil do que sugere a cena.

E todos esses que aí estão atravancando o seu caminho?

Passarão?

Talvez.

São muitos homens ocupando o gramado.

Homens grandes e pesados.

Correm.

Tentam chegar a um destino.

Esbarram uns nos outros.

Há muitos homens no caminho.

Estamos num estádio de futebol, mas não se grita gol, América, ABC, ou o que quer que seja.

Grita-se Bulls apenas.

Veste-se verde.

As linhas marcam jardas.

E homens são derrubados na grama igualmente verde.

A bola oval aponta pro adversário como uma lança.

Os homens vestem capacetes e ombreiras.

Estamos num jogo de futebol americano.

Da arquibancada, dá pra ver a plástica e a tática do futebol americano.

Da arquibancada, não dá pra saber o que pensa o quarterback de perna engessada e muletas à beira do campo e fora do jogo.

Sem seu equipamento, o quarterback é um homem nu.

Preocupado e desarmado.

Ele é um dos Bulls.

E mesmo que seja o quarterback, o cérebro do time, ele é antes de tudo, um dos Bulls.

O placar marca 23 a 3 para os adversários, o Cavalaria 2 de Julho.

O jogo é correria.

Literalmente.

Correr e correr.

Como se só restasse isso a se fazer.

Da arquibancada, a gente se reconhece no campo, marcando territórios, derrubando adversidades e sobretudo correndo.

Há muito tempo que os Bulls correm.

E, ao contrário do que sugere o placar do jogo, eles não parecem cansados.

Um time não se limita a jogar em um estádio de Copa do Mundo ou treinar em pracinhas de bairro.

Um time é também quem o acompanha.

O Bulls é grande.

Como é grande o seu elenco e as pessoas que o cercam.

Ah, provavelmente, o caminho também será grande.

Mas não é difícil.

É só correr!


Imagem: Globoesporte.com

Tombo na curva...

Imagem: Marco Bertorello/AFP/Getty Images 

Confiança perde em casa para o São Bento e a classificação para a Série B fica por fio...

domingo, setembro 17, 2017

Marcelo Resende... 1951/2017.

Imagem: Autor Desconhecido


“O jornalista esportivo é o único que vê o antes, o durante e o depois. Vê treino, jogo e vestiário. Vê se alguém participa da reunião do conselho monetário? Pode até saber o que aconteceu depois, mas durante não. O esporte tem essa vantagem. É impressionante como você acompanha tudo. O esporte foi a minha grande formação”.


Marcelo Resende

"E mais uma vez não deu para o ABC" (Santos Neto, rádio Globo de Natal)...

Parafraseando meu amigo Santos Neto da Rádio Globo...

E mais uma vez não deu para o ABC.

Na verdade, não tinha mesmo como dar...

O ABC, hoje, pode ser tudo, menos um time de futebol.

Não criou, não ameaçou, nem sequer incomodou...

O primeiro e único chute contra o gol do Paysandu, quem deu foi Berguinho aos 21 minutos do segundo tempo.

É de doer, não?

Principalmente quando se sabe que ontem o alvinegro completou a sexta partida sem marcar...

Isso, 540 minutos sem balançar a rede de quem quer que seja, forte ou fraco.

Não precisa ir mais longe não é mesmo?

É chover no molhado...

Sinceramente, com dez pontos separando o ABC, vigésimo colocado, do décimo sexto, só mesmo um milagre daqueles tão gigantescos que seriam preciso dois Guinness Books para registrar o feito.

Se bem que há quem acredite que a rapaziada que chegou ainda possa fazer acontecer...

Respeitemos então.

Próximos adversários...

Figueirense em Florianópolis e Juventude em Natal.


Vamos ali comemorar e já retornamos...

Imagem: Mark Kerton/PA

O Fortaleza venceu o Tupi por 2 a 0... E agora Fortaleza, vai ou não vai?

Apareceu um candidato a presidência do América... Klaus Araújo, vereador.

Imagem: Elpídio Junior


Ontem o vereador Klaus Araújo declarou na Rádio Globo que pode ser candidato à presidência do América, mas não quer embate, quer consenso...

