segunda-feira, agosto 31, 2015

Como isso pode acontecer?

Imagem: Reuters/Dylan Martinez

América vence o Vila Nova e fica cada vez mais perto da classificação...

O América segue firme em busca de sua classificação para a próxima fase...

Ontem, o Vila Nova que veio para tentar vencer no contra-ataque ou empatar parando o ataque rubro, perdeu.

A vitória merecida e conquistada na raça, somada a derrota do ASA em Mato Grosso para o Cuiabá, empurraram o América para a terceira posição...

Justa colocação, tão justa que já não é nenhum delírio sonhar com a segunda posição – quem sabe, mesmo forçando um pouco a barra, com a primeira...

No próximo fim de semana o América terá a chance de mostra se o sonho pode continuar a ser sonhado.

Mas, voltemos...

O América se no primeiro tempo não foi primoroso, foi senhor do tempo...

Se não incomodou muito, não foi incomodado e não deu chance de o adversário ir além do planejado...

Contra-atacar e torcer por um erro.

Erro que acabou acontecendo...

Um erro de posicionamento permitiu que uma bola enfiada por Zotti, chegasse livre para Ramires, que cruzou e Cléber acabou cortando com as duas mãos...

Pênalti...

Moisés cobrou e abriu o placar para o Vila Nova.

Na segunda etapa, o América continuou dono do tempo, mas também passou a mandar no jogo...

Isto é, eram os americanos quem decidiam o que seria feito com a bola...

A partir daí o adversário passou a ser Edson.

E que adversário...

Mesmo contanto com as repetitivas e cansativas falhas de finalização dos atacantes americanos, Edson, quando acertavam, defendia...

Parecia que iria segurar o injusto placar.

Mas, aos 10 minutos, num escanteio, Max desviou e Adriano Pardal, de cabeça empatou – sem querer ser chato, mas a bola não foi cabeceada com convicção, bateu na cabeça de Pardal...

Edson, sofreu sua primeira derrota.

Mas não se intimidou, continuou segurando o que podia e evitando os gols que que por justiça já deveriam constar no placar...

Porém, a justiça acabou prevalecendo e um jovem valor premiado.

Mateus, aos 49 minutos, quando o dedo já se dirigia para interruptor para apagar as luzes e encerrar mais um domingo de futebol, ficou com a bola que Max brigou para não perder e num giro sensacional marcou o gol da vitória...

Os seis mil e poucos americanos presentes, comemoraram numa explosão de alegria e alivio...

Afinal, o resultado não podia ser mesmo outro.

Dois contra um...

Imagem: Reuters

As "celebridades" que rondam o futebol...

O futebol deixa contente aqueles que estão descontentes com o que são e que procuram desesperadamente atenção que não possuem...

Lhes dando espaço para brincar de ser o que não são e se tornar a celebridade de ocasião.

Quatro grandes defesas em dois lances em partidas contra o mesmo adversário... Craig Gordon, goleiro do Celtic Glasgow.




Direto ao alvo...

Imagem: AFP/Antonn Thuillier 

Marco Polo Del Nero na visão do Dr. José Luiz Runco....

“O presidente da CBF não pode se expor com determinado tipo de mulheres nas viagens da seleção. Ainda mais na frente dos jogadores. Qual a credibilidade hoje da direção da CBF na Fifa? Isso gera uma instabilidade geral. O atual presidente não fala inglês, nem ‘good morning'”.

De José Luiz Runco, ex-médico da CBF, em entrevista publicada hoje em “O Globo”, aos repórteres Carlos Eduardo Mansur e Mauricio Fonseca:

Pinçado do blog do Juca Kfouri.

domingo, agosto 30, 2015

Lualua comemora, mas a cara dos torcedores adversários é o melhor...

Imagem: John Marsh/Reuters

Rogério Marinho e a Comissão Especial da Câmara dos Deputados...

A Câmara dos Deputados instalou uma comissão especial que será responsável pelo estudo e apresentação de propostas para reformulação da legislação dos esportes...

Claro que o Estatuto do Torcedor e a Lei Pelé devem entrar na dança.

Pois bem, minha leitura ia bem até que me deparei como o nome do presidente da comissão...

Andrés Sanchez.

Parei...

Andrés Sanchez é um pouco demais.

Não existe como tornar nada moderno, eficiente e transparente, tendo à frente de uma comissão, o senhor Sanchez.

Porém, li o que disse Rogério Marinho, relator da comissão...

O discurso do deputado Rogério Marinho, está repleto de lugares comuns...

Marinho afirma que a série de legislações existentes no Brasil na área do esporte são desconexas da realidade...

Cita um único exemplo...

A Lei Pelé...

Coisa que aliás, nada tem de novo – 10 entre 10 dirigentes do futebol no brasileiro fazem isso há anos.

Marinho também fala das experiências exitosas em outros países do mundo e admite que tais experiências devem ser melhor conhecidas e colocadas em prática por aqui...

Ufa...

Enfim...

Falo isso há anos e, sempre que falo, sou taxado de lambe botas dos europeu e sou tratado como um alienado que fala de realidades diferentes...

Um demente que quer comparar Brasil com Alemanha.

Nunca quis, nem pensaria em algo tão impensável...

A mentalidade estatista dos brasileiros não está nem de longe pronta para voos tão altos.

O empreendedorismo no Brasil ainda está ligado umbilicalmente ao estado...

