quinta-feira, maio 28, 2015

Uma imagem que vale por todas as palavras... I'm Surrender!!!

Imagem: The Atlantic

Roberto Vital recebe mensagem de apoio do treinador Artur Neto...

Mensagem do técnico de futebol Artur Neto para os amigos de Natal.

O próprio Artur fez questão de enviar para grupos pois estão a questionar a competência profissional de Dr. Roberto Vital.

Segue a mensagem

Querido amigo,

Fui informado há pouco, por amigos comuns, do que aconteceu com você.

Quero lhe prestar total solidariedade, pois tive a honra e o prazer de trabalharmos juntos nas duas passagens que tive pelo ABC.

Pela longa experiência que adquiri na minha carreira, posso me dar ao direito de lhe assegurar, que o Sr. faz parte da minha humilde lista dos ótimos médicos que me foi dado a oportunidade de dividir e compartilhar o trabalho de campo.

Sei que o futebol e muito prazeroso, mas ao mesmo tempo ingrato e de pouca memória.

Mas fique certo querido amigo, que ninguém conseguirá apagar, e muito menos manchar, o que o Sr. fez durante 28 anos pelo ABC FC.

Infelizmente quem saiu perdendo com essa Atitude Desastrosa foi o clube e seus profissionais, pois ficarão privados da sua Competência e Integridade.

Conte sempre com meu Respeito.

Forte abraço...do seu amigo e admirador.

Artur Neto.

Fora de combate...

Imagem: World Soccer

Algumas coisas que nesse momento devem ser motivo de reflexão...

- Ter prestígio junto a cúpula da CBF e se dizer amigo íntimo da nomenclatura da entidade, é motivo de orgulho, preocupação ou vergonha?

- O Brasil tem solução?

Primeiro o mensalão, depois o petrolão e agora, o cartolão.

- A SporTV e a ESPN abriram espaço para falar do escândalo da FIFA, desde a às 7 horas da manhã de ontem...

A Fox Sports, somente às 13 horas divulgou a nota oficial da CBF sobre a prisão de José Maria Marin.

- Você descobre quem está tentando ou não, manipular as notícias sobre o escândalo da FIFA, aliviando a barra da CBF, quando a notícia é divulgada da seguinte maneira:

“Preso na Suíça o ex-presidente da CBF José Maria Marin”...

Marin, é o vice-presidente da entidade...

Sacaram?

- Marco Polo Del Nero tenta tirar o braço da seringa e minimizar a participação de José Maria Marin, divulgando a versão de que todos os contratos foram assinados na gestão de Ricardo Teixeira e que Marin, apenas deu continuidade...

Bem, quem surrupia uma medalha...

Depois dos 7 gols da Alemanha, agora, tomamos um golaço do FBI...


Qual a razão da caras feia do Agüero?

Imagem: The Guardian

A casa caiu... E agora Joseph, como explicar?

Imagem: Reuters/Arnd Wiegmann


Tudo começou com um escocês, Andrew Jennings, com seu livro “Jogo Sujo”. E, por ocasião da Copa no Brasil, continuou com o segundo da série, “Um Jogo cada vez mais sujo – o padrão FIFA de fazer negócios e manter tudo em silêncio”.


Passou pelo FBI, que investiga as tramoias desde 2010, chegou ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos e terminou na discreta, mas eficaz ação da polícia suíça.

Rafael Esquivel, Nicolas Leoz, Jeffrey Webb, Jack Warner, Eduardo Li, Eugenio Figueredo e José María Marin, os investigados... Bons rapazes, ótimos velinhos.

Imagem: AFP/DSK

Em 2001, a CPI da CBF/NIKE não deu em nada...

“O trabalho mostra como o futebol vem sendo usado para a promoção de grandes negócios. São milhões de dólares que rolam em contratos obscuros e desaparecem. Quanto maior o contrato, mais endividados ficam a CBF, as federações e os clubes, enquanto fortunas privadas formam-se rapidamente, administradas em paraísos fiscais de ondem brotam mansões, iates, e se alimenta o poder de cooptação e de corrupção”.

(Do relatório da CPI da CBF Nike/2001)

14 anos depois, o FBI, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos e a Polícia da Suíça, fizeram o que aqui se negaram a fazer.

quarta-feira, maio 27, 2015

Santos Neto me representa! Santos Neto, honra a todos os radialistas e profissionais de imprensa comprometidos apenas com a informação.

Imagem: Fernando Amaral

O nome disso é respeito...

Imagem: World Soccer

Roberto Vital - Parte 1...

Minimizar a atitude da equipe médica do ABC que se deligou do clube após a demissão do médico Roberto Vital, como um ato burocrático e de simplória lealdade ao demitido, é desconhecer o que significa as entrelinhas de uma Carta Aberta a Sociedade...

Irrestrita solidariedade, é algo muito forte.

Os médicos ortopedistas, Fábio Ferreira Freire, Rodrigo Bezerra Braga, Marcus Vinicius Freira e os acadêmicos de medicina, Francisco Cabral Neto, Hebert Varela, Franco Márcio Rodrigues, Fernando Delgado, Gabriel Macedo e Marcos Montenegro, não assinaram um documento qualquer, escreveram um documento que irá ecoar na história.

Vamos que vamos...

Imagem: Diário AS/Felipe Sivillano

Roberto Vital - Parte 2...

Meus caros amigos torcedores do ABC, me permitam uma simples pergunta:

Suponhamos que você fosse assistir a um treino do ABC, numa dessas belas tardes de sol claro e, por um descuido, escorrega-se e caísse de um degrau da arquibancada...