Aliá, virou mantra no América essa história de consenso.

Se não me engano, Beto Santos foi assim, e deu no que deu.

Mas voltemos ao vereador Klaus Araújo...

Seu desejo é legítimo, afinal Klaus se disse membro do conselho e torcedor que acompanha os jogos de seu time há anos.

Sinceramente, espero que o vereador não esteja pensando no América como um trampolim para suas futuras aspirações eleitorais...

Não creio que funcione.

Ou melhor, para que funcione, o time tem que vencer tudo e todos até que último eleitor deixe a fila de votação, pois se acontecer qualquer derrota ou empate, que afaste qualquer conquista, já era o voto e já era e eleição...

Só para alertar: 

Gustavo Carvalho não serve como exemplo.

Gustavo se fez deputado graças ao abraço que recebeu de Wilma de Faria, recém falecida... 

Depois, costurou acordos e alianças que o mantiveram na Assembleia.

Se dependesse dos votos dos americanos, não sei se Gustavo teria se reelegido...

Penso que não.

Por fim, se alguém soprou no ouvido do vereador que presidir um clube pode ajudar no caixa de campanha, errou...

Aqui no Rio Grande do Norte?

Nessa pindaíba?

Nem pensar.

Aliás, presidente de clube, por aqui, precisa ter caixa, pois é do seu bolso que a grana sai quando nada dá certo...

Se o vereador tiver, ótimo, o América está precisando e muito.

Por fim, seria bom o vereador pensar sobre seus conhecimentos a respeito de como a banda toca no mundo da bola...

Se quem sabe já se enrola e costuma ser enrolado, imagina quem vai desembarcar nesse mundo complexo e escorregadio, sem saber se vai virar à direita, à esquerda ou se segue em frente.

Afastando a bola e o adversário...

Imagem: Matt McNulty/JMP/REX/Shutterstock

Sampaio Correa derrota o Volta Redonda no Rio de Janeiro e está pertinho da Série B em 2018...

Só restou acompanhar a trajetória...

Imagem: Sandra Mailer/Rex/Shutterstock

“Manual de Licenciamento” da CBF...

Imagem: Autor Desconhecido


A CBF lançou um “Manual de Licenciamento”, que os clubes, se quiserem permanecer filiados à entidade, terão que cumprir já em 2018...

Lendo o documento com calma, percebe-se que as mudanças nele inseridas, se seguidas à risca, vão causar um impacto gigantesco nas equipes norte-rio-grandenses.

Vejamos:

O documento obriga aos clubes a seguir algumas regras...

Dentre elas, enviar detalhes de suas finanças.

Nas bases, por exemplo, vai haver necessidade de discriminar toda a estrutura...

Detalhes dos profissionais e dos atletas deverão ser enviados – no caso de treinadores, precisarão completar curso de preparação na CBF.

A documentação dos responsáveis pela equipe principal (mais currículo completo) também deverá ser enviada à CBF, incluindo o diretor de futebol.

Do mesmo modo que o PROFUT, a CBF vai exigir a manutenção de equipe feminina disputando competições es estaduais e nacionais.

Os clubes não poderão mais treinar em seus estádios...

Quem não possuir um CT, terá que construir ou locar.

As informações contábeis, com padronização estabelecida pela CBF, além de previsão orçamentária, terão que ser enviadas, anualmente.

Os estádios de futebol, a partir do documento, deverão seguir a seguinte regulamentação:

I. Gramados e iluminação:

todos os estádios indicados pelos clubes da Série A deverão contar com a certificação anual junto ao Programa Gramados, conduzido pela CBF. Em relação aos sistemas de iluminação, os estádios deverão adotar como referência mínima os seguintes parâmetros: (i) em 2019, nível mínimo de 800 lux na horizontal com uniformidade 0,6; (ii) em 2020, nível mínimo de 1600 lux; e (iii) em 2021, nível mínimo de 2500 lux. Os demais critérios de medição (como, por exemplo, o nível vertical ideal e a uniformidade vertical recomendada), bem como o modelo de validação dos valores a serem apresentados à CBF serão posteriormente detalhados no Caderno de Melhores Práticas.