O futebol é a prova máxima.

O futebol usa o discurso de que é privado e, portanto, livre para voar...

No entanto, seus dirigentes e seus amestrados jornalistas, vivem a reclamar que governos não “investem” no futebol...

Nesse caso, leiam, investimento, como dinheiro alocado a fundo perdido.

 Marinho diz que vai ouvir as sugestões de todos os interessados...

Justo e democrático...

Mas...

Quem são os agentes envolvidos no esporte que Marinho pretende ouvir...

Empresários?

Gente como o pai do Neymar, envolvido até a medula em problemas fiscais, aqui e na Europa?

Rodrigo Pastana, Alex Fabiano e Eduardo Uran, os dois últimos, parceiros da atual gestão do ABC, da qual Rogério Marinho faz parte, nessa triste e estabanada aventura no alvinegro?

O que os atuais dirigentes das federações têm para acrescentar?

As gestões das federações são desastrosas...

Os Campeonatos Estaduais, fazem água e a cada ano afastam dos estádios os torcedores...

A única coisa que esses senhores têm para apresentar é vassalagem...

Mas isso não será nenhuma novidade, já o fazem há anos com uma competência admirável.

Quanto a ouvir os atletas, acho estranho...

Não foram os colegas de Rogério Marinho, que compunham a tropa de choque da CBF, que tentaram por todos os meios calar o Bom Senso FC?

Sobre visitar estados e países onde o esporte dá certo, pergunto:

Em que estado brasileiro o futebol dá certo?

Qual o critério que será usado para estabelecer o que é dar ou não dar certo?

Quanto aos países, lamento informar que será inútil tal visita...

Aceitaremos tornar nossos clubes em empresa com ações na bolsa como fizeram os ingleses?

Vamos implantar uma mentalidade alemã aqui?

Teremos a humildade de aprender com os americanos como transformar um simples jogo num show?

Neste caso, se o deputado me permitir uma sugestão, direi...

Não vá a Premier League, é muita areia para nosso caminhão e muita informação para o cérebro de nossos dirigentes...

Procure a The Footbal Conference, quinta divisão da Inglaterra.

Lá, aprenda sobre transparência e organização...

Tente entender como clubes pequenos, de cidades de pouca população, exibem uniformes Adidas, Nike, Puma e etc.

Ir lá fora para descobrir como funciona a prospecção de atletas vindos de universidades e escolas, será apenas educativo, mas deixará uma imensa frustração...

O deputado vai descobrir que precisaremos de pelo menos uns cem anos para pelos menos nos aproximarmos de americanos e ingleses.

Não existe esporte escolar ou universitário no Brasil...

Existe arremedo.

Nenhuma escola pública neste país pode formar atletas, não têm equipamento para tal e os professores de educação física são tratados como pessoas de segunda classe...

Infelizmente.

Nas universidades federais, existem os equipamentos, existem grandes professores, mas a mentalidade acadêmica não vê no esporte algo que mereça investimento...

Nos Estados Unidos, existem campeonatos nacionais de esportes como La Crosse, disputados por universidades e escolas...

Aqui, torneios que duram uma semana e fim.

Por fim, espero que dê certo, mas Andrés Sanchez me tira 90% do otimismo...

Além disso, o que precisa mudar mesmo no Brasil, é a mentalidade, pois organização, transparência e honestidade não tem ligação com riqueza...

O fato de ser pobre não impede que o jardim seja bem cuidado e florido e que cozinha e banheiro estejam sempre limpos e cheirosos.

Sprint final...

Imagem: AFP/José Jordan 

Rijkaard conta como lançou Lionel Messi...

A diferença de mentalidade...

Franklin Edmundo Rijkaard ou simplesmente, Rijkaard, foi quem lançou Lionel Messi na equipe principal do Barcelona...

“Equilibrar prudência e risco foi a decisão que tomei... O colocava nos minutos finais das partidas, períodos em que ainda havia tensão competitiva e muita exigência, mas nunca com a responsabilidade ou a obrigação de resolver o jogo, mudar a forma de jogar da equipe ou inverter um resultado. Para isso, eu tinha, Eto’o, Deco, Ronaldinho, Puyol e Márquez.... Esses jogadores tinham o papel pedagógico e de proteção. Eles decidiam que o menino que os deixava de boca aberta e pasmados nos treinamentos, jogaria como quisesse”.

Frank Rijkaard, sobre os primeiros passos de Messi na equipe principal do Barcelona.

O processo foi tão suave, que Messi só marcaria seu primeiro gol, um ano após ter estreado.

Tem dias que nada funciona...

Imagem: Trivela

ABC, 90,8% de possibilidade de cair...

Segundo o site “Chance de Gol”, esses são, no momento, os seis clubes com maiores possibilidades de disputar a Série C em 2016...

ABC – 90,8%
Mogi-Mirim – 88,7%
Ceará – 72,7%
Boa Esporte – 45,6%
Macaé – 26,3%
Atlético Goianiense – 16,7%

E ela caiu...

Imagem: AFP/Antonnin Thuillier 

Pepe Guardiola...

“Não psicólogo, sou um tio que jogou futebol. Só tenho o título de treinador e poder de decidir quem entra ou não. ”

Pepe Guardiola

Usain Bolt e seus perseguidores... todos americanos.

Imagem: Lucy Nicholson

Roberto Fernandes e o habeas corpus preventivo...