Você gostaria de ser socorrido pelo departamento médico ou pela diretoria de futebol?

Baixinho atrevido...

Imagem: EFE/Andre Dalmau

Bye, bye, Luxemburgo...

Além das derrotas

Por Lauro Jardim

Para a coluna Radar On-Line

A lista de irritações da diretoria do Flamengo com Vanderlei Luxemburgo era extensa.

Mas o que esgarçou de vez a corda foi a oposição de Luxemburgo em relação à Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte – além, claro, do desempenho medíocre do time.

Luxemburgo se declarou contra a proposta de o dirigente ser responsabilizado com os próprios bens por desvios ou má gestão.

A medida é defendida com todas as forças pelo Flamengo.

Ao posicionar-se contra um tema tão caro à diretoria, Luxemburgo comprou uma briga grande demais – uma briga que ele só poderia bancar se estivesse vencendo, vencendo e vencendo.

A lista de contrariedade se estendia a uma agenda própria de Luxemburgo que, de acordo com a cúpula, se manifestava sobre temas que não eram de sua alçada (como e Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte) e dava entrevistas sem combinar nada com o clube.

Irritava também o que um dirigente do Flamengo classifica de “estilo Luxemburgo” de justificar os resultados:

- Ele sempre se colocava na seguinte posição: eu ganho, nós empatamos e eles perdem.

Os dirigentes do Flamengo não negam, porém, que o que o derrubou mesmo foram os resultados em campo.

Se o time estivesse vencendo, teriam que aturar Luxemburgo como ele é. 

Com desempenhos pífios da equipe, certas características do técnico ficaram insuportáveis.

terça-feira, maio 26, 2015

A foto da direção do ABC na coletiva, não me deu a impressão de alegria ou satisfação...

Imagem: Assessoria de Imprensa do ABC FC

ABC FC: horas tensas...

- Conversei com uma pessoa sobre a suposta briga no vestiário do ABC após a partida contra o Luverdense...

Não foi nenhum diretor ou assessor, foi alguém em quem confio e sei que não seria capaz de mentir, e, o que ouvi foi o seguinte:

“Não houve nada... o que houve foi uma discussão na qual vozes se alteraram, mas não passou disso, “

Para mim, assunto encerrado, antes mesmo de ter começado.

- Sobre a demissão do Dr. Vital, médico do ABC, ainda não tenho subsídios suficiente para opinar...

Na verdade, nunca os terei...

A direção do ABC contou sua versão...

Vital contou a dele...

Minha tendência é acreditar na versão do Vital...

31 anos, não são 31 horas.

- Em relação as outras mudanças, nada tenho a declarar...

É um problema interno do clube...

Não tenho intimidade com as coisas do ABC, não tenho intimidade com dirigentes, não telefono para eles e eles não telefonam para mim...

Portanto, o máximo que posso dizer é que espero que saibam o que estão fazendo e que tenham sucesso, pois se fracassarem, quem naufraga é o ABC.

Nós estamos felizes...

Imagem: EFE/Andre Dalmau

O Náutico fatura em cima da fama do Flamengo...

Jogar contra o Flamengo, financeiramente é um grande negócio, gostem ou não...
O Náutico sabe disso e, a partida contra o rubro negro carioca pela Copa do Brasil, amanhã, já deu retorno ao Náutico...

O clube pernambucano, fechou três contratos de patrocínio para o confronto.

Loteou seu uniforme com patrocínios da Sherwin-Williams, da Óticas Diniz e da Rafarillo Calçados, apenas essa partida...


O acordo foi intermediado pela Wolff Sports, de São Paulo.

Sou o cara ou não sou?

Imagem: The Guardian

O São Paulo corre atrás do seu Pão de Açúcar...

O São Paulo tenta atrair para um acordo com o seu torcedor mais rico para tentar melhorar as finanças do clube – só com bancos sua dívida é de cerca de 150 milhões de reais.

O presidente Carlos Miguel Aidar, quer por quer, trazer para a direção o fanático (e bilionário) são paulino para ajudar a gerir as finanças do clube.


Abílio, já disse que topa, mas só se ganhar poderes de interferir no departamento de futebol.

Não veremos dupla assim por muitos e muitos anos...

Imagem: Autores Desconhecidos

Informação rápida...

- Em 2013, o Flamengo, registrou 500 ações trabalhistas de ex-atletas...

- 1,43 bilhões de reais faturou o Manchester City na temporada 2013/2014...

- A Record está flertando com a Federação Paulista de Futebol...

O objeto do desejo é a transmissão do Campeonato Paulista de 2016.


A Globo, dona dos direitos, pela primeira vez está ameaçada.

segunda-feira, maio 25, 2015

Barcelona FC: uniforme para a temporada 2015/2016...

Imagem: FC Barcelona

Série C: América vence o Icasa pro 2 a 1 e é o vice-líder...

O América venceu o Icasa porquê tem um elenco melhor...

Na verdade, ontem, Cascata, Thiago Potiguar e Max resolveram a questão, mesmo sem o time apresentar seu melhor futebol.

Cascata, em jogos como o de ontem, é perfeito...

Não é marcador, então, quando o adversário não exige, ele reina...

Com a bola nos pés, dá ritmo, descobre espaços e chuta com precisão, caso não encontre alguém melhor posicionado...

Ainda é a cabeça pensante do América.

Max, marcou um gol e perdeu dois, mas foi útil, muito útil e, Thiago Potiguar, fechou o placar.

Porém, confesso que ainda não senti firmeza...

Não vejo brilho, apesar de não poder negar que existe empenho.

