domingo, julho 23, 2017

Quem paga jabá não é melhor que quem recebe...

Imagem: Fernando Amaral


O futebol brasileiro é um lugar onde quem paga jabá só considera mau-caráter aquele que recebe o jabá...

Não existe corrupto sem que exista o corruptor – a turma sabe disso, mas faz questão de cantarolar que só existe pecado do lado de baixo do equador.

Um comentário:

Adail Pires disse...

E o "jabá" só existe pelo fato de existirem pseudos dirigentes que adoram ler ou ouvir um elogio. E no nosso futebol parece que isso cresce a cada dia. E ainda há "formadores de opinião" que assumem o papel de bajuladores sem o mínimo desconforto. São serviçais desse ou daquele dirigente abertamente. Talvez isso explique o fracasso do nosso futebol. talvez isso explique o agrado com o t´titulo de "dirigente do ano".
ADAIL PIRES