Roberto Fernandes, é um especialista em habeas corpus preventivo...

A “pressão” pode prejudicar o América em sua caminhada visando a classificação para a próxima fase.

Engraçado...

Toda atividade competitiva gera pressão...

Principalmente quando permanecer onde está significa perdas ainda maiores que as já existentes.

Ah...

Lembrei de uma frase de Pepe Guardiola sobre Messi...

“Quando joga sem pressão, Messi se aborrece”.

sexta-feira, agosto 28, 2015

O hockey hindu na visão do artista Shreedhar Sutar...

Arte: Shreedhar Sutar 

Vale tudo para confundir a cabeça do torcedor do ABC...

Você percebe que a coisa está mesmo feia, muito feia, quando as pessoas começam a perder o senso e imaginar que tudo é culpa de um estádio e que mudando para outro, tudo pode mudar...

Enfim, como o futebol costuma produzir coisas desse tipo, que acabam sendo encampadas por quem deveria ser racional...

Não vou me espantar se aparecer alguém dizendo ser melhor vender o Maria Lamas Farache por que o estádio dá azar.

Sapatilhas patrióticas...

Imagem: Reuters/Lucy Nicholson 

Os clubes com mais seguidores no Facebook...

Bruno Ferrari, da revista Época, realizou pesquisa junto ao Facebook para verificar quais 20 clubes brasileiros com o maior número de seguidores...

Os números se referem ao dia 27 de agosto de 2015..., portanto, da última quinta-feira.

Vale salientar que Brasil tem pouco mais de 100 milhões de usuários de internet...

Desses, cerca de 90% têm um perfil no Facebook, segundo informa o jornalista.

O ranking leva em consideração prioritariamente as páginas oficiais dos clubes, aquelas que são reconhecidas com um sinal verificador do Facebook...

As páginas marcadas com asteriscos, não consideradas oficiais pelo Facebook.

Eis os números de cada um dos 20 clubes.

01) SC Corinthians Paulista - 10,4 milhões
02) Clube de Regatas Flamengo - 10 milhões
03) São Paulo FC - 6,2 milhões
04) Sociedade Esportiva Palmeiras - 3,4 milhões
05) Santos Futebol Clube - 3,2 milhões
06) Cruzeiro Esporte Clube - 2,6 milhões
07) Vasco da Gama - 2,5 milhões
08) Clube Atlético Mineiro - 2,4 milhões
09) Grêmio FBPA - 2,2 milhões
10) Sport Club Internacional - 2 milhões
11) Botafogo Oficial - 1,19 milhão
12) Fluminense Football Club - 1,18 milhão
13) Esporte Clube Bahia - 1 milhão
14) Sport Club do Recife - 900 mil
15) Clube Atlético Paranaense - 705 mil
16) Ceará Sporting Club* - 549 mil
17) Vitória da Bahia* - 528 mil
18) Fortaleza Esporte Clube* - 468 mil
19) Coritiba - 277 mil
20) Goiás Esporte Clube - 261 mil

Correndo contra a sombra...

Imagem: AFP/Antonnin Thuillier

O tamanho do rombo dos clubes brasileiros...

O perfil do endividamento dos clubes brasileiros em 2014

Confira quanto cada time da primeira divisão deve para bancos, governo e outras dívidas de curto prazo de acordo com o Itaú BBA

Por Rodrigo Capelo

Para o Época Esporte Clube

Os 20 clubes da primeira divisão nacional, com Botafogo no lugar da Chapecoense, somam R$ 4,09 bilhões em dívidas.

De 2010 até 2014, esse número cresceu sempre entre 20% e 25% por ano, apesar de as receitas já terem estagnado há duas temporadas para a maioria.

Alguns times se enrascaram mais, outros menos.

Mas a análise, se parar na evolução do endividamento bruto, não diz tanta coisa, porque há dívidas ruins e dívidas muito ruins.

Por isso ÉPOCA pediu ao Itaú BBA, que divulgou nesta semana estudo sobre as finanças do futebol brasileiro, para detalhar as dívidas de cada time.

A dívida se divide em três: bancária, fiscal e operacional.

A bancária, como o nome sugere, tem a ver com todos os empréstimos que o cartola tomou e ainda não pagou.

É a dívida mais perigosa, porque dela são cobrados juros mais agressivos.

Se não for quitada, vira uma bola de neve.

É perigosa também porque, para consegui-la, o clube dá como garantia as receitas mais fáceis de projetar, como cotas de televisão ou patrocínios.

Atlético-PR, Atlético-MG, Joinville, Palmeiras e São Paulo são os que correm mais esse risco, pois a maior parte de suas dívidas são bancárias.

A fiscal está relacionada a impostos.

É o caso do dirigente que ignorou tributos, crente de que político nenhum teria coragem de fechar um time de futebol, e agora tem de se virar para aderir ao Profut, senão fica sem patrocínio da Caixa.

Continua a ser o endividamento menos preocupante, ainda mais depois que a o governo permitiu parcelar os débitos em 20 anos.

Quem deve muito imposto só tem de obedecer a algumas poucas regras impostas pelo Profut e pagar o que deve em suaves prestações.

Estão nesta turma Botafogo, Corinthians, Coritiba, Criciúma, Cruzeiro, Figueirense, Flamengo, Fluminense, Goiás, Ponte Preta, Sport e Vasco, nos quais as dívidas fiscais são maiores do que as demais.