A Série C, é complicada...

Não permite descuidos, soberba e certezas.

Cada ponto perdido é preocupante, pois permitir o distanciamento de quem ocupa as quatro primeiras colocações é praticamente assinar a permanência por mais um ano no atoleiro...

Cada jogo fora de casa está sujeito a todo tipo de surpresa...

Principalmente as que vem dos escorregadios bastidores.

Acredito que o América esteja entre os quatro classificados do seu grupo, mas o que espero, é que a meta seja alcançada com o mínimo de sofrimento possível.

Pé salvador...

Imagem: AFP/Lluis Gene

Morre em campo mais um jogador argentino... Cristian Gómez, do Atlético Paraná.



Ontem, mais uma tragédia se abateu sobre o futebol argentino... 

Morreu Cristian Gómez, jogador do Atlético Paraná, durante a partida disputada contra o Boca Unido, pela Primeira B Nacional – Segunda Divisão... 

Cristian Gómez, de 27 anos, desmaiou no gramado e apesar do esforço do médico do Atlético Paraná, que ainda conseguiu reanima-lo, faleceu na ambulância a caminho do hospital. 

Há dez dias, Emanuel Ortega, de 21 anos, morreu, depois de bater com a cabeça no muro de fixação do alambrado, durante a partida de sua equipe, o San Martin de Burzaco, contra o Juventud Unida, pela quarta divisão local.

Estreia ao 16 anos... Odegaard, Real Madrid.

Imagem: EFE/Ballesteros

Copa de 2022 no Catar... FIFA sob pressão.

Estima-se que 4000 trabalhadores da construção civil tenham morrido no Qatar...

Esses trabalhadores são os que estão construindo a infraestrutura para a Copa do Mundo de 2022.

Segundo denúncias de jornais europeus e organismos não governamentais, os operários, imigrantes em geral de países pobres da Ásia, como Nepal, Bangladesh e Coreia do Norte, não recebem por parte das autoridades catarianas condições dignas de trabalho, nenhum direito trabalhista e seus passaportes ficam retidos pelas autoridades do país...

Diante desse fatos, Visa, Adidas e Coca-Cola, três dos principais patrocinadores da FIFA se pronunciaram a respeito.

O cartão de crédito Visa foi o mais contundente...

“Continuamos incomodados com os relatórios que saem sobre o Qatar relacionados à Copa do Mundo e as condições dos trabalhadores imigrantes. Expressamos nossa profunda preocupação para a Fifa e pedimos que ela tome providências para trabalhar em conjunto com as autoridades locais a fim de remediar a situação e garantir a saúde e segurança de todos os envolvidos. ”

A Coca-Cola, por sua vez, declarou...

“Não toleramos abusos de direitos humanos. ”

E a Adidas, fornecedora da bola oficial desde a Copa do Mundo de 1970, afirmou que mantém “diálogo permanente” com a Fifa a respeito do assunto.

ONGs lideradas por Jaimie Fuller, CEO da empresa de roupa esportiva Skins, pediu aos patrocinadores para que tomem uma posição sobre os abusos aos trabalhadores da construção civil no Qatar...

Os ativistas divulgaram que para cada jogo da Copa do Mundo já morreram mais de 62 trabalhadores.

domingo, maio 24, 2015

Anfield Road: Um mar de gente...

Imagem: The Guardian

Série B: O ABC continua decepcionar em Natal...

O futebol apresentado pelo Luverdense não fugiu à rápida explicação que me deu Júlio Terceiro, na entrada do Paradise Flat, no dia em que nos encontramos casualmente...

“Chegou muita gente nova e estamos tentando acertar o time, mas acredito que vai dar para fazer uma boa partida aqui, mesmo reconhecendo que o ABC em casa, é forte. “

Por partes, então...

Júlio Terceiro acertou quando disse que falta entrosamento à equipe, mas errou quando falou que acreditava que daria para fazer uma boa partida, mesmo levando em conta ser o ABC uma equipe forte em seus domínios.

Os mato-grossenses não fizeram uma boa partida...

Obtiveram um bom resultado.

Quanto ao ABC, no momento, o fator campo em nada tem contribuído...

Muito pelo contrário.

O fato de ter tido mais a bola no primeiro tempo não significa que o ABC tenha sido tão melhor assim...

É preciso levar em consideração que a decisão do Luverdense de jogar retrancado ajudou e o gol marcado por Ciro aos 9 minutos, contribuiu para reforçar ainda mais a ideia de manter a atitude cautelosa.

O gol do ABC marcado por Kayke aos 35 minutos, foi fruto da insistência dos visitantes em não correr riscos...

Postura que proporcionou ao alvinegro ir à frente sem maiores temores.

No segundo tempo, a partida caiu a um nível próximo de uma pelada, onde o suor imperou e técnica era apenas a elementar...

O Luverdense, diante de um ABC apagado, incapaz de acertar passes e previsível, até que quis botar as manguinhas de fora, mas só conseguiu mesmo foi ter mais a bola.

Para piorar, os gols marcados podem ser computados nas contas dos goleiros...

Saulo, goleiro do ABC, cometeu um erro primário: foi para a bola como se a mesma lhe devesse uma lealdade subserviente...

Dançou... a bola não é subserviente a ninguém.

Edson, goleiro do Luverdense, não fosse um típico goleiro nacional, teria saltado e cortado cruzamento ou defendido sua meta com a eficiência que se espera de um guarda-metas...

A redondinha passou lentamente, a centímetros de suas mãos, dentro da pequena área.