II. Bancos de reservas:

os bancos de reservas deverão contar com vinte e três assentos, dispostos com cobertura, para os jogadores e equipe técnica. A partir da temporada de 2019, todos os bancos de reserva deverão estar localizados na faixa lateral, de maneira próxima ao centro do campo de jogo. Os critérios de localização e o modelo de validação das soluções a serem apresentadas à CBF serão posteriormente detalhados no Caderno de Melhores Práticas.

III. Banco para o delegado da partida:

os clubes deverão providenciar, pelo menos, uma mesa e três assentos, dispostos com cobertura, localizados em posição central ao campo de jogo, para uso por parte do delegado da partida e sua respectiva equipe.

IV. Banco para a equipe antidoping:

os clubes deverão providenciar, pelo menos, três assentos, localizados em posição próxima ao gramado, para uso por parte da equipe antidoping.

V. Vestiários das equipes mandante e visitante:

os vestiários das equipes deverão atender minimamente aos seguintes requisitos: os dois vestiários deverão ter as mesmas dimensões (área mínima sugerida de 120m2), incluindo área úmida, contar com armários próprios para, ao menos, vinte e três atletas, oito a dez pontos de chuveiro, vasos, pias, ao menos quatro tomadas de energia, ar condicionado e iluminação funcionando, pelo menos uma maca de massagem e uma máquina de gelo em cada vestiário. O túnel de acesso ao gramado deve estar seco, sem infiltrações, com piso emborrachado antiderrapante e escadas uniformes. O acesso ao vestiário e gramado deve se dar sem contato com a torcida.

VI. Vestiários para a equipe de arbitragem:

os vestiários da arbitragem deverão contar minimamente com os seguintes itens: quatro armários e cadeiras, uma geladeira ou frigobar, ar condicionado e iluminação funcionando. Deverá ser assegurada área reservada e com a devida privacidade para a arbitragem feminina. O acesso ao gramado deve se dar sem contato com a torcida. No estacionamento interno do estádio deve haver vaga exclusiva destinada à arbitragem.

VII. Sala antidopings:

a sala para realização de exames antidoping deve ser instalada em área próxima ao campo de jogo, sem contato com a torcida. A sala deverá conter minimamente os seguintes itens: sala de espera com mesa e cadeiras, uma geladeira ou frigobar, vaso sanitário e chuveiro, tomadas e iluminação de emergência, ar condicionado e iluminação funcionando. No estacionamento interno do estádio deve haver vaga exclusiva destinada à equipe antidoping.

VIII. Placar eletrônico e sistema de som:

os estádios devem manter placar eletrônico e sistema de som em perfeito funcionamento, para comunicação sobre o público presente e a renda das partidas de forma clara e visível. Poderão ser utilizados equipamentos próprios ou alugados, mas as instalações devem ser definitivas.

IX. Setor para a torcida visitante:

os estádios devem contar com sanitários em quantidade suficiente para atender exclusivamente à torcida visitante presente às partidas, com uma bilheteria exclusiva e bares e lanchonetes para atendimento do setor funcionando em conformidade com a licença expedida pela Vigilância Sanitária.

X. Catracas:

os estádios devem manter suas catracas integradas à sistema de contagem eletrônica em tempo real, em perfeito funcionamento durante a realização das partidas.

XI. Bares e lanchonetes:

os estádios devem contar ao menos com um bar ou lanchonete em cada um dos seus setores, todos eles funcionando em conformidade com a licença expedida pela Vigilância Sanitária. O atendimento e o número de unidades de bares e lanchonetes devem ser planejados de maneira independente para cada setor.

XII. Imprensa, rádios e cabines de televisão:

os estádios devem prover bancada para a imprensa ou postos de trabalho para os profissionais do rádio, sendo ao menos duas posições de trabalho para cada veículo, bem como, no mínimo, três cabines de televisão com capacidade para três pessoas em cada, devidamente provida de ar condicionado, iluminação e tomadas de energia em perfeito funcionamento.