A operacional é composta por todos os pagamentos de curto prazo.

Aí entram salários de jogadores, pagamentos a fornecedores, aquisições de atletas.

É das três a dívida mais preocupante, sobretudo para clubes que não têm dinheiro para entrar, porque o vencimento está logo ali.

Grêmio, Internacional e Santos encabeçam.

Na soma das dívidas dos 20 clubes, a fiscal é maior (R$ 1,64 bilhão), seguida pela bancária (R$ 1,35 bilhão) e pela operacional (R$ 1,08 bilhão).

A divisão clube a clube está no infográfico interativo abaixo.


Pouso macio...

Imagem: AFP/Antonnin Thuillier

Manchester United oferece 2,89 milhões mensais para De Gea renovar...

O goleiro espanhol, De Gea, do Manchester United, recebeu proposta de renovação por parte do clube inglês...

O novo equivale a 2,89 milhões de reais.

quinta-feira, agosto 27, 2015

C.R Vasco da Gama avança na Copa do Brasil...


Arte: Fernando Amaral/Imagens: Autores Desconhecidos


Ahhhhhhhhhhhhh...

Vasco da Gama.

Triste daquele que em sua infinita arrogância te subestima.

Vives dias tristes, caminhas passos trôpegos, mas caminhas...

E avanças quando te imaginam derrotado.

Talbot Lago, fabricado em Surenes, Haut de Seine, na França - Anos 20

Arte: David Dron

O patrimônio do jornalista, é sua credibilidade...

Enquanto alguns alugam suas consciências e suas opiniões por um punhado de reais, ou destroçam sua credibilidade fazendo malabarismos para atender seus patrocinadores, outros honram a profissão e servem de exemplos para uma imensa massa de jovens que ano a ano desembarcam no mercado de trabalho...

Mauro Cezar Pereira, no texto “Refugiados”, publicado no site da ESPN, em um trecho, conta, até com certo pesar, a dura decisão que teve de tomar diante de um pedido de um jogador para que ele o empregasse...

Há mais de uma década entrevistei um brasileiro que jogou no Uzbequistão.

Foi muito antes de a ex-república soviética se transformar em mercado alternativo para profissionais como Zico, Luiz Felipe Scolari e Rivaldo, que por lá passaram.

O rapaz chegou ao clube usbeque e passou meses sem salário.

Os dirigentes adiantaram sua remuneração ao empresário, que desapareceu.

Sem dinheiro, jogou e contou com a solidariedade de companheiros e torcedores, além da própria agremiação, que não tinha mais recursos para pagar o que combinara.

Na realidade já havia pago.

Ingênuo e desesperado, o brasileiro havia dado uma procuração ao agente estrangeiro, na verdade um salafrário internacional que lhe passara a perna.

A experiência foi dura, mas lhe deu novas esperanças.

Com uma passagem no exterior em seu currículo, voltou ao Brasil alimentando sonhos, como um empresário sério.

Mas os meses se acumularam e o empresário sonhado nunca apareceu.

Um dia ele me telefonou.

Perguntou se, pelo conhecimento como jornalista atuando há anos na área esportiva, poderia ajudá-lo a se encaixar em algum time.

Me ofereceu o que fosse preciso, percentual do salário, os primeiros pagamentos, qualquer coisa.

Respondi que não saberia sequer como fazer para socorrê-lo, a mais pura verdade, e que eticamente não poderia me envolver numa relação profissional do gênero.

Foi péssimo não poder ajudá-lo.

Nunca mais ouvir falar dele e é provável que tenha se refugiado em algum trabalho distante da bola, buscando sobreviver.

Certa vez, um jovem estagiário, com quem trabalhei na TV Universitária, aqui em Natal, me perguntou o que eu considerava como fundamental para o exercício da profissão...

Respondi que a credibilidade é o único patrimônio de um jornalista.


Cadê a onda que estava aqui?

Imagem: DPA

Hélio dos Anjos e o futuro de Marcílio no ABC...

Me parece que Hélio dos Anjos está coberto de razão ao defender que Marcílio, jovem e promissor lateral-esquerdo do ABC não seja negociado antes dois anos...

Mantê-lo cercado de cuidados para que possa ganhar maturidade, segundo Hélio, certamente trará bons dividendos para o alvinegro.

Porém, o racional conselho do experiente treinador esbarra em dois problemas...

Se cair para a Série C, Marcílio perderá visibilidade...

Se o ABC permanecer na Série B, o jovem talento corre o risco de ser soterrado pela montanha de novos contratados que fatalmente desembarcarão por aqui em 2016.

Esse é o dilema.

A CBF anunciou o novo calendário do futebol brasileiro...

Charge: Mário Alberto

A CPI do Futebol, aponta suas baterias contra as federações estaduais...

Tendo como alvo principal até aqui a FPF, que já foi comandada por Marco Polo Del Nero, atual presidente da CBF, a CPI do Futebol, presidida pelo senador Romário, também enquadrou em sua mira as demais federações estaduais...

 Além disso, já há um pedido para quebra de sigilo bancário e fiscal do vice-presidente da confederação José Maria Marin, preso na Suíça.

Del Nero, que já teve seu sigilo bancário quebrado na semana passada pela CPI do Futebol, tenta agora junto ao STF, impedir a quebra de seu sigilo bancário, aprovada por unanimidade na CPI da CBF.

quarta-feira, agosto 26, 2015

No interior do Rio Grande do Sul... União Frederiquense.