No fim, o 1 a 1 acabou sendo um prêmio desmerecido para o Luverdense e um merecido castigo para baixíssimo nível do futebol apresentado pelo ABC...

Espero estar errado, mas o horizonte não parece nada promissor.

"É nóis brother"...

Imagem: The Guardian

Presidente do São Paulo é o típico dirigente: quando não faz besteira, diz besteira...

Carlos Miguel Aidar, presidente do São Paulo, ao justificar a possível contratação do colombiano, Carlos Juan Osório, para o comando técnico do clube, afirmou...

“Nem o Guardiola tem o currículo do Osorio. É um dos técnicos mais respeitados do mundo acadêmico”.

Pois bem...

Esse é currículo de Osório...

Campeão da Conferência Leste 2008 (Major League Soccer) pelo New York Red Bulls

Campeão Colombiano de 2010 (Once Caldas), 2013 e 2014 (Atlético Nacional)

Campeão Super Liga da Colômbia (2012) e Copa do Colômbia (2013), ambos pelo Atlético Nacional.

E esse, é currículo de Pepe Guardiola...

Guardiola boleiro:

Barcelona...

Liga dos Campeões da UEFA: 1991/92
Supercopa da UEFA: 1992, 1997
Recopa Europeia: 1996-97
Campeonato Espanhol: 1990/91, 1991/92, 1992/93, 1993/94, 1997/98, 1998/99
Copa do Rei: 1997, 1998
Supercopa da Espanha: 1991, 1992, 1994, 1996

Guardiola treinador...

No Barcelona

Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2009, 2011
Liga dos Campeões da UEFA: 2008/09, 2010/11
Supercopa da UEFA: 2009, 2011
Campeonato Espanhol: 2008/09, 2009/10, 2010/11
Copa del Rey: 2008/09, 2011/12
Supercopa da Espanha: 2009, 2010, 2011
Troféu Joan Gamper: 2008, 2010, 2011

No Bayern de Munique

Copa do Mundo de Clubes da FIFA: 2013
Supercopa da UEFA: 2013
Campeonato Alemão: 2013/14, 2014/15
Copa da Alemanha: 2013/14

Prêmios individuais

Como jogador

Troféu Bravo: 1992
Melhor jogador espanhol: 1992
Campeonato Europeu da UEFA equipes do torneio: 2000

Como treinador

Don Balón - Melhor treinador do ano: 2009, 2010
Trofeo Miguel Muñoz: 2008/09, 2009/10
Onze d'Or - treinador do ano: 2009, 2011, 2012
Melhor treinador do ano eleito pela revista World Soccer: 2009, 2011
Melhor treinador do mundo pela IFFHS: 2009, 2011
Time do Ano da UEFA - Treinador: 2008/09, 2010/11

Time do Ano do Campeonato Espanhol - Treinador: 2009, 2010, 2011, 2012
Treinador do Ano da FIFA: 2011

Outros

Catalão do ano: 2009
Ordem real de Esportes de mérito: 2010

A Arena Itaquera vai custar 10 milhões por mês ao Corinthians a partir de 2016... O Guarani foi só o começo do pesadelo.

Imagem: Reuters/Paulo Whitaker

Fugir dos estaduais é uma estratégia das grandes empresas...

Análise: Marcas focam o Brasileirão, e clubes perdem receita

Duda Lopes mostra que patrocinadoras desprezam estaduais e focam investimentos apenas no Brasileirão

O modelo de patrocínio no Brasil, privilegiando a exposição da marca, gera várias limitações.

Uma delas pode ser vista neste instante, quando o Brasileiro está no início.

Alguns patrocinadores só se aventuram no futebol quando o torneio começa, com garantia de um mínimo de jogos e atenção maior da mídia.

Foi assim para alguns clubes neste ano, algo que se repete pelas últimas temporadas.

O primeiro semestre é de escassez.

O segundo, nem tanto.

A 99Taxis é um exemplo dessa estratégia.

Antes do Brasileirão, apostou em aportes pontuais nas finais estaduais.

Depois, colocou dinheiro de forma fixa em clube.

Só o Corinthians já garantirá boa exposição pela temporada para a marca.

A Jeep foi outra que apostou em um time grande, mas somente no período do Brasileirão.

Ambos os contratos são válidos até o fim do ano, quando o torneio nacional se encerra.

Pelo ângulo das empresas, não há nada de estranho nisso, desde que o foco realmente seja a exposição.

Mas, para um mercado que ainda não descobriu novos métodos de patrocínio, esse é um tremendo problema.

Problema que até poderia ser menor, caso o calendário brasileiro fosse todo preenchido pelo torneio.

Com esse cenário, a ação da Chevrolet para o amistoso da seleção foi um belo gol para o futebol nacional.

Ao criar um produto de seu patrocinado, a empresa associou o investimento a vendas.

Pouco importa, no caso, se o logo da marca vai aparecer.

E nada impede que isso seja feito com outras marcas, nos clubes.

Já pensou num carro personalizado com o símbolo do seu time?

sábado, maio 23, 2015

Gerrard e sua filhas...

Imagem: World Soccer

ABC FC: Quem tem medo da democracia?

Imagem: Movimento Diretas Já/ABC FC

Cresce e toma forma no meio da torcida do ABC a campanha “Diretas Já”...

A campanha tem como objetivo abrir a votação para o cargo de presidente do clube a todos os sócios.

Bem, o que há de anormal em alguém que contribui com o clube de forma efetiva querer exercer o legítimo direito de eleger seu presidente?

Por que isso incomoda tanto?

Não sei e nem me interessa...