XIII. Circuito Fechado de TV – CFTV ou CCTV:

os estádios devem manter seus sistemas de circuito fechado de TV em funcionamento, permitindo a gravação e impressão de fotos conectados a monitores coloridos na sala de controle, em todos os dias de partidas, fazendo uso de equipamentos próprios, incluindo a cobertura de áreas externas (fachadas), acessos (catracas), corredores de circulação interna e arquibancadas.

XIV. Gerador de emergência:

os estádios devem contar com sistema de gerador de emergência, próprio ou alugado, em todas as partidas, a fim de dar continuidade ao jogo e assegurar o funcionamento das instalações na ausência de energia. O sistema de gerador deverá fornecer a energia total necessária para o sistema de iluminação do campo e de emergência (circuitos de vigilância, bombas hidráulicas etc.).

XV. Sinalização interna e externa:

os estádios devem utilizar sinalização atualizada e em perfeito estado de conservação, com material resistente às intempéries, a fim de informar adequadamente sobre todos os setores dos estádios, incluindo, exemplificativamente, a localização dos assentos (setores, blocos e fileiras), acessos a portões, bilheterias, fluxos de público (local e visitante), sanitários, bares, áreas médicas, saídas de emergência etc.

Clique no link a seguir para ter acesso à Integra do Manual de Licenciamento da CBF (34 páginas) com todas as sugestões, obrigatoriedades e determinações:

Fonte: Blog do Paulinho e CBF

sábado, setembro 16, 2017

O Carrossel da Holanda em 1974...

Imagem: Bob Thomas/Getty Images 

Paysandu, o adversário do ABC daqui a pouco...

Imagem: Autor Desconhecido


Conhecendo o Paysandu...

Por Gabriel Leme

Em meio a uma crise sem fim, o ABC vai até Belém enfrentar o Paysandu.

O primeiro turno favoreceu o Mais Querido.

Vitória por 2 a 1 no Frasqueirão.

Naquela partida, o técnico do rival era Marcelo Chamusca e Dalberto e Echeverría estavam voando.

Não aconteceram mudanças absurdas no clube de Belém.

Marquinhos Santos agora é o técnico e não abriu mão do esquema antigo de jogo.

Geralmente é utilizado um 4-4-2 para jogos fora de casa e o 4-3-3 em casa, ainda mais com a sequência de jogos ruins que o Papão da Curuzu vem fazendo.

São 3 jogos sem vencer.

Por isso a ideia de um time ofensivo é muito bem pensada para o jogo contra o ABC.

As bolas paradas e as finalizações são os pontos fracos do Esquadrão de aço.

Foram pontos muito treinados pelo comandante da equipe.

Bergson, Rodrigo Andrade e Magno são as apostas para esse jogo.

O Paysandu precisa afastar a possibilidade de entrar na zona de rebaixamento e caso vença, pode subir uma posição na tabela e chegar a décima terceira colocação.

Já uma nova derrota do ABC, deixa o clube de Natal praticamente rebaixado.

Com a vitória do Santa Cruz sobre o Goiás, ontem à noite, a diferença para o Luverdense, primeiro clube fora do Z4, é de 10 pontos.

Jermain Defoe...

Imagem: Peter Nicholls/Reuters

Tite em 13 meses convocou 60 jogadores...

Imagem: Autor Desconhecido


Segundo o jornalista do Blog Futebol em Números, o treinador da seleção brasileira, Tite, com Arthur, Tardelli e Fred, chegou a 60 convocados em 13 meses...

Abaixo, a lista de todos os convocados por Tite e o número de convocações de cada um:

Goleiros (8)
Alisson (6), Weverton (6), Ederson (4), Alex Muralha (3), Cássio (2), Diego Alves (1), Marcelo Grohe (1) e Danilo Fernandes (1)

Laterais direitos (6)
Fágner (7), Daniel Alves (6), Danilo (2), Rafinha (2), Marcos Rocha (1) e Mariano (1)

Zagueiros (10)
Marquinhos (6), Miranda (6), Thiago Silva (6), Gil (5), Rodrigo Caio (5), Jemerson (3), David Luiz (1), Geromel (1), Luan (1) e Victor Hugo (1)

Laterais esquerdos (6)
Filipe Luís (7), Marcelo (6), Alex Sandro (2), Fábio Santos (1), Jorge (1) e Wendell (1)