Imagem: Autor Desconhecido

ABC empata em 2 a 2, depois de estar vencendo por 2 a 0 e chega a incrível marca de 10 partidas sem vitória na Série B...

Que tal uma conversa franca, no lugar da repetitiva mesmice?

Você torcedor do ABC, está mesmo interessado em saber se num determinado momento do jogo sua equipe esteve melhor que o adversário?

Saber se fulano, sicrano ou beltrano estiveram mal ou bem, tem alguma relevância agora?

Desculpe, mas vou tentar antecipar sua resposta...

Claro que não.

De que adiantou o ABC ter estado aqui ou ali, melhor na partida?

Nada...

Absolutamente nada.

A exceção de Rafinha, autor de dois belos gols, quem mais interessa?

Ninguém, afinal, deu no que deu.

Creio que o que está lhe matando é ter que ouvir que a soma das partidas não ganhas na Série B, chegou a escandalosa marca de 10...

Que já são 14 partidas sem vitória no Maria Lamas Farache.

Isso sim, é do seu interesse...

Isso sim, deve estar doendo em você.

De resto, acredito que você esteja se perguntando se Hélio dos Anjos vai ou não conseguir mudar o rumo dessa humilhante e medíocre trajetória...

Sinceramente, acredito que Hélio até poderia, mas com esse elenco, será uma tarefa digna de Hércules...

Uma proeza tal, que o próprio Hélio, escreveria em letras garrafais em seu currículo.

Até aqui, Hélio dos Anjos, no máximo, conseguiu dar motivação, introduzir em corpos moles, alguma vontade, alguma garra...

Entretanto, Hélio não é um ser superior capaz de transformar jogadores medianos em atletas qualificados...

Nesse momento, nem Hélio e nem ninguém.

Não acredite na conversa que o ABC permitiu o empate...

Foi o Criciúma que percebeu que era possível.

Como levar um gol aos 42 minutos, deixando Thiago Adam subir sozinho para cabecear sem ser incomodado?

Como aceitar que Natan fique sem nenhuma marcação na meia lua, de frente para o gol e ainda tenha à sua disposição uma bola devolvida pela zaga de maneira tão bisonha, aos 46 minutos?

Sejamos honestos...

Não existe nenhuma cabeça de burro enterrada no Maria Lamas Farache...

Nem tão pouco, é questão de sorte ou azar.

O que está acontecendo no ABC pode ser explicado de forma racional, sem que se precise usar de desculpas tão infantis e óbvias...

Não existem fracassos ou tragédias que não sejam montadas passo a passo.

Tomara a rodada não termine com resultados que distanciem ainda mais o ABC da porta de saída...

Pois, sinceramente, não acredito que será em Lucas do Rio Verde que as coisas vão começar a mudar.

Só devolvo quando faltar dois minutos...

Imagem: Paul Currie/BPI/Rex Shutterstock

Sean Connery, o primeiro James Bond, quase jogou no Manchester United...

Ontem, Sean Connery, o primeiro James Bond, completou 85 anos...

Acontece que sua história poderia ter sido outra.

Nos anos 50, Connery, um dos maiores atores da história, foi convidado para fazer parte do Manchester United...

O convite partiu do lendário treinador, Matt Busby.

Com 21 anos, o ator escocês que jogava como ponta direita, na equipe Bonnyrigg Rose, chegou a ser convidado para fazer teste no East Fife, a terceira força do Campeonato Escocês no início dos anos 1950...

Mas, apaixonado pelo teatro, disse não.

Entrou para o elenco do musical South Pacific, de muito sucesso no Reino Unido...

No entanto, durante a turnê pela ilha, acabou disputando com o elenco da peça um amistoso em Manchester.

Matt Busby estava lá...

Robert Henderson, colega do escocês no musical, conta qual foi a reação de Connery.

“Sean bateu no meu camarim e estava muito empolgado, porque jogara futebol por 15 anos e sabia que era bom. Ele mal podia falar, de tão eufórico que estava... repetindo de novo e de novo a importância do United, e o privilégio disso. Eu o ouvi e o lembrei de que, se podia interpretar Tolstoy, também conseguiria grandes filmes no futuro”.

Anos depois, numa entrevista a revista Playboy, falou sobre o episódio...

“Eu realmente queria aceitar, porque eu sempre amei o futebol. Mas eu parei para pensar, e perguntei a mim mesmo qual a duração da carreira de um futebolista. Quando um jogador de primeiro nível chega aos 30 anos, ele está no meio do caminho. Então, eu decidi ser ator, porque era algo que duraria, e eu me divertida. Eu não tinha experiência, mas foi uma das minhas decisões mais inteligentes da minha vida”.

Segundo o jornalista Leandro Stein, a estreia de Sean Connery no cinema aconteceu um ano depois, em 1954, com o filme Lilacs in the Spring...

Tornou-se protagonista pela primeira vez em 1957, quando o Busby conquistava o seu terceiro Campeonato Inglês pelo Manchester United, o último antes do desastre aéreo de Munique.

Em 1962, o astro viveu pela primeira vez James Bond, enfrentando o Doutor No. 

E já tinha filmado cinco filmes da franquia quando os Red Devils finalmente conquistaram pela primeira vez a Copa dos Campeões, em 1968, liderados por Bobby Charlton, Denis Law e George Best.