O que importa é que qualquer escolha seja democrática, aberta e transparente.

Nunca me cheirou bem essa história de colégio eleitoral, nunca apreciei que pequenos grupos tomassem para si o direito de escolher quem vai decidir...

Explico:

Quanto menor o número de eleitores, maior a possibilidade de manipulação, intervenção e corrupção.

Não vejo mal nenhum no movimento...

Apenas faço uma ressalva...


O eleitor deve estar com todos os seus deveres em dia.

Mitch Langerak...

Imagem: World Soccer

A CBF e "Os Sopranos"...

Por Mariliz Pereira Jorge, para a Folha de São Paulo

Toda vez que leio sobre a CBF tenho a sensação de ver um episódio de “Os Sopranos”.

A série, criada por David Chase e produzida pela HBO, contava a história de um mafioso e seus comparsas, crimes, corrupção, mulheres e dinheiro.

Sou uma das milhares de órfãs de Tony Soprano, o protagonista.

Mas o mundo da CBF sempre mata um pouco da saudade da série.

O novo presidente, Marco Polo Del Nero, poderia bem ser um dos amigos do personagem principal.

Ou o próprio.

Tem nome de mafioso, careca de mafioso, corpulência de mafioso, namoradas com cara de namoradas de mafioso e comanda entidade que, teoricamente, é uma empresa idônea, mas que vira e mexe tem que provar que é idônea.

É só jogar no Google:

CBF, escândalos, corrupção.

Impressionante.

Na sexta (15), a notícia era a demissão de Ariberto Pereira dos Santos, ex-tesoureiro da entidade na gestão de Don Ricardo Teixeira.

Há um ano, ele comandava o departamento de futebol feminino.

Sinal de que seus dias estavam contados.

Vamos combinar que é uma baita perda de poder você, um dia, comandar a dinheirama que rola na CBF e, no dia seguinte, ganhar de presente a direção do departamento de futebol feminino.

Nem precisa ser feminista para saber que, para a CBF, o futebol feminino é a irmã feia da família.

Assim como os parceiros de Tony Soprano, Ariberto parece super gente boa.

Usava o banco Rural, investigado na época do mensalão, para fazer as operações cambiais da CBF, o que fez com que a entidade perdesse cerca de R$ 30 milhões quando o Banco Central decretou a intervenção do Rural.

Foi investigado pela CPI do Futebol e acusado de operar um caixa dois –aquelas histórias de CPI que quase nunca dão em nada.

Por fim, admitiu usar uma conta particular para gerir recursos da CBF.

Ricardo Teixeira, o ex-presidente que reinou no cargo durante 23 anos, está sendo acusado de ter votado no Qatar para sediar a Copa de 2022 em troca de dinheiro, favores e garantias, segundo o livro “Ugly Game”, lançado no mês passado pelos jornalistas ingleses Heide Blake e Jonathan Calvert.

Os jornalistas contam que o ex-secretário da Fifa Michel Zen Ruffinen aparece em vídeo explicando o que cada membro da Fifa esperava em troca de seu voto.

“Teixeira é dinheiro”, disse sobre o brasileiro.

Tony Soprano também era chegado em qualquer negociação que envolvesse grana.

Tutti buona gente.

Mas o que eu gosto mesmo são as fofocas em que o nome e as fotos de Don Del Nero aparecem.

Não precisa nem ler o noticiário esportivo.

Elas estão em revistas do tipo “Caras”, “Contigo” ou no “F5″, o site de entretenimento da Folha.

Don Del Nero ganhou dos amigos o apelido de “Olacyr de Moraes do Futebol”.

Achei que era por causa do salarião de R$ 200 mil, mas a história por trás do apelido é muito melhor.

O dirigente coleciona namoradas que poderiam ser suas netas.

Currículo das moças: modelo.

Para uma deu dinheiro para que ela desse entrada num apartamento e mexeu os pauzinhos para que fosse passista de uma escola de samba.

Para outra, um Mercedes Benz, que custava a bagatela de R$ 200 mil.

Mas essa tinha posado para a revista “Sexy”, que fique bem entendido.

Essa, inclusive, já é passado.

A fila anda.

Don Del Nero troca de namorada como Dunga troca a escalação da seleção.

Os babados da CBF são sempre muito mais saborosos do que os da ficção.

Tony Soprano fez escola.


Ou será que foi o contrário?

Morata versus Sergio Ramos...

Imagem: Diário AS/Javier Gandul

Luis Figo, não é mais candidato a presidência da FIFA...

Luis Figo, renuncia à sua candidatura à presidência da FIFA...

Eis nota do ex-jogador da seleção portuguesa, explicando seus motivos.

“A minha candidatura à Presidência da FIFA resultou de uma decisão individual, depois de ouvir muita gente relevante no universo do futebol internacional.

(…)

O universo de um desporto que me deu tudo o que sou e a quem me predispus a devolver agora, fora de campo, está sedento de mudança. 

A FIFA precisa de uma mudança e eu entendo que essa mudança é urgente.

(…)

Viajei e conheci gente extraordinária, que reconhecendo o valor de muitas das coisas que foram feitas, também se identifica com esta necessidade de mudança, que limpe a FIFA do selo de organização obscura e tantas vezes olhada como espaço de corrupção.

Mas nestes meses não assisti apenas a esta vontade, assisti a episódios consecutivos, em diversos pontos do planeta, que devem envergonhar quem deseja um futebol livre, limpo e democrático.

Vi eu presidentes de federação que num dia comparavam os líderes da FIFA ao Diabo e no outro subiam ao palco a comparar as mesmas pessoas a Jesus Cristo. 