Volantes (8)
Paulinho (7), Casemiro (6), Fernandinho (6), Rafael Carioca (2), Henrique (1), Walace (1), Willian Arão (1) e Arthur (1)

Meias (11)
Renato Augusto (7), Phillipe Coutinho (7), Willian (7), Giuliano (6), Lucas Lima (5), Diego (3), Rodriguinho (2), Oscar (1), Gustavo Scarpa (1), Camilo (1) e Fred (1)

Atacantes (11)
Gabriel Jesus (6), Neymar (6), Douglas Costa (5), Roberto Firmino (5), Taison (4), Diego Souza (3), Gabriel (1), Dudu (1), Robinho (1), Luan (1) e Diego Tardelli (1)

Alexis Sanchez..

Imagem: Mark Kerton/Action Plus via Getty Images

São Paulo é a sede da Copa dos Refugiados...

Imagem: Scoopnest


Cidade de São Paulo recebe quarta edição da Copa dos Refugiados

Evento reúne 240 imigrantes, de 16 países, com jogos a partir deste sábado

Por Redação do Maquina do Esporte

A quarta edição da Copa dos Refugiados começou nesta sexta-feira (15), com a abertura oficial no Museu do Futebol, localizado no Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

O evento tem apoio da Prefeitura e da Secretaria de Esportes de São Paulo, do Alto Comissariado das Nações Unidas, da Cruz Vermelha Internacional, do Sesc e das empresas Netshoes e Sodexo.

A organização é da ONG África do Coração.

Ao todo, são 240 imigrantes que representam 16 países (Angola, Benin, Camarões, Colômbia, Gâmbia, Gana, Guiné-Bissau, Guiné-Conacri, Iraque, Máli, Marrocos, Nigéria, República Democrática do Congo, Síria, Tanzânia e Togo).

O objetivo é promover a união entre os povos e aproximar o paulistano da cultura dos novos imigrantes.

"Recebemos os refugiados de braços abertos. Sempre foi assim. Somos uma cidade construída por imigrantes de todo o mundo. Esse evento, que já se consolidou no calendário da cidade, reforça essa ideia, mostra a importância de valorizar várias culturas e ajuda a quebrar muitas barreiras e preconceitos que possam existir dentro da nossa sociedade", disse o vereador Caio Miranda Carneiro (PSB).

“O futebol é uma linguagem universal que une as raças, os políticos e as religiões. É uma das coisas que leva sentimentos bons ao coração humano”, afirmou o coordenador da Copa dos Refugiados e da ONG África do Coração, o sírio Abdulbaset Jarour, que deixou claro que o evento é uma oportunidade para unir refugiados e imigrantes, e superar o preconceito, a ignorância e a xenofobia.

A competição terá jogos neste sábado (16) no CERET, das 10h às 17h; no domingo (17) no Estádio Municipal do Parque da Aclimação, também das 10h às 17h; e no outro domingo (24), no Estádio do Pacaembu, quando serão disputadas as finais, das 14h às 17h.

A entrada em qualquer um dos dias e locais é gratuita.

Último momento...

Imagem: Jane Barlow/PA 

O Grupo H é o mais valioso da Champions League...

Imagem: UEFA


O site Transmarkt realizou um estudo sobre o valor de mercado das 32 equipes que disputam a Champions League, em sua fase de grupos na temporada 2017/2018...

O Grupo H (Real Madrid, Borussia Dortmund, Tottenham e Apoel) é o mais valioso, com quase 1 bilhão e meio de euros.

 O Real Madrid como o time mais caro...

Vale quase 670 milhões de euros.

Em segundo lugar está o Grupo D (Juventus, Barcelona, Olympiacos e Sporting), com um pouco mais de 1 bilhão e 330 milhões de euros...

No terceiro posto está Grupo C (Chelsea, Atlético de Madrid, Roma e Qarabag), com cerca de 1 bilhão e 320 milhões de euros...

O grupo de menor valor de mercado é o Grupo (Mônaco, Porto, Besiktas e Red Bull Leipzig).

O valor é de 670 milhões euros, valor igual ao do Real Madrid.