Depois de correr 400 metros, uma flexãozinha para relaxar...

Imagem: Imago

Banco Itau faz previsões sombrias para Atlético Mineiro e Cruzeiro...

Banco faz previsão catastrófica para cofres de Cruzeiro e Atlético-MG

Francisco De Laurentiis, do ESPN.com.br

Em campo, os rivais Atlético-MG e Cruzeiro vivem situações opostas. 

Enquanto os alvinegros lutam pelo título, os celestes tentam ficar longe da degola. 

No entanto, no quesito finanças, os dois caminham na mesma direção: um prejuízo enorme.

Segundo estudo do Itaú BBA, o banco de investimentos do grupo Itaú, a previsão para o fim de 2015 é de um cenário catastrófico para a dupla de Belo Horizonte.

A situação mais grave é a do "Galo". O documento prevê que os atleticanos terão o maior prejuízo EBITDA, que é a diferença entre receitas e despesas antes do pagamento de impostos, juros, depreciação e amortizações, entre todas as equipes analisadas.

A previsão é alarmante: prejuízo de R$ 25 milhões (que será muito maior depois do pagamento dos impostos), e uma verdadeira bronca.

"O Atlético-MG vem praticando movimentos ousados em termos de gestão há algum tempo, mantendo elencos que lhe permite disputar títulos nos últimos três anos. O problema é que uma hora a conta deixa de fechar, algumas vezes por questões sobre as quais o clube não consegue agir, como o fim de um contrato de publicidade ou não vender atletas no montante necessário", diz parte do estudo.

"Não há motivos para as receitas terem crescido, e com custos elevados, é mais um ano de all in financeiro. A Libertadores já foi. Desta forma, o clube se coloca em risco. Exceto se tenha liberado os recursos da venda de Bernard que ficaram retidos num Depósito Judicial, com a condição de liquidez altamente desbalanceada e a geração de caixa negativa, só um milagre ou aporte de recursos extraordinários podem equacionar o clube. Do jeito que caminha, em algum momento o Galo deixará de cantar", decreta.

O Cruzeiro também vive situação grave. De acordo com o Itaú BBA, o time mineiro terá o segundo maior prejuízo EBITDA do país neste ano.

De acordo com o documento, a "Raposa" fechará o ano num buraco de R$ 19 milhões (sempre lembrando que esse é o valor antes dos impostos), em uma análise que cita até a queda para a Série B.

"Tradicionalmente, a gestão do Cruzeiro trabalha no limite da agressividade financeira. Usualmente apresenta geração de caixa negativa, muitos investimentos e a conta só fecha com entradas não operacionais", diz trecho do estudo.

Se Luxa não cair agora, Cruzeiro é quem vai cair depois

"O clube está longe de apresentar uma gestão financeira moderna e que busca uma folga financeira, levando ao extrema a ideia de que clube de futebol não precisa de lucro, precisa de títulos. É verdade, mas no meio do caminho pode ter que lidar com alguma temporada na Série B, como quase aconteceu há alguns anos. É sempre um risco desnecessário", completa.

Além de Cruzeiro e Atlético-MG, o único time que fechará 2015 no vermelho, segundo o banco de investimentos, será o Inter, com prejuízo EBTIDA de R$ 3 milhões.

Entre os clubes que fecharão o ano no azul, destaques para Flamengo (lucro de R$ 89 milhões), Palmeiras (R$ 63 milhões) e Grêmio (R$ 42 milhões), que formam o top 3.

Veja as previsões do Itaú BBA para o final de 2015:

Atlético-MG: prejuízo de R$ 25 milhões
Botafogo: lucro de R$ 3 milhões
Corinthians: lucro de R$ 17 milhões
Cruzeiro: prejuízo de R$ 19 milhões
Flamengo: lucro de R$ 89 milhões
Fluminense: lucro de R$ 29 milhões
Grêmio: lucro de R$ 42 milhões
Internacional: prejuízo de R$ 3 milhões
Palmeiras: lucro de R$ 63 milhões
Santos: lucro de R$ 14 milhões
São Paulo: lucro de R$ 9 milhões
Vasco: lucro de R$ 7 milhões

Segura ele, segura ele...

Imagem: Scott Heppel/AP

O calote acaba saindo mais caro...

No Brasil, acertar acordos com jogadores na hora de rescindir contratos e não cumprir, parece ser uma regra...

Diego Forlán, atacante uruguaio que jogou do meio do ano de 2012, até o começo de 2014, no Internacional de Porto Alegre, se viu obrigado a ir à justiça para receber saldos que deveriam ser pagos pelo clube gaúcho na ocasião da rescisão.

O valor cobrado por Forlán é de R$ 10 milhões de reais...

Segundo o jornal Zero Hora, a equipe gaúcha chegou a acertar os valores que seriam pagos ao atleta na ocasião de sua rescisão, mas eles nunca caíram na conta do uruguaio, que agora tenta receber por meio da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul.

O jornal informa ainda, que Forlán não deverá comparecer à audiência, sendo representado por seus advogados.

terça-feira, agosto 25, 2015

Você é lindo...

Imagem: Tom Dulat/Getty Images

América acha resultado, empata e permanece na zona de classificação...

Vou pela contramão...

O América não conseguiu um bom resultado...

Acho um resultado que minimizou o pior.

Porquê digo isso?

Pelo simples fato de ter certeza que o América é mais qualificado que o Salgueiro...