Ninguém me contou. 

Fui eu que presenciei.

Os candidatos foram impedidos de se dirigir às federações em congressos enquanto um dos candidatos discursava sempre sozinho do alto de uma tribuna.

Não houve um único debate público sobre os programas de cada um.

Haverá́ alguém que ache normal uma eleição para uma das mais relevantes organizações do planeta decorrer sem um debate público? 

Haverá́ alguém que ache normal que um candidato não apresente sequer um programa eleitoral para ser sufragado no dia 29 de maio? 

Não deveria ser obrigatória a apresentação desse programa para que os presidentes de federações conheçam aquilo que vão votar?

Seria normal, mas este processo eleitoral é tudo menos isso, uma eleição.

Este processo é um plebiscito de entrega do poder absoluto a um só homem – algo que me recuso a caucionar.

É por isso que, após ter refletido de forma individual e partilhando opiniões com dois outros candidatos neste processo, entendo que o que vai acontecer dia 29 de maio em Zurique não é um ato eleitoral normal.

E não sendo, não contam comigo.

(…)
Eu, de minha parte, continuo comprometido com as ideias que deixo escritas e divulgadas, mantenho a minha vontade de participar ativamente numa regeneração para a FIFA e estarei disponível para ela sempre que me demonstrem que não vivemos em ditadura.

Não receio eleições, antes não pactuo nem cauciono um processo que se concluirá́ dia 29 de maio e do qual o futebol não sairá́ a ganhar.

A minha decisão está tomada, não disputarei aquilo a que chamaram ato eleitoral para a Presidência da FIFA.


Agradeço profundamente a todos os que me apoiaram e peço que mantenham a vontade regeneradora que pode tardar, mas chegará. ”

sexta-feira, maio 22, 2015

Taxi!!!

Imagem: Reuters/Juan Medina

Futebol australiano: o vídeo é longo; dura cerca de 15 minutos, mas vale cada minuto... Com certeza você vai ver o que o futebol pode apresentar de pior. Nunca tinha me divertido tanto assistindo a bola ser tão maltratada...

Bela manobra...

Imagem: Getty Images

Encontro com Júlio Terceiro...

Ontem, por mero acaso, encontrei Júlio Terceiro...

Um agradável encontro.

Fui encontrar um amigo que havia acabado de desembarcar em Natal, no Paradise Flat, em Ponta Negra...

De saída, paramos na entrada do flat para decidir se íamos a algum restaurante ou se o melhor era sentar num bar e jogar conversa fora.

De repente um ônibus de turismo parou bem próximo do lugar onde estávamos e começou a desembarcar seus passageiros...

Não foi preciso ser muito experto para perceber que se tratava de uma equipe de futebol e, nem tão pouco ser um gênio para reconhecer o escudo do Luverdense, de Lucas do Rio Verde, Mato Grosso, adversários do ABC, no sábado, pela Série B.

Olhei, comentei rapidamente com meu amigo recém-chegado sobre o jogo e continuamos nosso papo, quando ouvi um cumprimento...

Oi seu Fernando, quanto tempo?

O senhor está bem?

Me virei e dei de cara com Júlio...

Claro que interrompi o papo, fui ao seu encontro, lhe dei um forte abraço e o questionei sobre como estava e se tudo corria bem para ele e sua família...

Simpático, sorridente, educado, Júlio correspondeu ao abraço e disse que tudo ia bem e que estava feliz por voltar a Natal.

Não resisti e perguntei sobre o time...

Sincero, Júlio me disse:

Chegou muita gente nova e estamos tentando acertar o time, mas acredito que vai dar para fazer uma boa partida aqui, mesmo reconhecendo que o ABC em casa, é forte.

Desejei sorte, apertei sua mão e ele seguiu com seus companheiros.

Bom foi legal reencontra Júlio Terceiro...

Sempre gostei muito dele.

Ah, fomos comer uma pizza.

CBF Itinerante, condecora o presidente do América e adianta parcela da cota da Copa do Brasil...

Imagem: Assessoria de Imprensa do América FC


O deputado Hermano Morais, vice administrativo do América, recebeu do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, a Comenda João Havelange pela conquista do Estadual 2015, ontem, em Maceió, durante reunião com a cúpula da CBF, no evento, “CBF Itinerante. “

Na ocasião, o presidente da FNF, José Vanildo, estendeu o pires e pediu a Marco Polo Del Nero a antecipação da cota de 560 mil reais referente a classificação do clube rubro para a terceira fase da Copa do Brasil...

Segundo Vanildo, Del Nero, imediatamente autorizou o repasse.

Bem, para o América foi bom...

Agora, tenho minhas dúvidas se andar com uma medalha batizada com o nome de João Havelange no peito, é honraria ou não.

Qual é o problema, não sentar e descansar um pouco?

Imagem: EFE/JuanJo Martin

Uma rápida passadinha pelo mundo da bola...

- A Emirates Airlines, a Qatar Airways e a Etihad Airways, empresas aéreas do Oriente Médio, travam acirrada luta para estampar suas marcas nas camisas das equipes de Europa.

- Os irmãos Vichai e Aiyawatt Srivaddhanaprabha (ganha um doce quem pronunciar corretamente o sobre nome da dupla), donos do Leicester City FC, encontraram uma maneira bem simpática de homenagear a torcida...
Felizes com o apoio que o clube recebeu na volta a Premier League, a dupla resolveu que na partida contra o Queens Park Rangers, no King Power Stadium, todos os torcedores que comprarem ingresso para os setores do time da casa, vão ganhar um voucher para trocar por uma cerveja antes das 14h45, 15 minutos antes do começo da partida...

Para quem não gosta de álcool a opção é uma garrafa de água.

Se não der para acertar a bola, o adversário, serve...

Imagem: Reuters/Stringer

Clubes ampliam benefícios para os sócios-torcedores...

Com shows e eventos, clubes ampliam gama de benefícios a sócios-torcedores show da banda americana Pearl Jam e partida promovida pela NBA estão entre benefícios de Grêmio e Flamengo

Por Duda Lopes

Para o site “Máquina do Esporte”

Uma das características dos programas de sócio torcedor no Brasil é a relação direta entre o associado e a compra do ingresso para as partidas do time.

Agora, com a preocupação em aumentar os benefícios para além do futebol, os clubes permanecem com vantagens na compra dos tíquetes, mas não necessariamente para uma partida do time.

Nesta semana, Grêmio e Flamengo conseguiram dar prioridade na compra de dois eventos distintos para os seus sócios.

Antes de abrir os ingressos na bilheteria, os sócios-torcedores do time gaúcho poderão comprar ingressos para o show da banda Pearl Jam.

O mesmo acontece com os cariocas, mas, nesse caso, os tíquetes são para o NBA Global Games Rio 2015.

Em ambos os casos, os clubes conseguiram o benefício porque estão diretamente relacionados com os eventos.

O show do Pearl Jam em Porto Alegre acontecerá na Arena do Grêmio.

“Tudo o que é feito no estádio ou nas dependências do clube, nós lutamos para que os sócios tenham algum benefício”, explicou o executivo de marketing do clube gaúcho, Beto Carvalho.

A apresentação do Pearl Jam será o maior evento que seguirá essa linha.

A Arena do Grêmio já recebeu outras apresentações musicais nos estacionamentos.

Antes, a única apresentação musical no gramado havia sido do Roberto Carlos.
E os sócios-torcedores também tiveram benefício na compra.

No Flamengo, os sócios-torcedores poderão ver o time em ação, mas não com o futebol.

A equipe de basquete do clube entrará em quadra no NBA Global Games, mas, teoricamente, a organização do evento não tem nenhuma ligação com os cariocas.

Ainda assim, os mais de 50 mil membros do programa rubro-negro terão prioridade na compra dos ingressos, assim como os clientes do HSBC; a partida acontecerá na arena patrocinada pelo banco.

Criar benefícios para sócios-torcedores virou uma meta para a maioria dos clubes.

Puxado pelo Movimento por um futebol melhor, que dá descontos em uma série de produtos, as equipes têm dado atenção a esse movimento.


Além de produtos e serviços, começa também um movimento para dar experiências exclusivas aos membros dos programas.   
   

quinta-feira, maio 21, 2015

Sei não, mas acho que não deve ter sido muito confortável, não...

Imagem: Autor Desconhecido

Copa do Brasil: América perde por 1 a 0, se classifica para a próxima fase e enche os bolsos...

Acompanhei pelo rádio a partida entre o Atlético Goianiense e o América...

Sem televisão a solução foi grudar no rádio.

Negócio chato esse...

Ouvir sem ver, não é a melhor opção para quem pretende escrever ou falar sobre a partida.

Mas vamos lá...

Pelo que ouvi, o América até que começou animado...

Suportou a pressão inicial dos goianos que precisavam da vitória e chegou a ameaçar o gol de Márcio, mas depois o narrador me passou a impressão de jogo morno...

Do tipo...

O Atlético atacava, mas esbarrava na boa marcação rubra.

No segundo tempo, a narração ficou mais vibrante...

Atlético em cima e o América se defendendo e tentando achar espaço para um contra-ataque.

Aos 19 minutos, a defesa rubra cometeu seu único pecado...

Juninho aproveitou e marcou para o Atlético.

Um minuto depois, Max resolveu dialogar com o árbitro e expor seu descontentamento com a atuação do mesmo...

Seus argumentos não foram convincentes...

Acabou expulso.

Pronto...

O que já estava sofrido, ficou ainda mais angustiante.

O Atlético cresceu e passou a rondar a área de Busato...

Pressionou, ganhou um monte de escanteios, mas acabou sendo vítima da péssima pontaria de seus atacantes e da firme disposição da defesa americana em não ceder.

No final, deu América...

O Atlético ganhou, mas não levou...


Foi eliminado em pleno Serra Dourada e deu adeus aos R$ 560 mil, que bateu asas e voou com a delegação do América para a ensolarada Natal.

E eu sei lá o que ele marcou...

Imagem: World Soccer

ABC e América recebem o troco na Copa do Brasil e no Campeonato Brasileiro...

O descontentamento com relação a arbitragem do paulista, Guilherme Ceretta, me fez pensar no quanto a vida pode ser irônica...

Durante o campeonato estadual, dirigentes de ABC e América pagam fortunas para trazer árbitros de fora...

Humilham nossos árbitros deixando-os a margem do clássico.

Colocam sobre eles, sem o menor constrangimento a pecha de serem incapazes de conduzir as partidas mais importantes, sempre arrumando uma desculpa esfarrapada...

Porém, nos torneios da CBF, engolem qualquer mequetrefe sem levantar um dedo ou dar um pio.

Nas alturas...

Imagem: AFP/Javier Soriano

É assim que a CBF faz todo mundo ficar com "rabo entre as pernas"...

Com Eurico, Vasco se torna maior devedor da CBF: R$ 16 milhões

Por Rodrigo Mattos

No início de sua gestão, o presidente Eurico Miranda transformou o Vasco no maior devedor da CBF: um total de R$ 16 milhões.