Simples assim.

No entanto, ontem, o América jogou um futebol sofrível e fez sofrer seu torcedor...

Aliás até aqui, não vi o América realizar nenhuma partida de acordo com seu potencial...

Ou joga mal ou em função da fragilidade do adversário vence, mas sem efetivamente mostrar a superioridade que seu elenco em tese, tem.

A desculpa da viagem longa para justificar a apatia, não cola...

O gramado ruim também não justifica ser dominado quase que a partida inteira por um time no máximo razoável como é o Salgueiro.

Ontem, gostemos ou não, a sorte ajudou...

O pênalti mal marcado poderia ter sido fatal, não fosse Bruno Faria que nem escaldo estava, entrar e achar o caminho das redes do Salgueiro.

Agora, os rubros fazem dois jogos em casa...

Duas pedreiras...

Primeiro o Vila Nova, depois o Fortaleza, ambos disputando palmo a palmo a liderança do grupo.

O América pode vencê-los?

Pode e deve, mas não será tarefa fácil.

Como está a briga...

Enquanto o América encara o Vila na Arena das Dunas, o Confiança pega o Icasa, em Sergipe, o Botafogo encara o Águia, em João Pessoa e o ASA, joga no Mato Grosso contra o Cuiabá...

O Salgueiro tem a parada mais difícil...

Vai ao Ceará, enfrentar o Fortaleza.

Perder pode significar deixar a zona de classificação e ficar atrás de Botafogo e Confiança...

Empatar, dependendo de quantos gols o Botafogo fizer ou sofrer, também pode afastar o América da zona de classificação.

Lanterna grudenta...

Charge: Mário Alberto

Camisas milionárias...

As camisas mais valiosas do mundo...

Os valores abaixo são pagos anualmente pelos fabricantes de material esportivo e pelas marcas que são estampadas nas camisas.

01 – Manchester United – US$ 195 milhões (Adidas: US$ 117 milhões/Chevrolet: US$ 79,9 milhões)

02 – Chelsea – US$ 109,3 milhões (Adidas: US$ 47 milhões/Yokohama Tyres: US$ 62,3 milhões)

03 – Arsenal – US$ 94 milhões (Puma: US$ 47 milhões/Emirates: US$ 47 milhões)

04 – Liverpool – US$ 82,6 milhões (New Balance: US$ 43,6 milhões/Standard Chartered: US$ 39 milhões

05 – Manchester City – US$ 81 milhões (Nike: US$ 18,7 milhões/Etihad: US$ 62,3 milhões)

06 – Real Madrid – US$ 79,5 milhões (Adidas: US$ 46,7 milhões/Emirates: US$ 32,8 milhões)

07 – Barcelona – US$ 68,9 milhões (Nike: US$ 36,1 milhões/Qatar Airways: US$ 32,8 milhões)

08 – Bayern de Munique – US$ 60,1 milhões (Adidas: US$ 27,3 milhões/Deutsche Telekom: US$ 32,8 milhões)

09 – Paris Saint-Germain – US$ 54,6 milhões (Nike: US$ 27,3 milhões/Emirates: US$ 27,3 milhões)

10 – Milan – US$ 45,8 milhões (Adidas: US$ 27,2 milhões/Emirates: US$ 18,6 milhões)

Não se mexe... quero sentar.

Imagem: World Soccer

Acertar uma bolada no pulsa da namorada na arquibancada não para qualquer um... tem ter "sorte".

Matematicamente, qual a probabilidade de um jogador ao errar o gol adversário e isolar a bola, acerta o pulso da própria namorada?

Imagino eu, que seja extremamente baixa...

Porém, meia-direita David Wheeler, do Exeter City, da quarta divisão inglesa conseguiu a proeza.

Ao tentar acertar o gol do Northampton, Wheeler mandou a bola nas arquibancadas e acabou acertando o pulso da professora Alice Woodyatt, 24 anos, sua namorada...

Alice que estava acompanhada de toda a família, inclusive do avô, fã de Wheeler, inicialmente não pareceu sentir nada, mas logo após o fim do intervalo, passou a sentir fortes dores, porém, decidiu ficar até o fim da partida.

“As pessoas estão espantadas que eu fiquei até o fim, mas David vem jogando bem e eu queria assisti-lo de qualquer jeito”, disse ao The Sun ...

Já Wheeler, ao ser entrevistado pelo Exeter Express and Echo, disse:


“Descobrimos depois que ela quebrou o pulso. Estou espantado que Alice tenha conseguido ver o jogo inteiro sofrendo tanta dor. Foi um acidente bizarro. Nossa família inteira já riu bastante”.

Dança da chuva...

Imagem: World Soccer

Sport Recife se afasta das organizadas...

Ontem, no início da noite, a diretoria do Sport anunciou que irá excluir os membros da Torcida Jovem do quadro de sócios do clube...

A decisão é mais uma medida de combate às torcidas organizadas.

Na nota divulgada no site oficial do clube, a decisão se baseia em dois incisos do artigo 47 (II e VIII) do Estatuto Social do Sport que dizem respeito a zelar pelo bom nome do clube e elevar seu conceito...

O presidente João Humberto Martorelli, propôs a expulsão de 20 integrantes da Jovem.

“O simples fato dessas pessoas integrarem o quadro de sócios de uma associação como a Torcida Jovem depõe contra o associado do clube”, afirmou Martorelli.