Os dados constam dos balanços financeiros dos clubes e da confederação.

O aumento da dívida tem relação com empréstimo feito pelo clube no final do ano passado já sob sua presidência para pagar débitos fiscais.

A confederação tem como prática dar dinheiro a clubes com a cobrança de juros – principalmente no caso de times cariocas.

Tanto que, nos últimos cinco anos, a dívida das agremiações praticamente dobrou, saltando de R$ 36 milhões para R$ 69,1 milhões ao final de 2014.

A entidade não gosta de detalhar os números, nem falar das negociações.

O diretor financeiro da CBF, Rogério Caboclo, disse que não sabe especificar quanto cada clube deve.

Mas esses números podem ser obtidos nos balanços deles.

Entre os cariocas, Fluminense, Flamengo e Botafogo reduziram suas dívidas com a confederação.

O Botafogo, que tinha o maior passivo, teve uma queda de R$ 15,9 milhões para R$ 12 milhões ao final de 2014.

No Flu, houve uma redução de cerca de R$ 1,7 milhão: ficou em R$ 11,2 milhões.

E o Flamengo diminui quase pela metade o débito: está em R$ 6,8 milhões.

Enquanto isso, o Vasco teve um acréscimo de mais de R$ 5 milhões no total de sua dívida.

Eurico negociou o empréstimo no final do ano passado.

“Não tenho nenhum comentário sobre isso'', esquivou-se Caboclo ao ser questionado sobre o empréstimo.

O blog procurou Eurico que não atendeu os telefonemas.

A assessoria do clube informou que só ele poderia falar do assunto.

Mas a verdade é que a CBF foi generosa: o dinheiro terá de ser pago a longo prazo pelo balanço vascaíno.

Do total do débito do clube, só R$ 1,2 milhão terá de ser quitado em 2014, sendo o restante de R$ 14,8 milhões nos anos seguintes.

Uma parte dessa dívida foi adquirida pelo ex-presidente Roberto Dinamite, que também tinha o costume de pegar empréstimo com a CBF.

Chegou a levantar R$ 8 milhões para pagar a folha salarial, e tentou nova ajuda no final do ano passado.

Adversários políticos, Dinamite e Eurico têm um ponto em comum: no aperto, recorrem à confederação.

Escapou...

Imagem: AP/DPA

Futebol sobre esqui... Que tal?

quarta-feira, maio 20, 2015

Ricardo Silva repórter da rádio Globo de Natal, super zen....

Imagem: Autor Desconhecido

Copa do Brasil: ABC perde para o Paysandu, mas é eliminado pelo árbitro Guilherme Ceretta...

Imagem: Autor Desconhecido/Arte: Fernando Amaral


O ABC tinha esperanças de sobrepujar o Paysandu em seus domínios e prosseguir na Copa do Brasil...

Chegou a abrir o marcador...

O gol marcado Bruno Luiz logo no primeiro minuto do segundo tempo mostrou que era possível, mesmo que naquele momento, o resultado levasse a decisão para a marca do pênalti, caso permanecesse sem alteração.

Aí, apareceu o dedo de Josué Teixeira que sacou o meia Ronaldo Mendes e colocou em seu lugar o zagueiro Maurício...

Lá se foi a opção criativa do alvinegro.

Mas, como tudo que está ruim tende a ficar horroroso, Guilherme Ceretta, o árbitro, que até então, apesar da preguiça em acompanhar de perto os lances, ia bem, resolveu virar protagonista...

Marcou um pênalti de Suéliton sobre o atacante Leandro Cearense.

Senhor Ceretta... nem o mais fanático americano, apitaria o que o senhor apitou!!

Não houve nada...

Nadinha...

Coisa nenhuma.

Leandro Cearense tentou passar por Suéliton e caiu...

Isso mesmo...

Caiu...

Simples assim.

Como o senhor conseguiu ver penalidade num tombo?

Desculpe, mas nem tente explicar.

Não satisfeito, o senhor expulsou Suéliton que reclamou...

Queria o que?

Até eu que estava em casa, reclamei...

Meus gatos reclamaram e minha vizinha, alvinegra roxa, soltou um sonoro palavrão.

Mas, não acaba aí...

Tem mais!

Iago Pikachu, cobrou, marcou e Ceretta mandou voltar alegando que jogadores do Paysandu haviam invadido a área antes da cobrança...

Santa miopia!!!

Não houve invasão nenhuma...

Ninguém invadiu...

Nem mesmo Saulo, se adiantou.

Quer saber senhor Ceretta...

Acho que o senhor se arrependeu de ter marcado o pênalti e inventou a invasão na esperança de Pikachu chutar para fora, na segunda tentativa...

Foi isso, não foi?

Não deu certo...

Pikachu correu e mandou a bola para o fundo das redes...

O relógio marcava 21 minutos.

Com um a menos, o que não era fácil ficou ainda mais difícil....

7 minutos depois, aos 28, Carlos Alberto fez o segundo gol do Paysandu e mandou para o espaço a classificação do ABC para a fase seguinte...

Pior...

O prêmio pago pela CBF para quem passasse dessa fase, no valor de R$560 mil, correu para os cofres dos paraenses.

Enfim...

Resumo da ópera:

O Paysandu é fraco, mas seu “santo” é fortíssimo...

O ABC é limitado e Josué Teixeira fez questão de piorar...

Guilherme Ceretta, ou é míope, ou é burro, ou é tudo isso é mais tudo aquilo que a torcida do ABC disse dele após o apito final.