"É indispensável, para permanecer associado ao Sport, que a pessoa se desfilie da Torcida Jovem. As duas associações são incompatíveis, porque enquanto o Sport prega a paz e a solidariedade, a Torcida Jovem é apologista da violência, do vandalismo, da desordem", concluiu.

A notícia veiculada no Jornal do Commercio de Pernambuco, deveria servir de exemplo para todo mundo...

Ninguém pode querer respeito associando seu nome e sua marca a marginais

segunda-feira, agosto 24, 2015

Epa... nem vem.

Imagem: Neville Williams/Aston Villa/Getty Images

Sabe aquela defesa que você jura que o goleiro não vai fazer? Tomasz Kuszczak, goleiro do Birmingham City FC, fez... E quase matou a torcida do Derby County FC.

América FC: vencer é preciso...

Roberto Fernandes reclamou dos quilômetros e mais quilômetros rodados até Salgueiro em Pernambuco, onde o América irá jogar mais tarde, às 20 horas e 30 minutos...

Por partes:

A reclamação não é nenhum absurdo...

Roberto tem razão.

Porém, o América está na Série C ...

Por mais dolorida que seja, esta é a realidade.

Portanto, a reclamação de Roberto Fernandes acaba se parecendo com a manha do garoto que queria ir ao parque, mas que por conta das circunstâncias têm que se contentar em brincar no quintal.

Por falar em quintal...

Se o América conseguir vencer – o que não é impossível –, fica mais forte na briga por uma das quatro vagas para na luta pelo acesso a Série B.

No entanto, os resultados do fim de semana não ajudaram...

ASA, Confiança e Vila Nova venceram...

Perder então, é algo impensável para os rubros.

Uma derrota colocaria o Salgueiro de volta na luta...

Daria muitas esperanças ao Confiança e, até mesmo o fraco Botafogo, que também joga hoje contra o Cuiabá, em Mato Grosso, se vencer ou até mesmo empatar, pode se dar ao luxo de sonhar.

Até mais ver...

Imagem: Oli Scarff /AFP/Getty Images

Quais os esportes mais amados; país por país...

Imagem: Dadaviz.Com


Alis Pitchkhadze, depois de demonstrar possuir uma paciência fora do comum e uma paixão avassaladora por pesquisa, publicou no site Dadaviz.com, um mapa mostrando quais os esportes que mais mexem com a paixão das pessoas, país por país...

Siga o mapa e confira a lista montada por Alis Pitchkhadze...

Ah... Alis é mulher.

Automobilismo
Espanha e Finlândia

Boxe
Estados Unidos, Filipinas e Ucrânia

Tênis
Rússia, Sérvia e Suíça

Futebol americano
Bahamas, Libéria, Serra Leoa e Uganda

Hóquei no gelo
Áustria, Bielorrússia, Canadá, Cazaquistão e Eslováquia

Golfe
África do Sul, Myanmar, Reino Unido, Tailândia e Zimbábue

Críquete
Bangladesh, Guiana, Índia, Paquistão e Sri Lanka

Beisebol
Coreia do Sul, Japão, México, Nicarágua, Panamá, Porto Rico, República Dominicana e Venezuela

Outros (MMA, corridas de fundo, ciclismo, sumô, atletismo de pista, entre outros)

El Salvador, Eritreia, Etiópia, Indonésia, Jamaica, Laos, Mongólia e Vietnã

Basquete

Austrália, Belize, Brunei, China, Cuba, Geórgia, Grécia, Haiti, Irã, Letônia, Lituânia, Montenegro, Polônia, República Centro-Africana, República Democrática do Congo, Senegal, Sudão, Sudão do Sul, Tanzânia e Turquia

Futebol

Todos os demais

Poluição visual...

Imagem: Jason Cairnduff /Reuters

As bases de ABC e América fracassaram... Fora da Taça São Paulo de Juniores.

Enfim o vexame se confirmou...

A Taça São Paulo de Juniores, não fará parte do calendário de América e ABC em janeiro.

Santa Cruz de Santa Cruz, Palmeira de Goianinha, Globo de Ceará-Mirim e o Mossoró de Mossoró é que vão representar o Rio Grande do Norte na competição...

Imagino que até janeiro essas equipes devem sofrer todo tipo de assédio de empresários e dirigentes de América e ABC para empurrar algumas de suas crias nessas equipes, com a desculpa de reforçá-las.

Conhecendo as pastagens e o rebanho, não tenho a menor dúvida que vão conseguir...

Essa gente é sempre muito sedutora na hora de engatilhar a velha conversa mole.

Porém, há um fato que não pode ser escondido...

América e ABC fracassaram estrondosamente...

Desta vez, não só relegaram, como é praxe, mas deixaram completamente de lado.

Por mais que tente, não consigo encontrar um único argumento que possa usar em defesa de ambos...

Alvirrubros e alvinegros tinham a obrigação de estar classificados.

Qualquer menino nascido no Rio Grande do Norte, sonha começar sua carreira vestindo uma das duas camisas...

Por que não conseguem?

E os que conseguem, por que são tratados de forma tão amadora?

América e ABC ao se negarem a investir em suas bases de forma profissional, estão dando as costas para boa parte da juventude do estado...

Estão consentindo que aventureiros lancem mão dessa meninada...

Estão virando o rosto para o futuro...


Tomara um dia, o futuro não lhes feche a porta na cara.